«

»

Autohemoterapia é fraude

O post recente Autohemoterapia Provoca Polêmica, sobre autohemoterapia, trouxe muita gente até o Conte Aqui. Mostrando a importância do tema. A imensa maioria dos visitantes são favoráveis ao tratamento, portanto resolvi expandir um pouco mais a discussão, trazendo novas informações sobre o tema.

Autohemoterapia não funciona

Em outros países a nossa auto-hemoterapia é chamada de autohaemotherapy. Mas, mesmo com este nome mais pomposo, também lá fora a auto hemoterapia é polêmica e traz consequências negativas para a saúde. A BBC noticia o fato de 60 pessoas terem se contaminado com o vírus da Hepatite B ao realizarem a autohemoterapia em uma clinica na Inglaterra, que não seguia os procedimentos padrão para evitar contaminação. Se isto ocorre em país de primeiro mundo, imaginem o que pode ocorrer no Brasil.

Com a manchete autohemoteapia é fraude, o programa Fantástico da Rede Globo deixa claro já de início o que conseguiu apurar sobre a autohemoterapia: não deve ser praticada.

Quem vive à luz da ciência, e não na época dos tratamento empíricos, com certeza ouvirá a voz do bom senso e não mais será iludido por falsas promessas de cura.

Você que já foi submetido a auto hemoterapia procure seu médico para saber se você não adquiriu nenhuma doença durante o procedimento. E não se sinta envergonhado, você simplesmente foi enganado porque acreditou em uma solução fácil para suas doenças. Algo que ocorre facilmente com quem sofre e então sujeita-se a qualquer coisa na busca do alívio do seu sofrimento.

262 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Carlos

    Bom Dia. Faço aplicações há mais de 6 anos em + ou – 40 pessoas (semana). AUTO – HEMOTERAPIA realmente ajuda muito essas pessoas, pra mim é gratificante depois das aplicações ver o alívio dos sintomas e até cura de muitas enfermidades que por muitos anos não tiveram resultados positivos com a alopatia. Às pessoas que me procuram, sempre aconselho a fazerem, porque em todos esses anos ninguém reclamou de efeitos colaterais. É um método muito seguro. Faço essa aplicação em mim mesmo (auto-hemoterapia mesmo, ahahahahah!) minha imunidade é baixa, tinha muito problemas com herpes labial, afta, sinusite, fadiga e dores musculares. Não me curei, pois preciso faze-las com frequência, só que é um tratamento barato, eficaz e sem efeitos colaterais.

  2. filomena

    Depois de todos os depoimento que li sobre os benefícios que muitos obtiveram com a AHT vou começar as minhas aplicações amanhã mesmo.
    Obrigado pela força!

  3. Vilma

    Claro que a maioria dos médicos e principalmente fisioterapeutas (como a que comentou acima, “os cegamente adeptos aos alopatas”), não tem interesse nenhum em dizer/ver/reconhecer que uma vez que conseguimos fortalecer nosso sistema imunológico, através do super aumento dos “macofragos” expulsamos qualquer doença (dependendo do estagio que a doença se encontra), só não vê/entende/reconhece isso quem não quer.
    Como aplicadora, concordo plenamente que temos que tomar cuidado e seguir a “técnica asséptica” usando seringas e agulhas descartáveis, eu por ex.: em cada aplicação uso 2 agulhas, 1 pra puncionar e retirar o sangue e a 2ª para fazer a aplicação (IM), intramuscular. Mas isso (hepatite/HIV, etc), qualquer um pode facilmente adquirir até na manicure/pedicure através de alicates contaminados, não esterilizados corretamente, mas disso ninguém tem medo, certo?

  4. Paulo lima

    Falem de efeito placebo a um cachorro ou a uma vaca que ficam curados da papilomatose com a auto hemoterapia…

  5. Hugo Marques Lins Filho

    Bom dia!
    Tenho lido diversas opiniões de contrários a Auto-hemoterapia mas nunca um testemunho de alguém que tenha
    feito e não se dado bem, que fez e teve uma infecção ou passou muito mal, se arrependeu etc, etc
    Por que será???????????

  6. Marcelo

    Eu entendi que nao existem dados científicos comprovando o procedimento e concordo com vc quando diz que devemos ser mais céticos. Tambem nao acredito em milagres.

    Contudo, o unico problema que vejo ate agora a respeito da AHT é o mau procedimento com relação as seringas e agulhas. Isso nao tem relação com a AHT, mas sim, com procedimentos errados de antissepsia que podem inclusive acontecer no posto de saúde quando se toma uma vacina pra gripe.

    A dúvida é: de concreto, o que vc tem a me falar CONTRA a AHT alem de que não tem nada cientificamente comprovado? Outra dúvida: já foram feitos estudos? A que conclusão chegaram? Vc tem as fontas?

    Obrigado e um abraço!

  7. karen Lucas

    Sou fisioterapeuta e muitos pacientes vêem perguntar sobre
    a auto hemoterapia,e eu desaconselho totalmente seu uso, primeiro devido a falta de respaldo científico para tal, tudo o que se utiliza seja medicamentos ou técnicas precisa ser comprovado cientificamente, quando digo isso, não é somente provar se da certo ou não, mas , se também não traz riscos, reações adversas, se todos podem utilizar. É perigoso dizer e pior disseminar algo sem saber as consequências de tudo isso.o Dr Luiz Moura, sendo médico como é, deveria ter mais responsabilidade e não ficar postando vídeos dizendo que qualquer um pode realizar e que não tem segredo nenhum, todos aqui que são a favor, que dizer que utilizam a técnica pode ter sorte de nada adverso ter acontecido. Doenças tem sua história natural, começo, meio e fim, talvez, as doenças que todos dizem ter sido curadas pela auto hemoterapia simplismente se resolveram de forma natural , com ou sem essa técnica. Cuidado gente, parem de ficar utilizando isso, sem saber se isso pode trazer algo de pior para a saúde!!!! Alguém aqui se tiver comprovação de que tem um câncer ou outra doença grave irá tratar somente com essa técnica?Acho meio impossível, para sabermos se a AHT funciona mesmo, temos que tratar doenças apenas com a técnica, isolar tudo, como digo, um estudo cienctífico elaborado!!!! Então, cuidado gente, vamos ser mais racionais!!!!Obrigada!!!

    1. Fernando Costa

      Karen Lucas lendo os seus comentário percebeu que vc nunca assistiu o vídeo do Dr. Luiz Moura, e o pior agravante, vc diz que é fisioterapeuta, pra ser fisioterapeuta é necessário estudar fisiologia e bioquímica e parece que vc não tem conhecimento nenhum relacionado de imunidade, primeiro eu questiono que tipo de fisioterapeuta vc é? O Dr. Luiz Moura nunca disse em momento algum do seu vídeo que o paciente deve deixar de fazer rádio terapia, quimioterapia ou mesmo de deixar de tomar qualquer remédio, pelo contrário o Dr. Luiz Moura aconselha as pessoas a continuar fazendo a quimioterapia ou se tiver que tomar antibiótico fazer o tratamento paralelamente. Então por favor, leia um livro de imunidade urgente, infelizmente eu tenho amigos que são fisioterapeutas que hoje estão fazendo medicina e que não aprenderam nada!!! na faculdade!!! de fisioterapia!!! sobre macrófagos ou resposta inata. Seria bom antes de fazer qualquer comentário ler um bom livro de biologia!!! eu lhe recomendo o Abbas imunologia Básica. Obrigado!!!

    2. Ana

      Todos os artigos ou comentários que li sobre algo negativo contra a auto hemoterapia deixaram claro que por contaminação de seringa, agulha ou sangue houve falhas no tratamento, assim como citado no artigo acima descrito. Tenho toxoplasmose ocular, e só tenho 5% de visibilidade de um dos olhos, vou começar a AHT e logo estarei aqui postando os resultados.

  8. José Hercilio Debusto

    Pratico autohemoterapia a mais de 3 anos e jamais irei parar, pois ela só me trouxe benefícios.
    A auto hemo não faz milagres, mas é maravilhosamente boa pra muitas coisas.

  9. Paulo Masato Sumitomo

    A auto-hemoterapia faz parte de minha vida há 02 anos e 01 mês. A prática é secular, desde a descoberta na França, e os estudos feitos pelo Dr. Jesse Teixeira (1940) que acreditava no seu efeito apenas para infecções, com tudo documentado em um trabalho detalhado e comprovado clinicamente, pois nenhum de seus pacientes que recebeu a AHT não tiveram infecção pulmonar, pois na época se praticava a anestesia pela utilização da inalação de éter. Em 1976 Dr Ricardo Veronessi, em seu trabalho de utilização da prática da AHT mostra as eficácias em outras várias enfermidades, aliviando e/ou curando definitivamente, entre tantas enfermidades o Dr. Luiz Moura notificou sua eficiência em caso de esclerodermia (doença auto-imune).
    É pouco? Sim, é pouco, mas é digna de respeito, pois é honesta e inofensiva a prática.
    Conheço médicos e farmacêuticos, enfermeiras e outros profissionais da saúde que recebem a prática e exercem a ação de aplicadores, de forma discreta. Vamos ser honestos: Burlando a determinação da ANVISA E CFM. Burlar por uma causa humanitária. Essa é a verdade! Enquanto eles pensam no $bem$ do povo os praticantes da AHT têm a missão de divulgar a prática, aliás com sucesso!

    1. Carlos

      Descoberta na França, e hoje é proibida lá. Regrediram!!!!

      1. Jack

        Evoluiram. Imagina se ainda hoje a medicina continuasse praticando métodos empíricos.

  10. Lucy Felix

    Desculpe amigo, mas a sua postagem trás um único argumento contra a autohemoterapia que resumindo é “Não compartilhar agulhas e seringas”. Dr. Luiz Moura e todos os outros depoimentos de médicos, especialistas, enfermeiros, leigos que praticam dizem claramente dos cuidados de higiene que se deve ter. Alias os mesmos que se devem tomar em uma simples injeção ou em uma vacina.
    Meu depoimento: Comecei o processo a dois anos com as paradas indicadas pelo Dr. Luiz Moura. Tinha artrose no ombro direito, exames demonstraram que a lesão desapareceu, juntamento com o LER e voltei a trabalhar normalmente a partir da segunda semana. Este foi o motivo principal de eu ter iniciado o tratamento. Com a sequência do tratamento, foram aparecendo outros benefícios, alguns só me dei conta com o tempo, ou seja:

    - Nunca mais tive cistite.
    - Meu cabelo parou de cair.
    - Nunca mais tive herpes labial.
    - Em um ano, diminuiu um grau meus óculos.
    - Minha pele melhorou sensivelmente, incluindo aquelas impigem desagradável nos braços.
    - Não tive mais azias e vez por outra refluxo.
    - Sinto quando pego uma gripe ou resfriado, mas no dia seguinte volto a ficar muito bem.
    - Era depressiva, isso foi interessante, quando aparece motivo parecido que me deprimia, penso: “Nossa, isso me colocava em quarto escuro e triste, agora mesmo que me “esforce” pelo hábito de me “entregar” não acontece mais.
    - Me sinto mais feliz e corajosa.
    - Consequentemente a libido aumentou.

    Independente de Anvisa, do que dizem, sei o quanto fez bem pra mim, e a menos que não encontre ninguém que faça a aplicação, a menos que eu não consiga me auto aplicar e que as seringas sumam do mercado, continuarei a fazer pelo resto dos meus dias.

    Creio que, pelas informações que tenho com amigos da área médica e de enfermagem que não apliquem uns nos outros. Está Graças a Deus e aos resultados obtidos, disseminado, e os “inimigos” não darão mais conta de reverter o processo. “Clandestino” ou seja criminoso?? Que o digam! Sabemos porque não querem a aprovação. Não me sinto uma criminosa por querer o meu bem.

    1. Lucy,

      Respeito sua opinião, e fico feliz que sua saúde tenha melhorado. Entretanto mantenho a posição que a autohemoterapia é um método não aprovado pelas autoridades médicas e portanto não deve ser realizado.

      Boa sorte.

      1. SERGIO

        FICO AQUI IMAGINANDO O QUE O JACK TA DIZENDO E CHEGO A PENSAR QUE PARECE A SANTA INQUISIÇAO OU VC FAZ O QUE ESSE SISTEMA ARCAICO E CORROPIDO TA MANDADNDO OU VC É UM CRIMINOSO,SINTO-ME COMO COPERNICO,GALILEU GALILEI QUE TINHA QUE ENGOLIR A SECO DIANTE DE TANTA IGNORANCIA, A NOSSA CIENCIA AINDA NAO SABE UM PALMO SOBRE O CORPO HUMANO E JA SE ARROGA DE SABER TUDO E OS BOBOS QUE NAO SAO POUCOS VAO ATRAZ AO INVEZ DE IR FUNDO NAS PESQUSAS INCLUSIVE EMPIRICA (OBSERVAÇAO E COMPARAÇAO)NAO É O SANGUE EM SI QUE FAZ A CURA E SIM TODO O PROCESSO QUE DISPARA ATIVANDO CELULAS TRONCO ADORMECIDAS ENCINANDO O PROPRIO CORPO QUE É SINTEZE DA NATUREZA A SE EQUILIBRAR PROVOCANDO A AUTOCURA ,PRONTO FALEI

        1. Sergio,

          Obrigado por seu comentário, por expor seu pensamento sobre um tema tão controverso.

          Entretanto mantenho a posição que não há lugar para empirismo na medicina atual. Também gostaria que houvesse curas milagrosas, baratas e ao alcance de todos. Mas a realidade é que não podemos sair fazendo procedimentos empíricos porque o conhecido, o vizinho ou o primo do amigo fez e acha que deu certo.

          Tudo de bom para ti, abraços.

          1. SERGIO

            O QUE É ENTAO O QUE SE FAZ EM LABORATORIOS EM RATOS MESMO?SENAO TESTES EMPIRICOS ISSO SEM FALAR EM TESTES EM SERES HUMANOS SEM DIVULGAÇAO PORQUE É CRIME,EU SEI QUE O ASSUNTO É CONTROVERSO,MAS O TEMPO SERA O DONO DA VERDADE,E TEM OUTRA, AVOZ DO POVO É SEM SOMBRA DE DUVIDA A VOZ DE DEUS ABRAÇO E OBRIGADO POR ESSE ESPAÇO

      2. CELSO

        Pois é Jack, quantas pessoas erradas e só você certo.

        Eu prefiro acreditar nestas pessoas, e no que o Criador deixou para nós de nós mesmo, esteve em nós e está em nós o tempo todo!

        Faço autohemoterapia e me faz muito bem!

        1. Jack

          Celso,

          Obrigado por seu comentário.

          Observe que a autohemoterapia não é recomendada pela Sociedade Brasileira de Hematologia.

      3. jania ianncke

        É claro que é proibida. A autohemoterapia não da lucro, só da lucro pra quem faz.
        Eu faço e não dou lucro pra ninguém, somente para o fabricante da seringa

  11. Marco Antonio Goulart

    Como dizia Leonel Brizola- se a Globo noticiou, a verdade é o contrário.
    Só no Brasil que não pode, outros países estão utilizando bastante e com divulgação.

    1. Marco,

      Não há outros países que utilizem a autohemoterapia de forma legalizada. Por gentileza diga em quais países a autohemoterapia é legalizada pelas autoridades médicas. Cite por gentileza as referências.

      1. Mara Rúbia

        O Marco Antonio Goulart sabe sim, que em alguns países a Hemoterapia é utilizada de forma legal, em vários consultórios médicos, por exemplo na Alemanha. Aqui um link onde você poderá encontrar o que afirmo e o Marco.

        http://www.welt.de/gesundheit/article122311355/Mit-Eigenblut-gegen-fast-alles-oder-nichts.html

        Com a ajuda do Google você poderá traduzir, dará para entender. Mara Rúbia

        1. Jack

          Mara,

          Obrigado por postar o link falando sobre autohemoterapia. Como o mesmo é de literatura leiga, e não médica, não tem valor científico. Mas vale como curiosidade.

    2. Mara Rúbia

      Marco Antonio Goulart, bom dia! Sou adepta da saúde homeopática, sem desprezar no todo a Alopatia (talvez 3% aceitável), você poderá ver a minha resposta sobre a sua afirmação, de que em outros países é bastante divulgado, você está certíssimo. Mara Rúbia

      Enviei para o Conte Aqui um link que pode ser entendido pelo Tradutor do Google.

      http://www.welt.de/gesundheit/article122311355/Mit-Eigenblut-gegen-fast-alles-oder-nichts.html

      Na Alemanha chamamos de Eigenbluttherapie = Terapia do próprio sangue.

  12. Celomar

    Você quer dizer então que a AH não funciona??? E o Dr.Luiz Moura, ele mente??? Pelas suas respostas mas me parece que você trabalha para o governo, não sei o que você ganha com isso, você é que deveria pesquisar sobre o assunto.

    1. Celomar. Obrigao por seu comentário.

      Observe que pesquisa médica não é feita no Google. Converse com si médico, ele poderá explicar que autohemoterapia não funciona e não é pratica médica recomendada.

  13. Alfredo

    Fiz ontem a minha primeira aplicação de AH.

    Se um corpo estranho triplica os macrófagos(que são os anticorpos), isso sim comprovado cientificamente. Então é lógico que um exército com 3 x mais soldados terá sem duvidas um melhor resultado.

    Pura lógica!!!

    1. Alfredo.

      Não é bem assim. É muito mais complexo. A autohemoterapia não é procedimento médico recomendado pelos médicos hematologistas. Converse com seu médico.

  14. murruga

    Que ótimo, busco uma informação sobre um tratamento e encontro…

    1. Murruga,

      Obrigado pelo comentário. Observe que o mesmo foi editado pois havia um tom de agressividade no mesmo, e a ideia do blog e discutir os assuntos em alto nível sem agressividade.

      De qualquer forma respeito suas opiniões.

      Abraços

  15. denilton c. varejâo

    ALINE EU queria saber se esta técnica funciona mesmo.Pois tenho depressão e panico,e o principal problema è a insonia,dentre outros sintomas.dosagem,quantas vezes etc.Agradeço a Deus por sua resposta.

    1. denilton c. varejâo

      oi aline,eu tenho o problema da depre. e panico, me ajude com mais informações sobre a tecnica da A.HEMOTERAPIA.aGRADEÇO.

      1. Denilton.

        A autohemoterapia não é um método aprovado pelos órgãos competentes. Converse sobre sua depressão com o seu médico.

      2. MNfortes

        ASSISTA O VÍDEO DO DR LUIS MOURA NO YOUTUBE. UM GRANDE ABRAÇO

    2. Denilton.

      Não funciona.

  16. Marcos Cleber Felipe

    Jack, tenho dores na lombar. Vc acha que é viavel fazer prp, injeção de plasma com um ortomolecular?

    1. Marcos.

      Acredito que você deva tirar suas dúvidas sobre saúde sempre com seu médico. Observe que em blogs as opiniões são de leigos, e portanto com maior probabilidade de erro.

      Atente ainda para o fato de que a medicina ortomolecular não é especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina. Leia http://portal.cfm.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=23442:cfm-reafirma-criterios-norteadores-da-pratica-ortomolecular&catid=3

    2. janete maria lopes de sá

      Marcos, posso afirmar, como cobaia que sou da auto hemoterapia há dois anos, que não tem terapia melhor e mais prática para dores gerais, e também lombar.

      Eu tinha uma dor do lado esquerdo, próximo ao ombro, desde os meus 21 anos (tenho mais de 40 anos), acredito que adquirida pelo uso de peso desse lado, como bolsa ou livros escolar, e fui ao médico como é o indicado, que passou um relaxante muscular, que somente amenizava a situação e causava dores e mal estar no estômago.

      Ou seja, nem bem ajudava numa coisa e ainda me trazia outros males.

      Comecei as aplicações para enxaqueca, e eis que me sinto ótima da rinite e da dor muscular!

      Não preciso mais tomar Loratadina e Tandrilax ou remédios similares.

      E desde então, o pronto socorro da minha cidade não me viu mais por lá em virtude de minhas crises de enxaqueca.

      Ainda tenho crises, mas consideravelmente mais brandas e que passam com somente 1 Naramig.

    3. Lizza

      Afffeeee maria! Todo mundo já sabe que a PRP é a técnica mais avançada para tratamento de torsões e lesões dos atletas e dançarinos do mundo inteiro, especialmetne na Alemanha. Isto faz com os resultados apreçam muito antes do que um tratamento convencional traria. Tem videos sobre isso com vários atletas no youtube e tem tambéma Claudia Raia contando dos benefícios que teve. Mas tem muitos mesmo! É uma técnica cara e que tem excelentes resultados.
      A técnica PRP também está sendo usada na recuperação do envelhecimento da pele da face, pescoço e mãos em todo mundo.
      Se é aceita ou não pela medicina tradiconal isto é outra coisa. Vejam os resultados e analizem o porque desta técnica não ser admitida.
      NÃO há contra indicações. NÃO há riscos. A única coisa que devemos ter atenção, sempre, é no uso de agulhas esterilizadas. Mas isto em qualquer prática que envolva o uso de agulhas, é obvio.

  17. Luiza Gabe

    Eu faço uso da autohemoterapia! Efeito placebo ou não, vou continuar o procedimento, pois tive resultados significativos no controle da RCUI e suas outras doenças acessórias… vou continuar, pois ela não é uma cura, e sim um tratamento contínuo!

  18. Walter Medeiros

    A mensagem acima, afirmando que “Auto-hemoterapia é fraude” precisa apresentar as fontes de todos os absurdos citados. A informação sobre a BBC é uma invenção. e sobre a matéria do FANTÁSTICO, veja como foi desmascarada:
    “Fraude” forjada
    — Walter Medeiros*
    O Brasil enveredou por um caminho triste, de banalização da violência e da criminalidade, que aos poucos vem ganhando espaço até nas instituições e na sociedade. A cada dia que passa o noticiário normal perde terreno para as notícias policiais, pois as informações sobre crimes estendem seus espaços no Jornal Nacional, Fantástico e tudo que é programa jornalístico. Mas no domingo, 22.04, a TV Globo superou toda banalização, ao tratar do assunto “Autohemoterapia”. A emissora passou a semana inteira divulgando uma chamada sobre uma terapia que está se popularizando e que para eles seria uma fraude.
    Pois bem: assistimos a matéria completa e em nenhum momento foi apresentado qualquer elemento sério para caracterizar a autohemoterapia como “fraude”. No máximo uma mulher que dizia achar que poderia fazer mal, sem apresentar nenhum dado concreto. Ao contrário, o que se viu mesmo foi gente mostrando que faz a autohemoterapia e se dá bem e o próprio Secretário da Saúde de Olinda mostrando que a institucionalização da terapia existe, que faz uso e está patrocinando pesquisa a respeito, a despeito de reações de alguns Conselhos de Medicina.
    Após o programa, foi realizado um Chat no site do Fantástico com o presidente da Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, que não conseguiu esclarecer nada nem apresentou nenhum argumento sério contra a autohemoterapia. Apenas deu continuidade a uma manifestação pública de uma série de atitudes anti-éticas de médicos contra o Doutor Luís Moura, pois ele é o defensor da técnica, é médico, mas ao invés de tratarem do assunto no Conselho de Medicina, estranhamente levaram o assunto para a televisão.
    O presidente da Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, Carlos Chiattore, perguntado sobre os riscos da autohemoterapia, respondeu sem qualquer argumento que “Nós imaginamos as complicações…”. Entretanto, quando a pergunta dizia: “chegam-nos muitas informações de pessoas que foram beneficiadas pela prática da auto hemoterapia; tem, a SBHH, dados sobre casos que tiveram resultados desastrosos?”, aí ele confessa que não tem elementos científicos para comprovar. Ou seja, condena a técnica sem base científica, mas cobra a base científica para aprová-la.
    Em outro momento, o Senhor Carlos Chiattore respondeu a um participante chamado Juninho que “Não há nenhuma comprovação.(sobre a técnica), Não sabemos os maleficios, não aprovamos esse procedimento.” Se ele não sabe de malefícios, como desaprovar o procedimento? Mais grave ainda, a pergunta de uma participante chamada Polly: “A auto-hemoterapia trouxe resultados. Por que a maioria da comunidade cientifica não foca as pesquisas nessa técnica? Isso abalaria a industria farmacêutica?”. Sem qualquer argumento, Carlos Chiattore simplesmente respondeu: “isso não faz o menor sentido.”
    Depois de tudo isso, a impressão que fica é que não existem elementos para dizer que a autohemoterapia seria uma fraude e que a chamada que falava em “picaretagem” foi algo exagerado, resultado de alguma manifestação raivosa de quem criou essa impressão a respeito do assunto. Foi o que talvez possamos chamar de “fraude” forjada, mas que teve um mérito, afinal, talvez dois: abrir o debate sobre o assunto e, queiram ou não, divulgar a técnica da autohemoterapia.
    *Jornalista.

  19. Marco

    Bom a todos amigos e participantes deste tutorial bem eu tenho de ser sincero com minhas palavras pois infelizmente luto contra um monte de doenças e quando me deparrei com uum farmaceutico muito conhecido em minha cidade falando da auto hemoterapia bom fiquei contente em saber q poderia ser a solução para meus problemas bom ñ tinha custo nenhum pois este farmaceutico tem um conceito muito grande em minha cidade com 20 anos de experiencia e conhecimento bom a unica coisa q eu pagava era a seringa de aplicação tomei mais de 5 meses uma vez por semana 5 ml bom pra mim nada funcionou e parei de tomar pois ñ deu contra-indicação mais tbm não funcionou será q tem aqui q sabe dizer o se realmente estava tomando certo pois já vi resultados em outras bons em outras pessoas será o organismo da própria pessoa bom agradeço a todos daqui se tiver alguma coisa q eu ainda possa fazer pois meus sintomas de doenças são sérios…

    1. JULIANO

      Pessoal,conheço a AUTO HEMOTERAPIA a 30 anos,uso em meus clientes a 30 anos, MUITOS MÉDICOS COLEGAS MEU usam também… muitas pessoas da HEPATITE eu curei somente com a AUTO HEMOTERAPIA,

      O LHA CADA ORGANISMO REAGE DE FORMA DIFERENTE PARA A MESMA DOENÇA…
      algumas pessoas com 5 ml,por 3 meses se curam,outras tem que ser 10 ml.

      QUALQUER PESSOA OU ÓRGÃO FALAR QUE A AUTO HEMOTERAPIA NÃO FUNCIONA DESCONHECE TOTALMENTE O PROCEDIMENTO,QUANTIDADE NECESSÁRIA PARA DETERMINADA DOENÇA….
      FALA DO QUE NÃO COMPROVOU…

      Eu acho que essas pessoas sem objetivo de vida,sem conhecimento seja qual for sua formação,antes de falar do que desconhece deveria ter a decência de PESQUISAR,FAZER SUA PROPRIA COMPROVAÇÃO.

    2. OLIVARES ROCHA

      Bom dia. Quando vc usa uma medicação cuja posologia está inadequada, não pode dizer que o remédio nãol funciona. Seria mais eficaz pesquisar relatos de pessoas cujas doenças iguais à sua foram beneficiados e verificar a posologia da AH. Se estudar um pouco verá que de acordo com a doença e o estado da sua saúde, a AH pode variar de 5 mls por semana a até 20 mls de 5 em 5 dias. Em alguns casos, pode ser prescrita a AH por no mínimo 6 meses para então os médicos aferirem os seus efeitos.
      Uso o tratamento há mais de 6 anos, sem pausas, mas hoje estou gripado. Esta gripe me pegou sábado,..Muitos dirão: ora, vc fazendo AH gripou? Então não funciona!
      As pessoas esquecem que a AH é somente um estímulo da imunidade inata,, e não panacéia miraculosa. Um tratamento médico! Não comercial, não patenteável, não lucrativo e, pior, provoca a diminuição da necessidade e até mesmo dispensa de muitos fármacos, o que atrapalha o comércio criado em torno de nossas doenças.
      Sugiro que estude, pesquise, se informe melhor e quem sabe poderá vir a ser beneficiado..

    3. Denise

      Primeira vez que leio que a AH não teve efeito algum! vc. tem facebbok?

    4. jucelino

      ola amigo pra você,ter um bom resultado com ah você tem que ter algum problema,ou alguma doença,seja ela qual for,acura e lenta.

  20. vanesa

    tudo isso que falaram sobre essa hemo terapia e uma bença mais porque cobram pra ajudar as pessoas não entendo eu vou fazer e ,porque nao ajudam o seu proximo e cobram pelo dom que deus deu,so precisam tirar o sangue da propia pessoa e aplicar no musculo,não tem nada de mirabolante se o sangue ja e nosso porque pagar para alicar no nosso proprio organismo.sendoassim peço que as pessoas aprendam aplicar,e pronto não precisam pagar mais amem.

    1. aline

      Eu aprendi a fazer sozinha, eu estava morrendo de depressão, eu pagava 15 reais por aplicação e hoje só gasto com a seringa e a agulha, 1,20 e hoje depois de 1 ano e 2 meses fazendo esta técnica em mim e no meu marido, realmente eu devo a minha vida a ela, meu nome é Aline Lopes Rocha e estou no facebook e tenho uma grande historia de terror que me curei, sai do fundo do poço verdadeiramente e eu agradeço a Deus todos os dias por ter achado esta técnica tão maravilhosa. Façam, eu aprendi sozinha, não tem erro, eu tinha depressão, sindrome do panico, uma gastrite que se ficasse um dia sem protetor da bomba de protons já passava muito mal tomava pantoprazol e nexium, e para depressão tomava Cloridrato de sertralina e carbamazepina, eram varios efeitos colaterais, hoje eu não tomo mais nada. Técnica divina de Deus mesmo, eu me emociono, porque eu estava totalmente destruida, eu desafio alguem que faça e que não tenha se curado verdadeiramente assim como eu me curei.

      1. denilton

        Eu tenho depressão e panico,opior è a insonia,dores no corpo,desanimo,falta de perspectiva etc.Aline eu queria mais informações sobre esta tecnica,A.H,dosagem,riscos e se è eficiente mesmo.

        1. Denilton.

          A autohemoterapia não trata depressão e não é recomendada. Converse com seu médico, ele poderá ajudar no seu tratamento para depressão.

    2. Rosi

      estou mt mais feliz ao ler esses depoimentos,….depois de sofrer mt com fibromialgia e artrose nos joelhos,e relutar contra a auto hemo,começei dia 14 de abril, minha primeira aplicação,e me arrependo de não ter começado antes,pois não conseguia fazer caminhada,para perder peso,tds as dores que sentia pelo corpo,sempre minha médica dizia :vc tem que fazer caminhada,exercicios físicos,mas eu não conseguia nada ,e por incrivel que pareça,estou fazendo caminhada de 40 a 50 minutos,e não sinto aquela dor absurda que sentia com 5 minutos caminhando,fiz outros testes tbm,me sinto ótima…ah!!e melhor perdi 3 kls,sem ter que fazer regime,na verdade há 3 anos só como pão integral e mt pouco açucar… pouco mesmo ..

  21. Petronio Costa

    Bom! De uma coisa, tenho certeza: A uns 2 anos atrás, fui ao médico fazer um “check-up” e após fazer todos os exames pedidos pelo Dr., sai de seu consultório com um receituário repleto de medicamentos que seria obrigado a usa-los para o resto de minha vida. Em valores ($) teria que desembolsar mensalmente, aproximadamente R$ 280,00. Não vou divulgar aqui os males que me acometia. Procurei outro médico e desembolsei R$ 250,00 só de consulta e mais R$ 480,00 em novos exames. E apareceram mais 2 problemas novos e cheguei a conclusão que como um homem de 65 anos, que se alimenta bem, pratica vários esportes, não fuma, não bebe, nunca sentiu uma “dorzinha de cabeça” e exerce uma atividade profissional que lhe exige, disposição, atenção, comprometimento e etc!etc!. Ainda está de pé? Com tantas mazelas de saúde. Deve ser uma força “divina”. Que me dá tanta disposição para trabalhar e dar emprego a mais 15 companheiros (amigos). Resumindo: Comecei por conta própria a fazer a “AHT” a 1 ano e 10 meses e com certeza além da economia que fiz ($), o lucro que obtive com minha saúde física e mental, quero chegar aos 100 anos e poder compartilhar com todos que me cerca o bem que faz a ‘AUTOHEMOTERAPIA” ao ser humano. E vamos continuar a divulgar este procedimento tão bom para todos os nossos semelhantes. Abraços a todos!

  22. Catia

    Obrigada Jack por todas as informações. Sua página somente reforçou em mim a antiga vontade de me submeter ao procedimento. Boa sorte!

  23. Hugo

    JACK

    Me esclareça, por favor, o Paracetamol é proibido em diversos países por provocar uma hepatite quimica, aqui é usado no tratamento da dengue, dai talvez a dengue hemorragica, mais o poderio dos laboratórios não permitem a sua proibição. Você que me parece uma pessoa inteligente, tendo visto tantos testemunhos sobre a auto-hemoterapia não seria o caso de deixar de lado um pouco a SBH e repensar as falta de indicação médica da terápia????????

    1. Hugo, olá.

      Obrigado pelo comentário. Entretanto acho que você está equivocado com relação ao paracetamol.

      O entendimento sobre os efeitos benéficos e maléficos de qualquer medicamento é algo complexo, e apenas as autoridades de saúde de cada país estão autorizadas a liberar o uso ou não de determinada substância.

      Sugiro que você converse com seu médico sobre a autohemoterapia, paracetamol e Dengue. Apenas seu médico poderá lhe informar corretamente e esclarecer suas dúvidas.

      Sei que é desolador, mas ler blogs e foruns não é a solução para a compreensão de um assunto tão complexo.

      1. OLIVARES ROCHA

        Resposta evasiva. O fato é: no Brasil, o que prevalece são os interesses mercadológicos, em detrimento dos interesses do povo. Assim remédios, agrotóxicos, fertilizantes, aditivos químicos alimentares, como adoçantes e corantes, PROIBIDOS nos países ditos civilizados por serem NOCIVOS à saúde, estão matando e adoecendo o povo brasileiro simplesmente porque nossas autoridades estão sendo conivente$$$. Constatação. Não opinião!
        Da mesma forma, tratamentos médicos, para ficar no tema, são proibidos por não serem economicamente interessantes, enquanto lá fora são amplamente empregados… Cito a graviola brazuca que é exportada para Europa e EUA pra tratar Cânceres mas por aqui nossas autoridades e algumas personalidades estrelas como Drauzio Varella dizem a afirmam ser nociva à saúde, ou proibem como fizeram com a aloe vera/babosa!!!! (SALIENTO A IMPORTANTE E FUNDAMENTAL INFORMAÇÃO PRESTADA PELA REPORTER AOS 1:25 MIN DA REPORTAGEM – PROIBIRAM TRATAMENTOS QUE CONCORRAM COM REMÉDIOS!!!!)

  24. Adriano Ramazzotte

    Veja que em países como México, Argentina, Paraguai, Alemanha, Inglaterra, Portugal entre outros esta técnica é amplamente utilizada.

    1. Adriano,

      Você poderia por gentileza dizer a fonte (literatura) de onde retirou a informação que a autohemotarapia é autorizada (usada) nos países citados por você?

      Obrigado

  25. Adriano Ramazzotte

    Veja o comentário de um profissional.
    Segue o link, onde vai ter muita informação de profissionais sérios.
    Espero ajudar…..

    1. Adriano,

      Editei seu comentário e não publiquei o texto completo. Pois o texto que você desejava que fosse publicado seria de uma terceira pessoa. E já foi publicado aqui no ConteAqui algumas vezes. Sendo sequer sabemos se o texto é verdadeiro ou não.

      Portanto para que eu possa publicar algum texto de alguma autoridade ou especialista, o texto tem de ser enviado diretamente por quem escreveu o texto.

      Converse com seu médico, ele poderá lhe esclarecer que no Brasil a autohemoterapia é um procedimento não recomendado pelos médicos Hematologistas.

      1. OLIVARES ROCHA

        O texto inicial sobre o procedimento, a começar pelo nome, a meu ver deveria ser mudado à luz das informações aqui acumuladas. Se não vejamos:
        A auto-hemoterapia é fraude: Em nenhum momento houve qualquer prova de que o procedimento é fraudulento. A única coisa concreta contra a terapia, é o fato de as autoridades não RECONHECEREM os estudos já apresentados, os registros clínicos históricos e muito menos os milhares de depoimentos dos que praticam a terapia. A simples falta de reconhecimento, baseada numa questionável falta de estudos balizadores, não engolfa o tratamento como picaretagem fraude ou enganação.
        Se houver aqui ou acolá algum espertalhão se beneficiando deste procedimento, este fato por si só não remete o tratamento para o campo das falcatruas. O efeito desta não depende da mão que aplica, seja de médico seja de leigo seja de oportunista. Ou funciona, como se pode atestar por aqueles que realmente pesquisarem o que se tem a pesquisar sobre ela, ou não funciona, como ALEGAM nossas autoridades. A meu ver, isto é argumento ad hominem.

        Em um parágrafo, alega que a auto-hemoterapia tem o pomposo nome de authemotherapy. Este termo é registrado no PUBMED que classifica todo procedimento de coleta sanguínea e em seguida, com ou sem alterações, injetar este sangue no doador.
        Sobre a contaminação, como deixou insinuar, o fato é que esta contaminação na Europa ocorreu por falta de higiene e reuso de material descartável. Assim nada tem a ver com a terapia. Faltou cuidado e habilidade. E isso não desmerece o procedimento em si. Não se proíbem cirurgias por eventualmente um ou outro cirurgião esquecer um instrumento no corpo do operado…
        Sobre riscos, seja aqui ou acolá, de novo resta que seja lá ou cá, o que importa é que a Medicina seja bem feita. Ainda que em nossos pobres rincões, todos merecemos tratamento de qualidade. Repetindo com outro argumento: não se proíbem facas por serem usadas eventualmente por criminosos.
        O programa aludido, mesmo mostrando diversas pessoas se manifestando, inclusive médicos que prescreviam, não conseguiu apresentar sequer UM caso de complicações. Ao contrário, todos que afirmam usar a terapia, reputaram benfazejos efeitos somente. Isso é empirismo: se me faz bem, não me prejudica por que parar? Plagiando o bordão: saúde é o que interessa, o resto não tem pressa!!!
        Concordo que devem ser desprezados e culpabilizados quem vende falsas promessas. Inclusive entre quem pratica a auto-hemoterapia, afirmando que ela cura, opera milagres, reverte casos terminais etc. Ao meu conhecimento só chegou até agora, que os médicos sempre receitaram como preventivo ou como terapêutica complementar. Se algum oportunista “vendeu” a Ah como panacéia de novo voltamos ao campo da argumentação ad hominem: não se desmerece um procedimento por culpa do divulgador!!
        Na verdade, a única coisa que efetivamente ocorreu pós-proibição oficial de médicos e enfermeiros efetuaram a terapia foi expor o interessado aos.. oportunistas de plantão?! Sem o devido acompanhamento médico, resta ao interessado menos perspicaz nas pesquisas, se expor às opiniões mal formadas…

        Agora essa de contrair doença APÒS usar a AH, soa como má fé, deixando no ar que a AH cause doença. Afora contaminações, passíveis de acontecer em qualquer procedimento médico, inclusive medicamentoso – vez por outra saem do mercado remédios mais danosos que benéficos e os prejudicados sequer ficam sabendo disso, quer insinuar causa e efeito da AH com doenças. De novo: basta ter higiene assepsia e cuidados que não haverá possibilidade de contaminações.
        Verá caro forista,que em anos de fórum aberto (acho que desde 2007) não apareceu sequer UMA reclamação daqueles que vc acredita terem sido prejudicados por esta maravilhosa terapia. Assim, reforço seu alerta: prejudicados, manifestem-se!!
        O silêncio deles me parece não ser de vergonha, mas por não existirem…

  26. marcos

    Sra. Eliana entre na internet e pesquise AUTO HEMOTERAPIA RELATOS

    Se acontecer isso que a enfermeira falou pode ser que seja o primeiro caso
    em cem anos.
    Estou na décima sétima aplicação com mais nove pessoas e até agora tudo bem.
    E em casos de circulação é ótimo, segundo pesquisas que fiz pela NET a AHT evitou
    vários tipos de amputações. Mais nada melhor que você mesma pesquisar boa sorte.

    1. Marcos,

      Pesquisa para saber se um tratamento é eficaz ou não é feita por profissionais.

      Simplesmente “pesquisar” no Google não tem valor.

      Imagine se as pessoas começarem a fazer tratamento de saúde baseados no que acham, ou no que o vizinho disse e não no que preceitua a medicina.

      Converse com seu médico, apenas ele poderá dizer o que realmente é ou não bom para tratar seus problemas de saúde.

  27. marcos

    Olá Sr. Jesse, tenho psoríase a quase um ano usei vários remédios a base de cortisona, porem além de não fazer o efeito esperado fiquei receoso de seus efeitos colaterais e resolvi parar. Comecei então tratamentos a base de ervas como a babosa, salsaparrilha(que uso até hoje), e para hidratar a pele vaselina sólida com óleo de andiroba(é uma mistura feita em casa ) o óleo de andiroba você compra em farmácias de remédios naturais, esse creme uso até hoje. Mas a pouco mais de três meses conheci a aht vídeo com o Dr.Luis Moura e comecei o tratamento: nas primeiras seis aplicações de dez ml não senti muita diferença na psoríase mas melhorou muitas outras coisas com dores no corpo, ansiedade e melhorou muito minha disposição física e diminuiu o cansaço. Da sesta aplicação até a decima piorou muito a psoríase me deixando quase frustrado com o tratamento, resolvi antão fazer uma experiencia tomando um comprimido de ascaridil por semana durante três semanas(ver vídeo Dr.Luis Moura) , bem na décima segunda aplicação em diante tive uma melhora fantástica em uma semana sumiram as placas brancas dos dois cotovelos,as sobre as mãos, dos ouvidos, um vermelhidão que tinha no rosto, a coceira que sentia nas axilas juntamente com uma grande mancha vermelha, e a coceira que sentia na virilha pênis e anus.Tenho ainda um grosseirão na palma das mão que,se não hidratar ainda aparece placas brancas e na cabeça que ainda sinto coceiras e tem algumas placas que incomodam não mais como antigamente.
    Para a coceira estou tomando Loratadina um comprimido a noite conforme receituário médico.
    Sr.Jesse não desista desse tratamento os resultados conforme pesquisei aparecerão praticamente após a décima quinta aplicação, enquanto isso vá usando também as pomadas que seu dermatologista indicar.
    Espero muito ter te ajudado , pois é uma doença muito chata como todas as outras mas essa é a que nós temos. Um forte abraço e pode contar comigo.

    1. Marcos,

      A Psoríase é uma doença que se comporta sazonalmente. Ou seja, pode haver períodos de melhora mesmo sem que seja feito qualquer tipo de intervenção/tratamento.

      A autohemoterapia não é recomendanda para tratamento de qualquer doença, nem da psoríase.

      A Sociedade Brasileira de Hematologia não recomenda, e não há provisão legal na legislação Brasileira para que este procedimento seja prescrito ou executado.

      Convserse com seu médico, apenas ele pode lhe orientar sobre o tratamento da psoríase.

      Fazer apenas porque há relatos na internet é algo perigoso.

      1. sirleimariadepaiva

        Com você não tem argumento.

        Pega uma doença e fique somente a mercê de remédio como eu quis ficar.

        Só tive melhoras significante quando comecei a fazer a auto hemoterapia.

        Meu problema não tinha cura era só esperar a morte.

        1. Jack

          Sirlei,

          Obrigado por seu comentário. Pena que você esteja um pouco rancorosa e desejando que outras pessoas fiquem doentes.

          De minha parte desejo o contrário, desejo que todas pessoas indistintamente tenham saúde.

          A autohemoterapia é um procedimento não aprovado pelas autoridades de saúde e portanto não deve ser realizada. Ainda mais quando praticada por leigos.

          Boa sorte para ti, e desejo que fiques curada de todos os seus problemas.

  28. Eduardo

    ” Nada pode vencer a verdade” – Aqueles que dizem que a auto hemoterapia é furada, efeito placebo, não funciona, etc. Estão ainda, infelizmente, dominados pela ideologia do Sistema, pois há vários relatos a favor da auto hemoterapia. Claro que ela não é estudada por interesses da Indústria Farmacêutica (Indústria da Doença). Eu faço há 06 meses por prevenção e antes, gripava todos os meses. Até hoje só gripei 1 vez e pesava 74 kgs, hoje peso 69 kgs. E não fiz regime ou exercícios. Isso prova que a auto hemoterapia gera a homeostase.
    Vejam: http://www.youtube.com/watch?v=x_-uUtz23vI (Médicos chineses gabaritados também, confirmam! Auto hemoterapia funciona)
    Mais: http://www.autohemoterapiaportugal.com/ (médico Italiano apoia auto hemoterapia – ver vídeo abaixo)

    Acorda Brasil!!! A Indústria Farmacêutica não quer curar nada. Quer sim, manter as doenças para lucrarem com elas. Por que haveria interesse, por exemplo, da cura da diabetes, se a venda de insulina gera milhões para eles? Pensem nisso. Auto Hemoterapia FUNCIONA SIM!
    Abraços para todos – Eduardo

  29. Marcos Manoel da Silva Ataide

    Jack, você já pesquisou na internet por erros médicos ou por infecção hospitalar?
    Eu já, e também pesquisei por auto-hemoterapia, e descobri que o que é LEGALIZADO, neste caso, mata e aleija milhares de pessoas todos os anos, uma porcentagem significante dos que confiam no sistema de saúde. Sem contar os que sofrem nas filas de hospitais públicos e postos de saúde, sem conseguirem tratamento e não terem outra opção.

    Enquanto que, com a auto-hemoterapia, QUE NÃO É LEGALIZADA, só existe relatos de benefícios à saúde. Tem 100 % de aprovação de todos que se submeteram ao tratamento.

    No beneficio da duvida, eu preferi dar ouvidos aos milhares de relatos de benefícios e testei e comprovei, sou mais um, há seis meses, que só tenho resultados positivos.

    A PROVA QUE PROCURA, SE É QUE HÁ PROCURA. ESTÁ NESTA SUA PRÓPRIA PAGINA!

    Boa Noite.

    1. Marcos,

      Se atendimento médico e administração de medicamentos legalizados e aprovados já podem gerar efeitos colaterais. Imagine o que pode acontecer com um procedimento não aprovado.

      Temos autoridades que determinam o que é legalizado ou não. Mesmo que as pessoas não concordem, todos devem seguir a lei.

      A autohemoterapia não é aprovada, não é recomendada, e não deve realizada.

      Se está doente, consulte um médico – apenas ele poderá lhe dizer o que é melhor para sua saúde e não “relatos” na internet.

      Boa sorte.

  30. OLIVARES ROCHA

    Alguns pontos:
    1 – todo tratamento em que se coleta o sangue do paciente e se introduz este de volta no seu corpo, é genericamente denominado AUTO-HEMOTERAPIA, e bancos de dados científicos como PUBMED assim classificam: o tampão sanguíneo peridural, a injeção de sangue autólogo dentro de olho lesionado/conjuntiva, os fatores de crescimento plaquetários, o plasma rico em plaquetas e o plasma pobres em plaquetas etc, etc, etc. Ou seja, o sangue autólogo, puro ou composto, íntegro ou parcial é coletado e injetado nos olhos, colunas lesões ortopédicos, ortodônticas e até em estética facial, sob o nome de SELPHIL procedendo ótimos resultados, à boa paga é claro. Então o sangue é seguro e eficaz se coletado por um médico com aparato caro, mas é perigoso num simples músculo à guisa (estudos russos fizeram este comparativo) à simples hematomas de derme??? Duvido.
    2- A auto-hemoterapia é estudada pesquisada, registrada, ensinada e receitada em Veterinária há século, onde é o principal tratamento para dermatoses como papilomatose. Se eficaz é em animais, por que seria perigoso em humanos?
    3 – A Ah é receitada e praticada livremente em vários países, como Alemanha, México, etc. Se é seguro para alemães, por que seria danoso para brazucas??
    4 – Conforme pode-se atestar, não existe sequer UM registro de danos malefícios ou efeitos colaterais no Brasil em mais de 90 anos de receita medica registradona ANVISA, CFM,órgãos de defesa do consumidor, etc . Note-se que a prática só sofreu restrição de uso por profissionais de Medicina em 2007. Até então e desde ao menos 1918, qualquer médico poderia receitar e muitos o fizeram por décadas…
    Onde estariam então os prejudicados?
    5 – As complicações que alegam as autoridades são, em sua maioria, derivadas da má execução do procedimento, como falta de assepsia ou técnicas corretas de coleta ou injeção. Corre-se os mesmos riscos ao fazer exames de sangue ou tomar uma injeção num posto de saúde.
    6- Por que estudos que eram procedidos até na FIOCRUZ sobre a Ah foram proibidos?

    7 – por que a vacina ZIMDUCK da FIOCRUZ-USP-UFRJ, baseada no mesmo princípio de ação da auto-hemoterapia, a Proteinoterapia, sendo portanto, a mesma coisa, sendo que um uma, a ZIMDUCK , usa-se um produto manufaturado e na Ah usa-se uma proteína natural estéril que é o sangue do próprio paciente para provocar a leucocitose constatada nos estudos do Dr. Ricardo Varonesi está proibida de ser estudada mesmo depois de 15 anos de sucesso ?
    O fato é que a Ah funciona, para uns de forma mais rápida, para outros, de forma mais lenta, conforme relatos, mas funciona e prejudica sobremaneira o comércio da doença.
    Em minha família somos 4 fazendo uso, sendo que recebemos mais de 1200 aplicações, eu recebi mais de 300 e a única coisa que podemos relatar é a saúde que nos agraciou a AH. Tenho amigos um HIV+ outros diabéticos hipertensos, portadores de psoríase, doenças alérgicas, asmas etc e todos, repito, todos estamos vendo remissão gradual, lenta mas remissão das mais variadas mazelas e ao custo, pasmem, de uma simples seringa e do custo da mão de obra àqueles que não podem realizar graciosamente entre parentes como faço.
    Assim recomendo mesmo que estudem pesquisem se informem com quem faz e veja os benfazejos efetios. Em 6 anos em que me dedico a estudar fuçar e debater sobre a terapia não vi sequer Um caso de insatisfação. Vez por outra aparece um que acha ser o procedimento miraculoso e espera que a imunidade Inata o livre de sua mazela em poucas aplicações, sem entender que a resposta imunológica estimulada pela leucocitose provocada pela presença de uma proteína estéril, no caso o próprio sangue do paciente, é que promove a rspota esperada e até agora obtida por aqueles que a praticam. Recomendo fortemente que vejam as reportagens sobre a vacina ZIMDUCK, até no Globo Repórter, e observem que o mesmo efeito de um, a ZIMDUCK, se replica na antiga AUTO-HEMOTERAPIA. ( não a toa um dos pesquisadores desta vacina, Dr Alex Botsaris, é defensor da auto-hemoterapia, com vários textos sobre o tema…)
    (tudo relatado aqui é fonte de dados que se podem coletar e apresentar. portanto não percam tempo querendo menosprezar as informações, posto que com poucos cliques no Dr. Google pode atestá-los. OU se preferirem, posto aqui.)

  31. GC

    Este artigo que tinha como objectivo desincentivar o uso da aht, teve exactamente o efeito contrário com o relatos de quem a utiliza. Não consegui encontrar sequer um, daqueles que alguma vez fizeram, a dizer mal da aht. Não só aqui como nas centenas de relatos que já vi na net!

    Contudo, só neste site, já existe material de sobra para se fazer um artigo cientifico. Basta fazer uma análise qualitativa e quantitativa de todos estes relatos, passa-se para uma tabela, faz-se um gráficos e pronto, temos ciência, mais comprovada que qualquer dos medicamentos que inundam as farmácias!

    1. Nuno,

      Interessante o seu pensamento. Entretanto a realização de um trabalho científico que tenha de fato algum valor é algo mais complexo do que a forma que você relata.

  32. GC

    A cegueira da ciência moderna conduziu-nos a estes enormes disparates! Convém lembrar que, toda a ciência, antes de ser comprovada, não era ciência. E, esta doença de tudo se tentar explicar tem feito mais mal às nossas sociedades que bem pois impossibilita explicações sistémicas e holisticas. Contudo este nem é o caso da auto hemoterapia, que é um tratamento mais que simples, mais que explicado cientificamente e mais que testado na prática. Não é pelo facto de desta realidade não ser transcrita para artigos científicos que não não é verdade. De facto, o que acontece, é que isto não interessa aos profissionais de saúde. Nem sequer aos da medicina alternativa que querem vender as ervinhas e os chazinhos também.

    Vou-lhe relatar o meu caso. Sou portador de espinha bífida, tenho mais de 20 operações realizadas. Quando iniciei o tratamento de auto hemoterapia o meu diagnóstico era o seguinte: ulceras nos pés, disfunção da bexiga, hemorróidas, problemas na pele das mãos e cabeça (caspa seca) e no nariz (uma espécie de escamação). Na sequência de todos estes problemas, tinham também as consequências psicossociais: isolamento e depressão. depressão.

    Em poucas sessões, sabe o que me curou a auto hemoterapia? TUDO!

  33. Letier

    Bom pessoal, é bem simples de entender porque a AHT é proíbida, é pelo mesmo motivo de que os virús em sua grande maoria tem que serem criados, sem virús não tem doentes, sem doentes não tem remédios, sem remédios, os laboratórios estão falidos.
    Agora imagine o seu remédio sendo o seu próprio sangue? que governo vai permitir isso? e os impostos…
    PELO AMOR DE DEUS, VAMOS FALAR SÉRIO…

    BOA TARDE.

  34. SOLANGE

    VIVA A AUTOHEMOTERAPIA ESTA TÉCNICA ESTA CONQUISTANDO AINDA MAIS AS PESSOAS. JACK, NÃO PARE DE FALAR NEGATIVAMENTE SOBRE A HEMOTERAPIA, VC SÓ TA FAZENDO COM QUE AS PESSOAS DEEM CADA VEZ MAIS SEUS DEPOIMENTOS POSITIVOS A RESPEITO

    1. Solange,

      Obrigado por seus comentários sobre a autohemoterapia. Não faço comentários negativos, apenas repasso o que é estipulado pela Sociedade Brasileira de Hematologia : a autohemoterapia não deve ser realizada.

      1. marcos

        Jack eu entendo, você é um fiel representante do sistema capitalista, sou portador de psoríase a quase um ano, vinha tomando remédios a base de cortisona que pouco efeito fez, quando vi os devastadores efeitos colaterais do medicamento resolvi parar de usar,foi quando conheci a auto hemoterapia que estou fazendo a quase três meses com resultados surpreendentes , mas tudo bem continue defendendo o nassa querida anvisa em nome de um glorioso sistema capitalista. Espero do fundo do meu coração que mudes de ideia, e veja com os olhos da razão uma coisa que pouco a pouco vai se firmando como um dos tratamentos mais revolucionário e humano de todos os tempos. Um grande abraço.

        1. Marcos,

          Obrigado por seu comentário. Fico feliz em saber que você está melhorando do seu problema de saúde.

          Procure um médico e ele poderá lhe explicar a real razão da melhora da sua doença. Que com certeza não foi da autohemoterapia – procedimento que não tem autorização legal ou amparo médico para ser realizado.

          Boa sorte.

          1. casiano

            Seguinte:

            Quem tem alguma dúvida sobre a AUTO HEMOTERAPIA então pesquise sobre plasma rico em plaquetas, que vem sendo usado nos atletas e tampão sanguíneo peridural.

            Para aqueles que falam mal, se é que tem algum conhecimento em fisiologia humana, comparem os métodos.

            Por favor parem de falar besteira, o que não funciona é esse monte de lixo que a industria farmacêutica está testando em nós.

            Veja bem que as maiores empresas fabricantes de medicamentos são também as maiores fabricantes dos mais nocivos venenos para o setor agrícola.

            Também creio muito que não seja por acaso que que a FDA como o próprio nome já diz FOODS and DRUGS ADMINISTRATION. Droga e alimento juntos, isso eu acho que devia ser chamado da maior fraude que a humanidade já presenciou, falta total de ética. Mas tudo bem.

            Ah lembrando o peixe morre pela boca, e nós somos o que nós comemos!

            Pesquisem sobre: flúor, aspartame, glutamato monossódico, leite,suplementação de cálcio sem concomitância do cloreto de magnésio, e por ai vai. Então a dica é pesquisem conversem com um médico.

          2. Jack

            Casiano,

            Obrigado por seu comentário, ele com certeza enriquece a discussão sobre a autohemoterapia.

            Porém você não deve confundir autohemoterapia com outras práticas.

            Atente para o fato que a autohemoterapia não é um procedimento médico reconhecido e aceito pela classe médica. Nem mesmo é aprovado pelas autoridades.

            Os demais procedimentos terapêuticos que você cita são realizados por médicos em ambiente controlado. E nada tem haver com a autohemoterapia feita por leigos e sem qualquer controle sanitário ou governamental.

            Sobre a sigla FDA. Acredito que haja um problema de entendimento sobre a tradução do mesmo. Já que em medicina todos os remédidos são chamados de drogas. Portanto “drug” a que sigla se refere é medicamento.

            Sim os produtos químicos são usados também em agricultura. Mas isto é mais uma discussão filosófica do que prática, pois o mesmo aço que é usado para fazer um bisturi que auxilia no tratamento de pacientes pode também ser usado para fabricar uma faca que pode ferir as pessoas. E eu não posso sair por ai dizendo que o aço é algo ruim.

            Acredito que o grande problema é o “Dr. Google”. Pois todos fazemos pesquisas no Google sobre os diversos temas e acreditamos que somos autoridades no assunto.

            Eu não posso fazer uma pesquisa no Google sobre construção civil e passar a recomendar isto ou aquilo em construção. É necessário ouvir um Engenheiro. Com relação aos procedimentos médicos é a mesma coisa.

            Saliento ainda que todos que estão doentes estão fragilizados e assim ficam mais vulneráveis e acabam procurando tudo para “ficar bom”.

            Abraços.

          3. Danilo Guedes

            Pois é sou hipertensivo ou era, e segui seus conselhos de procurar um médico. Pois bem fui ao médico e fiquei surpreso dele me orienta a AHT como terapia opcional. Não fiz uso de medicamentos apenas mudei alguns hábitos alimentares e aderi a AHT e já faço isso a 2 anos. Não sei se foram os efeitos do meu novo estilo de vida ou se foram os efeitos da ATH mas me sinto muito melhor e hoje minha PA é normal. Viva a AHT!!?

  35. gilda

    Quais são os argumentos da Sociedade Brasileira de Hematologia?

    Acabei de pesquisar um artigo na PubMed recente sobre o assunto e o artigo “Effects of major ozonated autohemotherapy in the treatment of dry age related macular degeneration: a randomized controlled clinical study.” foi publicado por pesquisadores da Universidade de Siena, Itália, publicado em 2012 apresenta um estudo randomizado com grupo controle e experimental que mostrou resultados significativos estatisticamente de melhora no grupo experimental quando comparado ao grupo controle, para o caso de degeneração ocular causada pela idade.

    Segue um trecho do resumo:

    None of the treated patients experienced a loss in visual acuity in their study eye at 6 and 12 months, compared to 16% and 40 % of patients in the control group who lost 2 lines or more at 6 months and 12 months respectively (P<0.05 treated vs control group))

    1. Gilda,

      Legal você fazer um comentário citando um artigo científico. Porém há um ponto importante para o qual eu chamo a atenção.

      Não sei se você leu o artigo na íntegra ou apenas o resumo do mesmo. O artigo na íntegra pode ser lido aqui: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3530813/ .

      A leitura atenta mostra que o artigo não fala sobre a “autohemoterapia” citada neste post e não recomendada pela Sociedade Brasileira de Hematologia. O artigo do Internacional Journal of Ophtalmology trata de um procedimento experimental chamado “major ozonated autohemotherapy” . A “major ozonated autohemotherapy” é um procedimento médico experimental e que difere em muito da “autohemoterapia” que vem sendo praticada indiscriminadamente em casa pelos próprios pacientes – a técnica é totalmente diferente.

      Desta forma o artigo científico citado por você em nada muda as recomendações sobre a autohemotarapia, que continua um procedimento que não deve ser realizado à luz dos conhecimentos atuais.

      Abraços

  36. Lili

    Boa noite! Por favor… vc continua o tratamento com a auto hemoterapia? Continua dando resultados positivos para a psoríase? Gostaria de saber o que aconteceu depois de voce ter utilizado…
    Obrigada.

  37. Felipe M

    Jack então me explica como vc disse que não funciona e até o Ronaldo Fenômeno fez???
    veja o vídeo do Globo Sport falando sobre o Assunto Marcos do Palmerinas também fez uso da técnica.

    1. Felipe,

      Acredito que procedimentos médicos devem ser realizados sob estrita indicação e orientação médica. E não porque algum famoso fez ou deixou de fazer.

      De qualquer forma acredito que você está fazendo confusão, pois auto-hemoterapia e a técnica PRP (Plasma Rico em Plaquetas) são coisas totalmente diferentes.

      A auto-hemoterapia é um procedimento leigo, realizado por não médicos e sem recomendação ou aval da Sociedade Brasileira de Hematologia. A técnica PRP (Plasma Rico em Plaquetas) mostrada na reportagem citada por você não é autohemoterapia.

      Seria como você comparar por exemplo a radioterapia para tratamento do câncer feita sob orientação e acompahamento médico, com uma “radiação” que a pessoa recebe ao entrar em contato com um material radioativo qualquer. Entende? São coisas completamente diferentes.

      Acredito ainda que se você ainda tem dúvidas, o ideal é consultar um médico hematologista. Este com certeza estará habilitado e lhe orientar o que funciona e é permitido e o que não.

      Veja que aqui na internet qualquer uma fala o que quer, e nem sempre as opiniões estão corretas.

      Boa sorte na sua busca por respostas.

      1. Emanuel Nascimento

        Sr. Jack:
        Sou médico, trabalho há mais de dois anos com autohemoterapia, assim como dezenas de médicos
        pelo Brasil. Só para seu conhecimento, o PRP (Plasma Rico em Plaquetas) é autohemoterapia, pois é
        um componente do sangue que é reintroduzido no organismo da própria pessoa, após processo labo-
        ratorial muito caro( POR ISSO É ACEITO PELA ANVISA E PELO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA).
        Autohemoterapia significa terapia(tratamento) com o próprio sangue, e não que o procedimento seja re
        alizado pela própria pessoa. Exames comprovam cura,porém, como a ANVISA não autoriza pesquisas,
        não podemos divulgar resultados. PENSE: se o Conselho Federal de Medicina tivesse argumento forte,
        não teria revogado a cassação do Dr. Luis Moura e continuaria punindo da mesma forma todos os mé-
        dicos que realizam o procedimento( alguns confirmam publicamente que realizam o procedimento ).
        A opinião de um conselho de classe( no caso, hematologistas, não significa necessariamente a verdade).
        Influências de multinacionais podem pesar muito nessas opiniões.

        1. Emanuel,

          Obrigado por seu comentário. Entretanto a técnica de PRP (Plasma Rico em Plaquetas) é um procedimento médico. Já a autohemoterapia não, pois não é aprovado.

          O fato de alguém fazer não quer dizer que é aprovado.

          Respeito sua opinião. E vamos em frente.

          1. João

            E o fato de não ser aprovado, não quer dizer que é errado, ou prejudicial.

          2. Quer dizer que não pode ser feito.

          3. Rosiane

            Jack, parabéns pelo blog. Desculpe a minha ignorância, mas a AHT se não me falha a memória surgiu da teoria de que se injetássemos PROTEÍNA na musculatura teríamos o aumento dos macrófagos. A PRP não seria nada além de uma forma sofisticada de separar as proteínas do sangue? de forma a mascarar a AHT e capitalizá-la a contento? Outra coisa voce repete o tempo todo que não é científico. Certo. E não é porque nem aqui e nem em lugar nenhum é interessante que a AHT seja comprovada. Reflitamos, os médicos e nutricionistas, disseram que a margarina e o óleo de soja eram saudáveis no início de sua fabricação e com base em pesquisas que não comprovavam sua veracidade com relação às amostras. no entanto hoje correm desesperadamente para livrar os produto dos compostos nocivos sem que o mundo tome CIÊNCIA de fato. O que percebo é que de uma forma ou de outra, somos manipuláveis. Mesmo a ciência necessita derrubar paradigmas constantemente para poder enxergar a verdade. Leiam “EM DEFESA DA COMIDA”, ANTICÂNCER, livros que reportam nomes e pesquisas já realizadas. pesquisem qual o indicador de câncer, diabetes e doenças coronárias em países ocidental e oriental. Observem qual a alimentação deles e o estilo de vida… comparem! O vovô da roça, viveu muito porque queimava muita caloria, comia torresmo, verduras, legumes, frutas que ele plantava e sem agrotóxico. Vivemos na cidade, quase não pegamos sol, comemos alimentos industrializados, refinados, cheios de elementos nocivos, tudo passando pelo crivo dos nutricionistas e médicos. Porém se pesquisarem, comparem o que oferecem o açucar branco e o mascavo, o arroz branco e o integral….. então! a ciência aprova. e aí, é bom para nossa saúde? DETALHE, ainda não faço a AHT, mas farei. Abs…

          4. Jack

            Rosiane, olá.

            Obrigado por seu comentário, o mesmo é muito sereno e bem estruturado.

            Lembro apenas que o vovô da roça não vivia mais, pelo contrário no passado a expectativa de vida era menor que agora. Antigamente as pessoas morriam mais cedo, e por mais paradoxal que pareça: a vida “moderna” trouxe um aumento da longevidade.

            A autohemoterapia não é indicada simplesmente porque não há comprovação científica e não porque grupo A ou B vai deixar de ganhar. Se fosse assim os serviços não ensinariam a “lavar as mãos” para evitar doenças, deixariam todos ficarem doentes para ” ganhar tratando e vendendo remédios”.

            Isto de que a indústria não tem interesse não autohemoterapia é quase uma “teoria da conspiração” . Abraços.

          5. Rosiane

            No fantástico, eles rechaçaram a AHT, porém no globo rural eles indicam para tratamento de animais vejam o que o veterinário indica: http://videos.sapo.pt/Dddmt8Cf5IiF1oy21EPY

            Detalhe, não estou aqui dizendo pra ninguém, FAÇA! Cada um deve pesquisar, entender a polemica e decidir. A intenção é só expor minhas pesquisas para enriquecer o debate.

            Abs,

          6. Jack

            Rosiane,

            Observe que tratamento para animais nem sempre são indicados para humanos. E será que foram feitos estudos (pequisa científica) sérios que provem o benefício da autohemoterapia em animais?

  38. Fabiana Cristina Delcci

    Sou praticante da AUTOHEMOTERAPIA há um mês e melhorei muito da artrose nos dois joelhos. A dor nas pernas devido as varizes passou completamente, cólica menstrual não tive e nem enxaqueca. A depressão melhorou muito e consegui deixar o vício de fumar cannabis. Me sinto muito disposta e estou vivendo melhor. Porém, há quem esteja perdendo e muito, com a AUTOHEMOTERAPIA: A indústria farmacológica, que pode vir a deixar de vender diversos remédios caros, para vender seringas.

    1. Fabiana,

      Você já ouviu falar em efeito placebo?

      A autohemoterapia não é recomendada pela Sociedade Brasileira de Hematologia.

      1. GC

        Não sabe que a aht é amplamente utilizada na medicina veterinária, com excelentes resultados. Se pesquisar no google vê fotos, filmes, artigos científicos, etc. Como explica nesses casos o efeito placebo?

      2. Cristhian

        A AH é amplamente usada em veterinária!

        Como vc explica isso???

        Vc acha que as vacas estão sendo sugestionadas???? (efeito placebo)

        E aí??? Não vai responder???

        A propósito, animais não sofrem efeito placebo, caso vc não saiba…

        Eu uso a AH desde outubro do ano passado e minha asma tem melhorado muito!

        Cristhian

        1. Christian,

          Obrigado pelo comentário. Os comentários enriquecem em muito a discussão sobre o tema.

          Não tenho conhecimento sobre como a autohemoterapia é utilizada em veterinária, nem se a mesma é aprovada pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária.

          Acredito que um tratamento para ser eficaz em humanos deve ser testado e aprovado para uso humano. E não simplesmente acreditar que pode ser benéfico em humanos pois foi benéfico em animais.

          De qualquer forma achei muito engraçado/espirituoso de sua parte perguntar se vaca pode ser sugestionada ou influenciada por placebo.

          Abraço

  39. rocio agudelo

    estoy aplicandome el tratamiento hace tres meses y la migraña que padecia durante toda la vida 53 años desaparecio .Bendigo a Dios por que para El es toda la gloria y la honra, al doctor Moura le agradezco de todo corazonpor la dibulgacion de este tratamiento .

    1. graça

      Estou fazendo auto hemoterapia.Não é qualquer comentario que vai fazer eu desistir.Minha mãe tem 83 anos,e com quize aninhos.,extamente a 68 anos atrás, tinha muitas espinhas e 0 tratamento foi auto hemoterapia.Hoje os 83anos parece que tem60. Isto se chama covardia.Mas graças a Deus o povo nao se deixa mais ser manipulado pelos interesses sóci os economicos.Jack,nunca sociedade brasileira vai ser favorável, os medicos vai perder muitos clientes,industria farmaceutica nem se fala.Distribuo videos Dr.Luiz Moura mesmo,com força.Agora porquePRP? Auto hemoterapia só para ricos? AUTO HEMOTERAPIA PARA TODOS. UNIPAC JUIZ DE FORA APOIA.Vamos lá.Prevençao e cura para todas as doenças.

  40. Maria Rita

    Gostaria de saber se pessoas portadoras de doenças de chagas podem fazer uso de autohemoterapia,
    quem puder me responda por favor
    obrigada.

    1. Maria Rita,

      Não. Pessoas portadoras de Doença de Chagas não podem fazer autohemoterapia. Aliás, segundo a Sociedade Brasileira de Hematologia, ninguém pode fazer autohemoterapia. Trata-se de um procedimento não aprovado pela medicina.

      1. Ana Maria

        Não existe nenhuma contra indicação para a Hemoterapia. Somente os interesses financeiros é que são contra o procedimento. Eu faço com uma enfermeira, se tivesse coragem, faria eu mesma. Deus é maior.

        1. Ana Maria,

          Há uma recomendação expressa da Sociedade Brasileira de Hematologia que a autohemoterapia não seja realizada.

  41. Eliana

    Boa noite, estou procurando um tratamento um tratamento para a circulação, e conheci a auto-hemoterapia através do Dr. Luis Moura(depoimento), mas fico preocupada, porque uma enfermeira disse que posso pegar uma infecção no ar no momento de realizar este tratamento(aplicar o sangue), gostaria de saber se já foi constatada cura de problemas circulatórios através da auto-hemoterapia.
    Obrigada
    Eliana

    1. Eliana,

      A autohemoterapia não funciona para nada. Há inclusive uma recomendação expressa da Sociedade Brasileira de Hematologia (médicos) de que a autohemoterapia não deva ser realizada.

      Não seja iludida por falsas promessas. Procure um médico, apenas ele poderá dizer o que é melhor para o seu problema de saúde. Boa sorte.

      1. Ana

        Jack, você está equivocado ao dizer que a hemoterapia não serve para nada. Se ela servir de efeito placebo, ela já está servindo de alguma coisa. A Sociedade Brasileira de Hematologia não considera a Autohematoterapia como uma prática legal por que não se tem ainda estudos científicos sobre o tratamento. Não existem estudos que comprovem a eficácia e nem que comprovem os malefícios. Portanto qualquer que seja o profissional da área da saúde, nenhum deles devem utilizar instrumentos que não se sabe as consequências, quaisquer que seja elas.

        A melhor alternativa é procurar bons médicos, pois existem muitos açougueiros por aí. E o mais importante é buscar conhecimento sobre suas doenças, juntamente com o profissional…

        Já perguntei um médico sobre uma doença, e o mesmo me relatou que a doença a qual me referi não existia… Fiquei chocada com tanta falta de conhecimento de muitos médicos, que muitas vezes deixam de lado a ética….

        Bye.

      2. Ary F Silva

        Jack, se a auto-hemoterapia não funciona, por que você está preocupado em defender a medicina tradicional cheia de contra-indicações, parece que vc está sendo patrocinado por algum laboratório. vc não tem argumento para afirmar uma coisa que vc não estudou. Simplesmente vc diz “Há uma recomendação expressa da Sociedade Brasileira de Hematologia que a autohemoterapia não seja realizada.”
        Pior cego é aquele que não quer ver.
        Conheço médicos que não utiliza AHT no seu trabalho, mas utiliza em sua casa, como explica isto. Se não funcionasse será que ele usaria em sua família.
        O médico de meu pai disse que,:- a medicina tradicional não tinha mais recursos para desobstruir os 80% e 60% das carótidas e com seis meses de aplicação de Auto-Hemoterapia feito por uma enfermeira credenciada pelo Corem e que trabalha em Hospital Federal, desobstruiu 20% e 10% as carótidas de meu pai. Agora pasme Sr. Jack. O que adianta a medicina ser aprovada se os médicos afirmam aos pacientes que devem morrer em casa porque a medicina não tem recurso….

        1. Ary, oi.

          Para deixar a coisa mais leve:

          “Pior cego é aquele que não pode enxergar”.

          Autohemoterapia não pode ser realizada, é algo não recomendado.

          Se a auto-hemoterapia fosse aprovado seria realizado oficialmente e não às escondidas.

          Boa sorte para seu familiar que se encontra com problemas de saúde.

          1. Ary F Silva

            Jack, meu familiar não tem mais problema de saúde, graças a auto-hemoteapia, coisa que a medicina que vc está defendendo não teve capacidade de, pelo menos aliviar a falta de ar que meu tinha, que agora está respirando muito bem.
            Acho que Jack é uma maquina de repetição com escript gravado “Autohemoterapia não pode ser realizada, é algo não recomendado.”
            Eu faço aplicação a vista de todos, não em porões escuros, as escondidas. Boa sorte para você aproveitar o patrocínio com a saúde que você acredita.

          2. Ary,

            É que no seu comentário você disse que havia uma obstrução residual.

            De qualquer forma boa sorte.

            Abraços

    2. Emanuel Nascimento

      Sra. Eliana, procure um médico que trabalhe com autohemoterapia.

      1. Emanuel,

        Médicos não podem fazer autohemoterapia, pois não é um procedimento aprovado. E médicos podem realizar apenas procedimentos reconhecidos.

        1. graça

          Voce deve ser dono de algum laboratóio,rrsrrsrsrsrsrsrsrsrsrs………

    3. Ana Maria

      Não meu amor! Você não vai pegar doença alguma, desde que você com uma pessoa, um enfermeiro, o alguém que saiba os procedimentos certos de tirar sangue e dar uma injeção.

      1. Ana Maria,

        Tenho todo o respeito pela classe dos Enfermeiros. Realmente pessoas que devemos agradecer todos os dias, por tudo o que são e fazem em benefício da saúde. Entretanto um enfermeiro não pode fazer autohemoterapia sem que haja prescrição de um médico.

        E o médico não prescreverá, pois é um procedimento não recomendado. Desta forma um enfermeiro não pode fazer autohemoterapia.

        Quem ainda estiver em dúvida, o ideal é consultar um médico hematologista e tirar todas as dúvidas.

        Boa sorte.

    4. aline lopes

      Palavras do Dr. Lair Ribeiro, ” EU TENHO UMA FORMULA PARA VOCÊ NÃO SER CRITICADO, EU NÃO RECOMENDO MAS ELA É MUITO SIMPLES, – NÃO FALE NADA, NÃO FAÇA NADA, NÃO SEJA NINGUÉM, NO MOMENTO QUE VOCÊ FALOU ALGO DE DIFERENTE, NO MOMENTO QUE VOCÊ FEZ ALGO DE DIFERENTE, OU NO MOMENTO EM QUE VOCÊ É ALGUÉM, VAI TER SEMPRE ALGUÉM PARA PUXAR O SEU TAPETE”!!!
      Acredite em Deus, mesmo que jamais encontrem base cientifica para ele.

  42. paulo oscar

    Conheci este procedimento hoje 27/08/2012 mas o que percebo é q os cientistas são buscam informações sobre esse assunto porque não gera riqueza, já pensou eles comprovarem os benefícios do tratamento?quantas empresas farmacêuticas iriam falir?
    isso é jogo de poder.

  43. Elias V. Vale

    Jesse
    Depois de dois enfartos faço autohemo há dois anos e sempre que viajo procuro algum enfermeiro para me aplicar e todos me tem testemunhado de pessoas curadas através dessa terapia, usada inclusive em animais com o nome de auto-vacina.
    Minha visinha depois de duas cirurgias de câncer e desenganada já teve alta depois de um ano de autohemo (10ml a cada 5 dias).

    1. Ellas,

      É tudo impressão sua. Autohemoterapia não está comprovado pela ciência, nem é recomendada pelos médicos. Não deve ser realizada, nem em animais.

      1. Antonia

        A AHT não foi comprovada pela ciência que cura, mas em todo esse tempo, inúmeras pessoas praticando e não há indícios de malefícios também, apenas teorias. Eu pratico auto hemoterapia há 3 meses e nada aconteceu até hoje, na verdade só me sinto melhor. Se é para falar mal que busquem provas e mostrem às pessoas, que eu saiba até hoje ninguém morreu por isso.
        Sei que não existem provas cientificas de cura apenas relato. Mas gostaria muito de ouvir pessoas que fizeram auto hemoterapia e se sentiram mal, até hoje ninguém comentou nada.
        Se faz bem e não tem provas. Mal é que não pode fazer afinal, é o que eu disse nem sequer existem relatos.

  44. Gerva

    Interessante que este espaço seria para desestimular a pratica da autohemoterapia e pelo contrario foram muitos os depoimentos a favor.
    Faço o tratamento a 2 anos, intensifico nos periodos mais frios, pois pegava gripe com facilidade, tenho passado o inverno sem pegar nenhum resfriado.
    Parabens para Dr. Luiz Moura, teve a coragem de poucos.
    Cobre de seus representantes municipais uma posição a respeito, aproveite as eleições e faça de seu vereador um aliado podemos começar pelos postos de saude municipais.

    1. Gerva,

      A autohemoterapia não pode ser implementada nos postos de saúde porque nos mesmos são aceitos apenas tratamentos aceitos pela medicina, com real comprovação dos benefícios. A autohemoterapia não é recomendada pelos médicos e autoridades pois não há estudos que comprovem sua eficácia. Levar a autohemoterapia para os postos de saúde seria um crime.

      Alguém dizer na internet que melhorou disso ou daquilo porque fez este ou outro tratamento não tem validade científica e não comprova nada.

      1. Lili

        Fitoterápicos já são distribuídos pelo SUS, malgrado o dr. Dráuzio Varela (da Globo) ter dito que não servem para nada! Ele rotulou de “medicina dos pobres” essa em que são entregues remédios fitoterápicos para os quais ainda não há comprovação de eficácia.
        Não conheço o suficiente sobre auto hemoterapia, mas ainda não encontrei nenhum argumento que me convença que ela não funcione.
        Não há estudos que comprovem sua eficácia e também não vi nenhum que comprove o prejuízo que ela possa causar…
        Somente a indústria farmaceutica e quem sobreviva às custas dela podem dizer que os tratamentos da medicina alopática resolvem. Qual é o tratamento que cura o câncer, a psoríase, a artrite, o HPV? Que tratamento comprovado por resultados científicos cura quem tem essas e outras tantas doenças?

        1. Lili,

          O argumento que deve pesar no seu convencimento de que a autohemoterapia não funciona é a recomendação da Sociedade Brasileira de Hematologia.

          Sobre temas específicos devemos confiar na opinião de especialistas e não apenas no nosso “instinto” ou no que dizem os amigos.

          Seria maravilhoso ter uma “cura” para todas as doenças citadas por você. Entretanto nem todas as doenças tem cura, esta é uma realidade que temos de aceitar.

          Abraços

          1. SOLANGE

            jACK, ESSE ARGUMENTO É POUCO , PARA CONVENCER QUEM REALMENTE CONHEÇE, PRATICA E USA A AUTOHEMOTERAPIA, TENHO LIDO,PESQUISADO A RESPEITO E TENHO ADORADO, MEU ESPOSO, JÁ COMEÇOU A FAZER E ESTA ADORANDO. MUITO BOM MESMO ALIÁS EXCELENTE. ESSA PRATICA NÃO É NOVA NEM COMUM JÁ VEM SENDO PRATICADA NA ALEMANHA,ESTADOS UNIDOS INGLATERRA E OUTROS PAISES. EM 1924, EM PORTO-PORTUGAL JÁ SE TINHA UMA TESE DE DOUTORADO LEIA ABAIXO E SE CONVENÇA VC.

            “A auto-hemoterapia é um método terapêutico valioso, em numerosas dermatoses, sobretudo nas afecções pruriginosas e furunculoses”. Esta é a síntese da conclusão de Tese de Doutorado intitulada “A auto-hemoterapia nas dermatoses”, apresentada pelo Dr. Alberto Carlos David na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Portugal, em 1924. A tese comprova que a técnica é usada desde a primeira metade do século XIX e apresenta casos que comprovam a cura através do seu uso. O documento está disponível no site daquela Universidade portuguesa, através do link http://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/17607 .

          2. Solange,

            Legal você compartilhar conosco esta tese de doutorado. Não sei se você teve a oportunidade de ler a tesa na íntegra ou apenas o resumo.

            A íntegra da referida tese encontra-se em http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/17607/3/210_2_FMP_TD_I_01_P.pdf .
            O trablho em questão foi realizado para a conclusão de curso, de um estudante de medicina. Ele mesmo na introdução do trabalho diz que não teve tempo de fazer um estudo mais elaborado, e que ele não aplicou a técnica em ninguém – limitando-se a relatar sobre dados de 20 pacientes, que consegiu coletar com médicos da sua cidade. Ele escreve na tese:

            “Foi desta forma que conseguimos reunir as
            20 observações clínicas que antecedem as nossas
            considerações e que em esquema apresentamos de
            começo. ”

            Atente entretanto para o fato que estamos falando de uma tese de conclusão de curso do século passado, mais precisamente de 1924. De lá para cá muita coisa mudou, e mesmo naquela época o método não foi bem recebido e não se tornou prática médica vigente.

            Ou seja, os médicos não utilizaram a autohemoterapia nem em 1924 e também não utilizam agora, mesmo quase 100 anos após. Se a autohemoterapia fosse assim tão eficaz, passado quase 100 anos, já não seria uma prática médica aceita?

            Com todo respeito, as informações encontradas na internet são na maioria das vezes informações para leigos. E os leigos em geral tem dificuldade em realmente interpretar a literatura que encontram, afinal são leigos.

            Se restar alguma dúvida, o melhor caminho é consultar um médico. E nunca fazer automedicação, quanto mais autohemoterapia.

            Abraços

  45. Oscar Müller

    Jesse,

    comecei com a AH por outros motivos, mas a psoríase que me fez padecer por 3 décadas também desapareceu. Não foi na primeira aplicação, a melhora foi paulatina, mas hoje não tenho mais nenhuma lesão. Vez por outra uma coceirinha com aquela descamação aparece, me lembrando da vida que passei me entupindo de corticóides, mas agora qualquer pomadinha resolve, e a psoríase passou a ser uma bobagem de somenos.
    Então insista, mas não abandone qualquer tratamento convencional que te dê alívio, até o desaparecimento total das lesões, a AH tem que ser encarada como tratamento complementar.

    Boa sorte,

    Oscar Müller

  46. NICOLAU R.F. CARADOSO

    AS FORTES DORES DE CABEÇA QUE EU TINHA ESTÃO DESAPARECENDO COM A AUTO HEMOTERAPIA FAZ DOIS MESES QUE COMECEI 18/05/2012 HOJE É 30/07/2012

  47. Adriana

    estou com gardhenella vaginose uma bacteria dificil de curar, já fui no ginicologista e ele me deu tratamento pra mim e meu marido, fiz o tratamento a risca e não adiantou, teria que voltar lá pra pegar um medicamento mais forte com certeza.
    em vez disso, comecei ontem a fazer autohemoterapia 10ml de 5 e 5 dias.
    se sentir melhora nos sintomas(q são terriveis) volto aqui pra dar meu depoimento.

  48. Nadir

    Pois é, sei que não foi a intenção, porém você contribuiu para que a divulgação da autohemoterapia ficasse mais intensa, não adianta tentar impedir o povo de fazer algo que só lhe fará bem, estamos usando o nosso próprio sangue e ninguém deve interferir nas nossas decisões, somos livres e que Deus ajude mesmo a cada um e que sejam encorajados a compartilhar a cada nova experiência, pois é a única forma de ajudarmos uns aos outros. Nadir

  49. jucélia

    Vocês que estão esperando comprovação cientifica esperem sentados,isso não vai acontecer e não estou lalando porque a tecnica não de resultado e sim porque afeta os interreses dos poderosos que podem vir a lucrar menos e quanto a globo ela sempre manipula as opiniões para os interreses dela.

  50. adila ferreira

    Antes de condenar qualquer terapia anti-convencional, seria o caso de se perguntar:
    A MEDICINA TRADICIONAL TEM SOLUÇÃO? INCLUSIVE PARA ALÍVIO DOS SINTOMAS?O CUSTO PARA OS PACIENTES É SUPORTÁVEL?
    HÁ RESULTADOS RELATADOS DESSAS TERAPIAS?
    Ora, se houver, nada impede que essas terapias sejam empregadas como coadjuvantes; a medicina tradicional pode ser inviável para a maioria da população, principalmente nos paises subdesenvolvidos e naqueles em desenvolvimento.
    Então, usar ervas, chás, ou autohemoterapia pode suprir as necessidades do paciente, que de outra forma estaria mesmo desasistido…….
    Casos como os acima relatados, de contaminação, podem ser contornados com a simples utilização de seringas descartáveis e desinfetante, ora!
    E com a internet ao alcance de todos, é facil se informar com precisão sobre a eficácia e aplicabilidade de cada terapia, para se chegar às que EFETIVAMENTE poderão atuar sobre cada doença em particular…..
    Nunca se pode esquecer que, assim como o COMPROMISSO dos advogados é com os CLIENTES, também o COMPROMISSO dos médicos é com os seus PACIENTES, nao com hospitais, clínicas e LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS……….
    Sou advogada, pessoa esclarecida, leio MUITO sobre tudo, especialmente sobre medicina
    .E faço. sim, uso de Cloreto de Magnésio, de suco de Babosa, e se preciso for, de Autohemoterapia.
    Tive duas sobrinhas, irmãs, ambas portadoras de Epidermóide Bolhosa, que desenvolveram Carcinoma Espinocelular de lingua.
    .A primeira, recebeu tratamento convencional de cirurgia e redioterapia – morreu cerca de dois anos depois.
    A segunda, fez tratamento não-convencional com BABOSA, e regime restritivo de açúcar e proteínas de origem animal ANTES da cirurgia e da Radioterapia.
    Esta, está viva, sem sequelas aparentes, há mais de 05 anos.
    Praticamente livre da doença.
    E continúa fazendo uso interno da babosa, além de externo, para aliviar as irritações na pele e nos olhos causadas pela doença-de-base.
    Não é um estudo randomizado que vai dizer que a coisa FUNCIONA.
    É o paciente, curado, sob controle, ou confortável em sua doença.
    Quantas pessoas terão usado casca de arvore, antes dela virar a ASPIRINA?
    Ou outra casca, venenosa, que hoje é o TAXOL, caríssimo quimioterápico ?
    Venenos como o curare, agora usados como RELAXANTES MUSCULARES?
    E venenos de cobra, como ANTICOAGULANTES?
    Nao, senhor. a natureza é a principal fornecedora.Ainda.
    De alimentos, e de remédios.
    Saudações
    Adila Ferreira

    1. Anete Drumond Caldeira

      Parabens pela grande sabedoria Adila Ferreira! Pessoas como voce só querem o bem do ser humano. Faço hemoterapia e me sinto muito bem e não há quem me faça desistir ,só digo é ótimo. Sou admiradora do defensor desta causa humana sofrida.Parabéns !

  51. Olivia Albuquerque

    “Quem vive à luz da ciência, e não na época dos tratamento empíricos, com certeza ouvirá a voz do bom senso e não mais será iludido por falsas promessas de cura.”

    Quem vive à luz da ciência, assim como o Sr, deveria procurar através da sua ciência, métodos que comprovem que a AHT não é eficaz.

    Nunca se perguntou porque não encontra alguém que não tenha sido beneficiado com a “fraudulenta” terapia?

    Da mesma forma empírica, nos dias atuais, que a AHT é utilizada, empíricos são os seus argumentos pra condenar tal técnica…

    Me desculpe, Dr, mas se o Sr usasse seu tempo para pesquisar a eficácia do método ao invés de gastá-lo tentando provar o contrário, nós que não vivemos dentro da sua sábia ciência, seríamos beneficiados uma vez que não teríamos que fazer disso um ato criminoso, porque, creia-me, a sua ciência pode comprovar que a AHT é uma técnica poderosa, basta ter apenas um pouco de boa vontade…

  52. JESSE L ARAUJO

    Pesquisei durante anos e depois de muito pensar resolvi fazer na busca tratamento psoriase. Já faço a pouco mais de 1 mês. No inicio percebi uma remissão e recetemente houve novas crises e como ainda não tenho como avaliar se funciona ou não, gostaria receber email de pessoas que estejam fazendo para psoriase, para avaliar os resultados especificos para essa doença. pretendo continuar por um período mais longo.

    1. Jesse,

      Observe que não há indicação médica para a autohemorapia. Pelo contrário, há recomendação expressa dos médicos para que a auto hemoterapia não seja feita.

      Não caia na tentação ou na promessa de cura. Converse este assunto com o seu médico, apenas ele poderá lhe ajudar.

      Boa sorte.

      1. Nicolas

        Amigo,faço AH há 5 meses, sofria de uma doença alérgica sevéra(urticária crônica)hoje estou curado,e aí?
        O que me dá mais raiva é que, o governo, diz que isso não tem reconhecimento da ANVISA, ora,então que a ANVISA faça os testes,eu sirvo de cobáia, pois a AH tem quase cem anos e foi usada primeiramente na França em 1920,vc acha mesmo que a ANVISA e o GOVERNO não sabem sobre os resultados magnícos da AH…? Eles não querem que as pessoas saibam,pois senão,eles perderiam BILHÕES em impostos e a indústria farmacêutica perderia também.Pessoal, aconselho a todos a começarem desde já esse tratamento com AUTO-HEMOTERAPIA,não iram se arrepender…

        1. Nicolas.

          Autohemoterapia não cura urticária. Converse com seu médico sobre isto. A ANVISA não é órgão de pesquisa.

  53. Aldo Ghisolfi

    Boa tarde. Há 4 anos pratico e indico a auto-hemoterapia. Já vi dezenas de miomas sumirem do corpo das pacientes; relevo facial ser corrigido para alegria das pacientes; inflamações serem debeladas; alergias desapareceram; trombo na vascularização do olho ser desmanchado; redução em mais de oitenta por cento de uma espondilite anquilosante em uma paciente com mais de 30 anos de moléstia; asma; manchas do corpo e Deus sabe quantas outras coisas boas aconteceram, tantas que já nem lembro. A natureza desse pensamento contra a auto-hemoterapia, de uma banda, é o mesmo que levou milhares de pessoas às fogueiras da Inquisição; de outra, é fruto do corporativismo alopata que está perdendo mercado (MERCADO!) para as práticas de medicina alternativa. Lastimável que nenhum político tenha assumido a defesa dessa prática centenária que é fator de inclusão social na área da saúde pública.

  54. Everaldo Duda

    Eu mesmo fiz AHemoterapia e as minhas baixas estavam altas e o médico pediu para que eu caminhasse ontem e sem tomar nada, fiz AH através de um colega que me apresentou e meio desligado fiz 10ml por semana durante 04 semanas em dezembro e em fevereiro fiz novos exames e as minhas taxas tinham baixado e foi aí que lembrei da AHemoterapia que teria feito anteriormente e comentei com minha irmã.
    E como estou de mudança para outro estado, continuarei a fazer tranquilamente.

  55. Lalá

    Eu tive um cisto no útero de 2cm. Fiz a AHT por 1 mês. O cisto desapareceu. Tudo comprovado por ultrasom, antes e depois.

  56. ANDREY DE SOUZA (CARTEIRO - ITAPEVA SP)

    A AHT – SALVOU MINHA TIA DA MORTE, ELA ESTAVA DE CAMA, INCHADA, NÃO FALAVA, ESTAVA …. PRESTEM ATENÇÃO… PRESTES A MORRER, FOI ENTÃO QUE APLICARAM UMA DOSE DE 5ML APENAS, E DEPOIS DE ALGUMAS HORAS…. SEU SISTEMA IMUNOLÓGICO COMEÇOU A EXPELIR TODO O CANCER DO SEU INTESTINO EM SUA BOLSA QUE FOI ACLOPADA EM SEU CORPO, POIS SEU TUBO DIGESTIVO TEVE QUE SER DESVIADO PARA ESSA BOLSA, ENTÃO PUDERMOS VER TODO O PROCESSO DE CURA ACONTECENDO EM TEMPO REAL!!!, DEPOIS DE 1 DIA ELA JÁ ESTAVA TOTALMENTE SÃ, JÁ QUERIA ANDAR E TAMBÉM SE ALIMENTAR,….. HOJE DEPOIS DE EXAMES FEITOS, ELA ESTÁ TOTALMENTE CURADA DE SEU CANCER, OS MÉDICOS ESTÃO PASMADOS COM O QUE ACONTECEU COM ELA, POIS TINHAM DITO A SUA FAMÍLIA QUE ELA NÃO TERIA MAIS CHANCE DE VIDA, TINHA QUE AGUARDAR A MORTE NAQUELA MESMA CAMA EM QUE ELA SE RECUPEROU EMPOUCO TEMPO!!!! EMBORA EU NÃO TENHA NENHUMA DOENÇA GRAVE, TAMBÉM COMECEI A PRATICAR A AHT, ME CUREI DE UMA ALERGIA QUE TINHA, SEM DIZER EM OUTROS BENEFÍCIOS QUE ESTOU TENDO COM A AHT!! NÃO PENSEM SE NÃO ESTARAO PERDENDO TEMPO POR PENSAREM— FAÇAM A AHT!!!

  57. Luis Bacedoni

    Desculpe, seus argumentos são fraquíssimos e apenas aguçaram mais minha curiosidade em torno da técnica. Ah, clínica que não segue regra básica de higiene tem que ser fechada… aqui ou em qualquer canto do mundo.

  58. IVE

    AGRADEÇO A DEUS POR TER ME FEITO SABER DA EXISTÊNCIA DESSE TRATAMENTO; POIS TINHA 1 FÍSTULA INTESTINAL QUE SEGUNDO A CIÊNCIA SÓ SAIRIA COM RECURSOS CIRURGICOS; MEIA HORA DEPOIS DA PRIMEIRA APLICAÇÃO; FUI AO WC E EXPELI TOTALMENTE ESSA FÍSTULA SEM CONTAR COM OUTROS BENEFÍCIOS QUE ESTOU RECEBENDO, ÂNIMO (POIS VIVIA DESANIMADA) MELHORA DO SISTEMA CARDIO-VASCULAR E DESINTOXICAÇÃO ,POIS TOMAVA ANTI-DEPRESSIVO E RIVOTRIL P/ DORMIR; HJ NA QUARTA APLICAÇÃO JÁ NÃO TOMO MEDICAÇÃO NENHUMA ; DURMO BEM , MINHA QUALIDADE DE VIDA MELHOROU 50 POR CENTO E CREIO QUE CHEGARÁ AOS 100; POIS CONTINUAREI FAZENDO USO DA AHT COM 10 ML DE 5 EM 5 DIAS E LAMENTO TANTA IGNORÂNCIA POR PARTE DAQUELES QUE A COMBATEM…(EXPERIMENTE USAR; QUE MUDARÁ SUA MANEIRA DE PENSAR…RSS DEUS ABENÇOE GRANDEMENTE ESSE MÉDICO QUE ESTA SENDO 1 INSTRUMENTO NAS SUAS MAÕS . IVE

  59. rose

    TOMEI CONHECIMENTO HOJE SOBRE AUTO HEMOTERAPIA, E ACHO QUE AS PESSOAS DEVERIAM ACREDITAR MAIS, PORQUE MUITOS INTERESSES DEVEM ESTAR EM JOGO CONTRA A POSSIBILIDADE DE SE CURAR COM O PROPRIO SANGUE, VEJAMOS:
    - TENHO UMA SOBRINHA QUE A MAIS DE 15 ANOS FOI CURADA DE UMA ALERGIA CRONICA COM UMA VACINA FEITA COM O PROPRIO SANGUE;
    - MINHA FILHA TINHA CRISES TERRIVEIS DE GARGANTA SENDO ATENDIDA DE EMERGENCIA NOS HOSPITAIS, ATÉ QUE UM DIA UM MÉDICO FEZ UMA VACINA COM A PRÓPRIA GOSMA DA GARGANTA, OU SEJA, DA INFECÇÃO, APLICOU A INJEÇÃO DURANTE 3 MESES E NUNCA MAIS TEVE NADA (ISSO FOI A 4 ANOS ATRÁS), HOJE ELA RESIDE EM BOSTON EM UMA TEMPERATURA DE MENOS 18 GRAUS E NUNCA MAIS APRESENTOU NENHUM SINTOMA;
    - O MEU FILHO A 32 ANOS, DEPOIS DE 4 MESES INTERNADO, FOI DESENGANADO PELOS MÉDICOS, E OS PROPRIOS NOS AUTORIZAM A TENTAR QUALQUER COISA, E ELE FOI SALVO PELA ACUMPUTURA. SOMENTE A POUCO TEMPO ACUMPUTURA ESTA SENDO RECONHECIDA PELOS MEDICOS, PORQUE ATÉ ENTÃO TODOS ACREDITAVAM QUE ERA UMA LENDA.
    AGORA PERGUNTO: SERÁ QUE A AUTO HEMOTERAPIA DARÁ LUCRO FINANCEIRO PARA ALGUÉM, SE REALMENTE ELA FUNCIONAR?
    AFINAL DE CONTAS OS VIRUS E BACTERIAS PRECISAM SER DESENVOLVIDOS E ESTUDADOS, E COM ISTO CRIADOS OS ANTIDOTOS. PRECISO DIZER MAIS ALGUMA COISA?
    ACHO QUE É UM ASSUNTO A SER DISCUTIDO E PESQUISADO, PORQUE ESTOU COM O MEU FILHO COM HEPATITE “C”, BACTERIA “H PILORY”, SINDROME DO PANICO, FOBIA SOCIAL E FOBIA ALIMENTAR A SEIS MESES, E HOJE ELE ESTA COM 26 QUILOS ABAIXO DO SEU PESO NORMAL, E NÃO SEI MAIS O QUE FAÇO.

  60. jose eduardo de andrade

    sofro desde outubro de 2006 de sindrome vestibular periferica irritativa(uma tipo de labirintite cronica),venho desde então sendo acompnhado por varios otorrinos e com muita medicação principlmente para tontura que me acompnhava 24h por dia mesmo após ser medicado com farmacos receitados pelo otorrino. hoje graças a Deus que ao ficar sabendo sobre os benefícios da auto-hemoterapia ja se completaram 5 aplicações a cada 5 dias com 10cc de sangue retirado da veia e aplicado no mesmo instante no músculo assim como o médico carioca ensina em seu dvd; ja na segunda aplicação percebi que a tontura ja não era tão intensa e hoje 25-02-2010 estou me sentindo muito bem e sem as teríveis tonturas; muita gente ja me disse que é fator pisicológico mas isso não importa o importante que não sinto mais tonturas e sem medicação alguma só com a auto hemoterapia e acima de tudo `a Deus por Jesus Cristo que é dado toda a Gloria.

  61. Rafael

    FALSAS PROMESSAS DE CURA?

    LISTAS DE ESTUDOS CIENTÍFICOS NA AHT: Imunoterapia – Dr Ricardo Veronesi; Autohemotransfusão – Dr Jessé Teixeira, Auto-hemoterapia – Dr. Luiz Moura; Prof. Dr José de Felipe Júnior; Dra Berenice Wilke e centenas de trabalhos estrangeiros, como pode ser verificado na extensa revisão feita por S. H. SHAKMAN, em seu trabalho “AUTOHEMOTHERAPY REFERENCE MANUAL & HISTORICAL REVIEW”, acessando o site http://www.instituteofScience.com.

    QUERIA SABER SOBRE QUEM RAIOS IMAGINOU QUE NÃO EXISTEM ESTUDOS SOBRE A AUTO-HEMOTERAPIA?!

    POIS AÍ ESTÁ UMA BELA LISTA.

    ACORDEM.

  62. Rafael

    Jack,
    Tudo o que a sua reportagem me faz pensar é: deve-se cuidar com clínicas, que são baseadas na política do capitalismo – máxima obtenção de lucro com o mínimo custo possível (o que muitas vezes se traduz em “danem-se os riscos”). A contaminação só pode ter ocorido por terem tentado reutilizar seringas ou devido à péssima higienização de um ambiente hospitalar (excluindo a possibilidade de má fé).

  63. Juno

    O que a Globo fala, não se escreve. Ela está sempre ao lado de quem pode mais.

  64. IEDA JIMENEZ

    Contaminação por FALTA DE ASSEPSIA correta, pode se dar até fazendo uma tatuagem. Isso não é argumento, estamos questionando o MÉRITO, OS BENEFICIOS do procedimento correto, não a imperícia na forma de fazê-lo!
    Extremamente TENDENCIOSO seu texto. Do jeito que você fala, parece que há curandeirismo no processo, isso é um ataque a inteligência de diversas pessoas que se utilizam da terapia, após terem buscado informação.
    A “ciência” não se manifesta pois há interesses comerciais e financeiros por trás disso tudo. Se eu posso vender um antibiotico de r$ 100,00, pq irei pesquisar um tratamento que custa R$ 1,00?????

  65. Carlos Alberto

    O relato abaixo do Sr.Joel Martine informa que após oito sessões de
    hemoterapia ele voltaria a este site para informa os resultados.
    Hoje dia 05 de janeiro isso não aconteceu, seria importante o seu depoimento positivo ou negativo.
    ——————————————————-

    Joel Martini de Campos
    October 28, 2008 at 10:16 pmAmigos, sou portador de hepatite C à mais de 20 anos. Não usarei os alopáticos interferon peguilado
    e ribavirina pois sòmente alcançam cura 50% dos
    pacientes, além de provocarem efeitos colaterais
    insuportáveis. Também tem a parte financeira.Será
    que para os casos não curados os LABORATÓRIOS
    fabricantes devolveram os valores gastos com correção monetária e valores referentes a danos
    pessoais. Comecei a auto hemoterapia, estou na
    segunda aplicação. Espero sòmente baixar a carga
    viral que está em 200.000 e retirar a esteatose hepática simples provocada pela doença. Proximamente após oito sessões irei fazer os exames
    para verificar a carga viral e ultrassonografia para
    visualizar o estado da esteatose. Informarei através
    dêste site como estou. Acredito na eficácia da
    auto hemoterapia . AGUARDEM, JOEL

    1. Joao Neto

      Carlos Alberto,

      Veja o resultado do Joel em:

      http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia-suplicy.htm

      Abraço

  66. Carlos Alberto

    O relato abaixo do Sr.Joel Martine informa que após oito sessões de
    hemoterapia ele voltaria a este site para informa os resultados.
    Hoje dia 05 de janeiro isso não aconteceu, seria importante o seu depoimento positivo ou negativo.
    ——————————————————-

    Joel Martini de Campos
    October 28, 2008 at 10:16 pmAmigos, sou portador de hepatite C à mais de 20 anos. Não usarei os alopáticos interferon peguilado
    e ribavirina pois sòmente alcançam cura 50% dos
    pacientes, além de provocarem efeitos colaterais
    insuportáveis. Também tem a parte financeira.Será
    que para os casos não curados os LABORATÓRIOS
    fabricantes devolveram os valores gastos com correção monetária e valores referentes a danos
    pessoais. Comecei a auto hemoterapia, estou na
    segunda aplicação. Espero sòmente baixar a carga
    viral que está em 200.000 e retirar a esteatose hepática simples provocada pela doença. Proximamente após oito sessões irei fazer os exames
    para verificar a carga viral e ultrassonografia para
    visualizar o estado da esteatose. Informarei através
    dêste site como estou. Acredito na eficácia da
    auto hemoterapia . AGUARDEM, JOEL

  67. Ayrton

    Olá a todos, e saibam que a auto hemoterapia é tratamento usado com autorização dos orgãos competentes na veterinária, com resultados ótimos.Não autorizam e nem sequer deixam fazer estudos pois os laboratórios interferem nosso direito p/ lucrar sempre.O nosso organismo tem um quartel general (macrófagos) e uma farmacia que tudo fabrica p/ nos restabelecer e equilibar. A AHT só faz disparar, alarmar o quartel general e aumentar o n° de anti-corpos percorrendo nosso corpo e atacando tudo que não seja reconhecido como bom ao corpo e “nossa farmacia” fabrica tudo que o organismo precisa.A contagem dos macrófagos antes da auto-hemoterapia, a cifra foi de 5%. Após a auto-hemoterapia a cifra subiu a partir da 1ª hora chegando após 8 horas a 22%. Manteve-se em 22% durante 5 dias e finalmente declinou para 5% no 7º dia após a aplicação.
    Quanto a reportagem da Globo, será que foi matéria bem paga?
    Gente: faz 1 AHT (não doi e não tem contra indicação)e depois mete a boca no trombone ou morde a lingua !

  68. Vanessa F L Rodrigues

    e quem acaba pagando o pato para a pesquisa e legalização dessas farmacos tb são muitas vezes os coitados dos animais q são usados como cobaias e maltratados multilados envenenados e mortos nos laboratórios por esses cientistas …uma coisa absurda e desumana pq em primeiro lugar animais como coelhos ratos caes e gatos entre outros q são usados não tem o organismo igual ao dos seres humanos se tivessem os mesmos remédios q tomamos seriam dados a eles para tratar suas infermidades …entaum como é q testaum medicamentos neles q são mais fracos q a gente pra saber a eficacia e a segurança de um medicamnto pra nós sendo q eles são animais mais fracos que nós seres humanos?? isso chega a ser ridiculo…e uma total falta de respeito com os animais e até mesmo com nós pq um deslize deles pode virar futuras doenças pra gente sem contar q um remédio q é eficaz pro tratamento de um animal naum é seguro pro tratamento de um humano por termos genes diferentes …
    isso é uma crueldade…
    ja existem outras formas de se fazerem essa pesquisas e eles continuam fazendo isso com os animais…isso é uma coisa horrivel

  69. fatima

    É claro amigos que faz bem, se assim não fosse tantas pessoas que fazem uso deste tratamento, já estariam todos com artrite reumatóide, Eu tinha uma mancha escura na perna e coçava muito e a pele ficava como escama quando eu coçava, depois que fiz este tratamento ficou limpa e sem coceira, sentia dores nas pernas e tinha varizes e as dores passaram me sinto ótima!

  70. Francisco Oliveira

    Sou terapeuta Acupunturista, 51 anos, desde os dezoito anos de idade tinha úlcera nervosa no duodeno, já fiz durante todo este tempo 3 endoscopia e em uma delas por causa de hemorragia, portanto já tomei todos os medicamentos possíveis e imaginários, é só falar que durante estes 33 anos eu sempre tomei não só medicamentos para úlceras, com também ansiolíticos já que se tratava de úlcera nervosa. estou no quinto tratamento de auto-hemoterapia, fim do mes passado fui ao médico de família para pegar receita para outra coisa quando ele me perguntou se ainda tinha omeprazol ou precisava prescrever… foi ai que me dei conta de que fazia quase 1 mes que eu não tomava mais este medicamento. Durante estes 5 tratamentos também tenho feito a aplicação em uma senhora que se trata comigo de Fibromialgia e para minha admiração esta senhora esta a melhorar dia após dia, tem muito mais disposição e já não sente aquelas dores frequentes. Portanto eu acho que estamos no caminho certo da cura de várias infermidades, portanto parabenizo o Dr. Luiz Moura por fazer chegar as pessoas, principalmente aquelas em que os medicamentos químicos não deram resultados satisfatórios. Quanto ao sr. repórter que postou esta matéria, alguém tem que fazer isto, os laboratórios a (indústria quimica) tem motivos para estar preocupados com os resultados de um Medicamento a custo zero, eles que tratem de pesquizar mais os medicamentos que colocam ao dispor da população…

  71. Ademir c da silva

    Recentemente sofri de um começo de pneumonia,e o médico ja estava metratando e receitando remédios a cinco dias;quando ele não viu resultados pensou que eu estava indo ao hospital só atrás de atestado;me tratou mal.
    então parti pra hemoterapia e a pneumonia foi embora e sinosite tambem junto com a rinite.As dores passaram ;mas o uqe acontece é que a medicina só quer fama através de algumas drogas que fazem efeitos am alguns e outros não.
    Já tomei tanta ijeção na veia e no músculo e não morri,meu sangue vai me matar?
    estou bem e vou continuar e deixem as criticas de lado,talvez um dia esees que criticam possam preciasr tambem e se precisar não deve ter medo.
    Sua saúde valemais do que as drogas que ijetam na gente sem resultados.

    1. Ronaldo

      Caro Ademir, sou de Barretos, interior de São Paulo, e por estes dias que ouvi falar deste método, será que o Diabetes vai responder bem a este tratamento, estou me recorrendo a vc pois não conheço ninguem que quer comentar sobre isso, e pelo que tenho lido, o nosso sangue é uma fonte de vitaminas.

  72. Braga

    Como o Domingos Moreno Neto tbm faço AUTOHEMOTERAPIA E TENHO HEPATITE C E TODOS OS MEUS EXAMES TEM RESULTADOS SURPREENDENTES…… NÃO VOU FAZER O TRATAMENTO COM O TAL INTERFERON….FAÇO AHT DESDE JUNHO DO ANO PASSADO E NÃO ME ARREPENDO NENHUM POUCO…

  73. romeu

    Eu somene peço ao reporter que informe os males que a AHT causa, pois falar que o ministerio da saude nao aprova é insulficiente…Se tratando de algo com baixo custo, é mais que obvil que o ministerio da saude nao aprovaria, uma vez que todos nos sabemos que, infelizmente, existe outros “valores” por tras isso.

    Me desculpem, mas eu faço a AHT e não estou tendo mais nenhuma crise de sinusite e renite há aprox. 1 mes e meio. Faço 5 ml em cada braço de 7 em 7 dias. Todos façam, pois mal nao faz. Somente não esqueçam que a agulha nao deve ser compartilhada e a assepcia do locala ser aplicado deve ser bem feita para evitar a contaminação. Ao aplica no musculo puxe um pouco a seringa para ver se nao pegou nenhuma veia…Eu faço sozinho e nao tenho probema nenhum…

    Bom é isso….boa sorte a todos

  74. domingos moreno neto

    tenho Hepatite C descobri a 6 anos fiz o tratamento com interferom e ribavirina não deu resultado como todos que conheço tmb não deu estou fazendo autohemoterapia a 2 anos a minha garga viral que era de 900.000 agora baixou para 6.000 o TGO e o TGP tmb baixaram e esta se mantendo assim a mais de meio ano. Sou um defensor desta técnica quem tem o mesmo problema que eu pode fazer que da certo.

    1. conteaqui.com.br

      Domingos,

      Você não tem como saber se foi a autohemoterapia que determinou esta mudança na sua doença.
      Não se iluda com técnicas não comprovadas.
      Discuta este assunto com seu médico, apenas ele poderá lhe orientar.

      1. Pumapreto

        Autohemoterapia funciona e e’ muito facil determinar a sua eficacia. exemplo. os medicos da cidade nao conseguiam curar os males que a minha siogra de 86 anos sofria entao ela comecou a fazer AHT e em menos de um anos praticamente tudo foi curado. agora so faz aht em regime de manutencao com pausas. faca voce tambem mesmo que em sigilo, mas nao tente desfazer uma das poucas coisas que os brasileiros tem a seu favor hoje em dia. nos EUA e Europa pratica-se a AHT com ou sem ozonio. mas prefiro a sem.

      2. marcelo

        Este Jack é um idiota que defende a classe médica. Não há comprovação científica, mas há comprovação CLÍNICA. Isto é o que importa.

  75. rose

    Faço autohemoterapia há 02 anos, tinha enxaqueca muito forte, hj não sinto mais nada, não tive nenhum sitoma. a minha vida tornou-se muito melhor após as aplicações.

  76. meiry

    ola!quero saber se tbm cura nevralgia dos trigemios,porque morro de dores,porfavor quero respostas.

    1. conteaqui.com.br

      Meiry,

      Autohemoterapia não é recomendada pelos médicos. Não há comprovação de que funcione. A recomendação da Sociedade Brasileira de Hematologia é que a auto hemoterapia não seja praticada.

      Procure um médico para que o mesmo possa lhe prescrever o melhor tratamento possível para os seu problemas de saúde.

      1. meiry

        oi!Eu,Jack já venho tentando de tudo,mais aqui em Alagoas ñ tem pra onde correr,por isso tenho que tentar de tudo pois sofro muito e ñ tenho recurso pra ir pra outro lugar,eu preciso conhecer pessoas desse mesmo “mal” que tenho e só aqui alguem mim respondeu,muito obrigado pela atenção.

      2. Ricardo

        Olá colegas!

        Desculpe-me a intromissão.

        Somente para esclarecer ao colega, a comprovação CIENTÍFICA de que a AHT funcione, realmente ainda não existe.

        Mas, a comprovação CLÍNICA existe sim, com louvores de alegria por quem a pratica.

        Eu, minha família e minha sogra (portadora de Alzheimer) praticamos e estamos muito felizes.
        Sds.

      3. Pumapreto

        funciona sim. prova disso sao os milhoes que tomam aplicacoes e se curam. nunca houve um casa de complicacao, ao contrario do que acontece na pratica da medicina tradicional.

  77. Daniel

    Como es que quienes rechazan la tecnica no presentan las pruebas de sus investigaciones y esperan que se les crea. A eso se llama soberbia. De otro lado ya hay miles (talvez millones) de enfermos curados gracias al Dr. Moura. A eso se le llama humanismo y humildad.

  78. JORGE WASHINGTON DE OLIVEIRA LIMA

    DEPOIS DE UM ANO, RESOLVI COMEÇAR A AUTOHEMOTERAPIA. MINHA PRIMEIRA APLICAÇÃO SE DEU NO ÚLTIMO SÁBADO (23/05/2009). TENHO SINUSITE, RINITE E DOIS CISTOS NO RIM ESQUERDO E UM NO DIREITO.
    GOSTARIA DE SABER SE A AUTOHEMOTERAPIA IRÁ RESOLVER.

    1. conteaqui.com.br

      Jorge,

      Infelizmente não. A autohemoterapia não resolverá os seus problemas de saúde. Ao menos é o que afirmam as autoridades médicas.

      Não há comprovação de que a autohemoterapia seja benéfica. Aliás, pelo contrário, há uma recomendação da Sociedade Brasileira de Hematologia afirmando categoricamente que a auto hemoterapia não deve ser praticada.

      Procure ajuda médica para seus problemas de saúde.

    2. Pumapreto

      faca AHT que resolvera seu problema.

  79. Carlos

    Tambem acho um absurdo este titulo, pois faço a um ano , já me curei da asma e renite alérgica, não pego gripe etc,meu filho tem um cisto no rim de 4,7 cm, já fez 5 aplicações , fizemos o exame novamente(tomografia de contraste) e o cisto diminui de 4,7cm para 4,2 cm, estamos com muita esperança neste tratamento, estamos aguardando a consulta no médico para obter o diagnóstico, e claro que estamos no Brasil e uma consulta médica demora a não ser que tenhamos condições de pagar consulta particular,ele está se sentindo muito bem, graças a Deus.

  80. juliane

    GENTE FASSO A AUTO HEMOTERAPIA Á UNS 2 ANOS JÁ, E VOU DIZER, MUDOU A MINHA VIDA, ANTES NÃO PODIA NEM PENSAR EM PEGAR UM VENTINHO, QUE JA ESTAVA GRIPADA DE CAMA, TINHA MICROCISTOS, HOJE NÃO TENHO MAIS NADA DISSO, VIVO PLENA E FELIZ!!!!!A AUTO HEMOTERAPIA MUDOU A MINHA VIDA!!!!!!
    ISSO É PRA PROVAR PROS QUE FALAM MUITA BESTEIRA, QUE A AUTO HEMOTERAPIA FUNCIONA E MUITO EU AMOOOOOOOOOOOOOOO

  81. Ricardo

    Boa noite!

    É com muita alegria que finalmente registro aqui meu depoimento sobre a AHT e aproveito para fazer uma pergunta aos colegas leitores.

    Há praticamente 20 anos sofro (sofria) de Rinite Vasomotora seguida de Sinusite, hoje em dia chamada de Rinosinusite.

    Há quase um ano atrás depois de mais uma crise absurda de rinosinusite que me colocou de joelhos, literalmente, e me fez rezar o Pai Nosso seguidamente numa tentativa desesperada de acabar com aqueles sofrimento invisível que parecia vir de outra dimensão, assim que tive alguns minutos de descanso daquela dor na face, fui a Internet determinado a encontrar uma solução para o problema.

    Pois bem, em resumo, após quase um ano lendo a respeito da AHT, participando de Blogs e procurando alguém de confiança que pudesse fazer as aplicações, finalmente confirmo a conclusão de meu primeiro mês de tratamento e consequente felicidade pela sensação de paz que sinto atualmente, maior do que eu esperava.

    Alguns benefícios que pude comprovar em um mês:

    - Rinite e Rinosinusite: Desapareceram!
    - Tendinites: 90% de melhora
    - Disposição: Passei a acordar antes das cinco da manhã com vontade de levantar da cama. Hoje acordei as 4:47 da manhã, sendo agora 22:35 e está tudo bem. Estou sentindo, no momento, uma pequena sensação de olhos pesados, porém, sem nenhuma indisposição física maior. Na prática, percebi que minha necessidade de sono diminuiu, em média, uma hora.
    - Meu colchão velho que fazia com que eu acordava com dores na cervical e músculos das costas, já não me incomoda mais.
    - Cabelos: Não posso garantir ainda pelo pouco tempo, porém, há indícios de pausa na queda de cabelo, além do que, eles estão mais volumosos e macios.
    - Pele: Parece mais limpa, firme e lisa. Algumas erupções nos cotovelos que eu possuía há anos, desapareceram.
    - Nevralgia dos trigêmeos: Houve uma melhora sensível das dores na cabeça e face, com um ou dois momentos curtos depois do início do tratamento.
    - Resistência: Sinto que minha resistência a fenômenos externos, como vento, frio, calor e mudanças bruscas de temperatura, já não se abala mais.

    Bem, acho que está bom por enquanto, e se continuar neste ritmo, daqui há um ano terei material suficiente para escrever um livro…rsrsrs

    Aproveito para perguntar aos nobres amigos, a pedido de minha esposa, se alguém já experenciou tonturas leves após ter iniciado o tratamento.

    Um grande abraço a todos, e em especial ao Dr. Luis Moura. Oremos para que pessoas que nos mostrem cada vez mais que a solução está dentro de nós e não fora, estejam sempre por perto.

    Ricardo Spiller

    1. Rafael

      Ricardo,
      sobre o que a sua mulher perguntou, eu tive tonturas na hora da minhas 1a aplicação (tendo aplicado em mim mesmo). Um pouquinho alarmado, sentei numa poltrona e me acalmei. 10 mins depois, me sentia realmente ótimo. Acordei na manhã seguinte (de hoje) me sentindo melhor que normalmente me sinto. Para constar, normalmente tenho pressão baixa.

      Espero ter ajudado.

    2. Luciano

      Realmente Ricardo, após a aplicação da AHT (fiz apenas duas até agora) senti-me um pouco tonto. Pensei que fosse só comigo. Porém, isso é irrelevante, o importante é que está me fazendo super bem, pois tenho hepatite C e já na primeira aplicação da AHT parou as ânsias de vômito e acabou com as inflamações nas juntas, entre outras coisas. Agora só falta fazer o exame para ver se a carga viral baixou. Levo muita fé nessa prática terapeutica. Um abraço. Luciano Alves

  82. Leticia

    Olá, estou pesquisando á respeito já algum tempo,pois tenho fortes motivos, para ter certeza de ajuda, com isso hoje faz 7 dias da minha primeira aplicação da AH, e estou me sentindo muito bem, o duro é que tive de ensinar meu cunhado há fazer a aplicação pois não tenho ninguem por perto para realizar. Acredito muito no povo brasileiro, a palavra do povo é de Deus, e se todos que realizaram devem dar o seu depoimento para conseguirmos mobilizar as autoridades á realizar o estudo cientifico , pois assim acaba essa briga ridicula, eles só sabem dizer QUE NÃO TEM PROVAS, ENTÃO SUGIRO QUE PROVEM E ACABA LOGO COM ISSO.PROCUREM PESQUISEM MOSTREM AO POVO QUE A AH NÃO FUNCIONA QUANDO ISSO ACONTECER EU PARO E GARANTO QUE TODOS TB.

  83. Gabriela

    É INCONCEBÍVEL ABRIR UMA PÁGINA NA INTERNET E LER A FRASE “Autohemoterapia é fraude”. UMA COISA QUE REERGUE CENTENAS DE PESSOAS DIARIAMENTE, Á BEIRA DA MORTE, COM UMA SIMPLES SERINGA. VÃO INVESTIR EM PESQUISAS DIREITAS E SÉRIAS PARA CALAREM A BOCA DOS QUE FALAM MAL!

  84. Joel Martini de Campos

    Favor entrar no link abaixo para ler carta enviada para
    senador Suplicy com relato sobre auto-hemoterapia:-

    http://RNSITES.COM.BR/AUTO-HEMOTERAPIA.HTM

    Pedido para que continue a defender os mais carentes oficiando
    os orgãos da saúde para pesquisar e autorizar a Terapia.
    Abs, Joel

  85. Ivan Neder

    Trabalho na área da saúde há 13a e sempre havia escutado falar muito mal da autohemo, porém uma paciente me emprestou o DVD, onde então pude avaliar melhor tal uso do procedimento.
    Por que isso não é divulgado se é tão benéfico? Não consigo achar pesquisas mais profundas sobre o assunto e dizer que contaminar-se com vírus da hepatite, ainda mais se tratando de um país de terceiro mundo, ridículo, como se nossa medicina fosse inferior.
    Caso aja pesquisas e publicaçãoes mais profundas gostaria de receber, obrigado.

  86. edna

    acho que tudo na vida hoje é movido a dinheiro,e como a auto hemoterapia é muito simples e barata nao gera grana prá grandes laboratórios e grandes emprezas ,e medicos dai a resposta da grande persseguição e da proibição,se realmente faz mal a saude por que nao prova com convicção,provas concretas de que faz mal,só dizer faz mal nao diz nada´pq enquanto muitos dizem faz mal uma multidão diz comigo deu certo foi bom,eu por exemplo achei maravilhoso,se vc ler e ainda nao tentou tudo prá sua saude tente esse metodo eu tentei e deu certo.

    1. Luis

      Concordo com vc, eles dizem que faz mal mas até hoje não vi nenhum estudo comprovado ou sequer um depoimento serio que diga que o tratamento faz algum mal a saude, ao contrario so se acha depoimentos positivos com relação ao tratamento. O maximo de negativo que pode acontecer é a pessoa não ter resultado com o tratamento para um determinado problema, mas isso não quer dizer que seja uma fraude. Afinal quem já não fez uso de algum medicamento caro receitado por algum medico credenciado e que não surtiu o efeito que deveria. O que os laboratorios querem e que nos tornemos dependentes quimicos de drogas legalizadas fabricadas e patenteadas por eles. e essa sim cheias de efeitos colaterais, basta ler atentamente os bulas.

  87. luce

    faco autohemoterapia há 2 anos. Nao sinto mais dor de cabeca, nem de coluna, nem dos joelhos. Tenho sinusite e quando vinha a crise ja passava para laringite. Agora as crises sao mais amenas. Creio que terei outras melhoras… ah, minha pele esta mais firme, meu humor melhorou tbém

  88. Claiton Lima

    Tomo por meus, todas as manifestações em favor do ilustríssimo mentor da tese da “auto-hemoraterapia”, ou melhor, que a divulgou. Não importa esse detalhe. Importa que ele se preocupou com milhões de pessoas extremamente necessitadas e divulgou um meio prático a barato de cura ou melhora de inúmeros males.
    A “CIÊNCIA” e a “MÍDIA” se opuseram evidentemente na defesa de interesses meramente FINANCEIROS. Isso é irrefutável. Por isso dou meu total apoio a tão nobre cidadão do “mundo todo” que ama seus semelhantes e procura difundir entre eles o bem. Que Deus o abençoE grandemente por essa linda lição de ideal e amor ao próximo.

  89. Mar

    Sérgio, como o quadro de hidradenite é encontrado em associação com a acne vulgar ou conglobata, encontrei neste site de dermatologia, inclusive com fotos de antes e depois do tratamento com a AHT. A única diferença é que na Europa eles utilizam o sangue misturado ao ozônio. Alguns dizem que é somente por uma questão de patente, já que não poderiam patentear o nosso sangue.
    Clique no link e veja as fotos:
    http://www.medozons.com/medicine/derma.html
    se quiser traduzir a página, na página de pesquisa do google tem a opção de TRADUZIR A PÁGINA.
    Boa sorte!!!

  90. sergio

    alguém sabe de algum caso de hidradenite supurativa tratado com ah

  91. Joel Martini de Campos

    Val, boa tarde !!!
    Vou também lhe responder nêste site.Somente o
    médico que lhe atendeu poderá talvez dizer corre-
    tamente o que pode ter acontecido.Estou informan-
    do que minha irmã não pode tomar injeção nem nos
    braços e também nos glúteos pois imediatamente -
    sua pressão abaixa, fica branca, chegando até a -
    desmaiar. Trata-se provavelmente de ficar sugestio-
    nada. Nenhum remédio ela toma em forma de inje-
    ção, pois não há explicação para êsses sintomas,OK
    Abraços, JOEL

  92. Val

    Tenho 33 anos e vinha fazendo auto-hemoterapia há 3 meses por causa de síndrome do pânico e insônia. Observei que não senti mais nada. Dormia a noite toda e o pânico foi embora. Tomava 5 ml no músculo do braço. Na última vez que usei, aplicaram no glúteo. Instantaneamente senti tontura, minhas vistas escureceram e comecei a me tremer compulsivamente. Já estava com as extremidades roxas e com falta de ar, quando fui levada à emergência. Fui medicada com glicose, hidrocortisona e oxigênio. Agora estou com medo de fazer novamente. Não gostaria de abandonar o tratamento, pois me curei da insônia e síndrome do pânico. Algúem poderia me dizer o que pode ter acontecido?

    1. Carlos

      Oi a pessoa que aplicou a injeção pode ter, aplicado fora do musculo, aconteceu comigo..tb em uma aplicação, não sou enfermeiro, mas isso pode acontecer, qd aplicado nas nadegas, não sei explicar muito bem, mas o sintoma que senti foi o mesmo, não precisei ir a hospital, depois , procurei outra pessoa para aplicar e está tudo bem…

  93. Joel Martini de Campos

    AMIGOS, boa tarde, favor visitar o site do Marcelo
    com fotos de sua melhora:-
    http://www.geocities.com/autohemoterapiabr/marcelo.htm

    1. Juno

      A indústria de remédios, e uma boa parte dos médicos, fazem de certas doenças, uma mina de dinheiro, que só deixa de render o vil metal, assim que o doente morre. Imaginem só, se a máfia de branco; iria aprovar esse tratamento.

  94. Joel Martini de Campos

    Maria, boa noite!!!
    Você deve entrar no site INFORUM que está a pesquisa com as doenças que foram citadas -
    por pessoas que usaram a auto-hemoterapia e
    que tiveram cura ou melhoraram muito sua -
    saúde.Abraços, JOEL

  95. mauro

    ok

  96. maria

    estou impressionada com tudo q li sobre a auto-hemoterapia.gostaria de saber se ela tambem cura depressão e doença dos nervos.

  97. Joel Martini de Campos

    Amigos, sou portador de hepatite C à mais de 20 anos. Não usarei os alopáticos interferon peguilado
    e ribavirina pois sòmente alcançam cura 50% dos
    pacientes, além de provocarem efeitos colaterais
    insuportáveis. Também tem a parte financeira.Será
    que para os casos não curados os LABORATÓRIOS
    fabricantes devolveram os valores gastos com correção monetária e valores referentes a danos
    pessoais. Comecei a auto hemoterapia, estou na
    segunda aplicação. Espero sòmente baixar a carga
    viral que está em 200.000 e retirar a esteatose hepática simples provocada pela doença. Proximamente após oito sessões irei fazer os exames
    para verificar a carga viral e ultrassonografia para
    visualizar o estado da esteatose. Informarei através
    dêste site como estou. Acredito na eficácia da
    auto hemoterapia . AGUARDEM, JOEL

  98. Joel Martini de Campos

    Amigos, sou portador de hepatite C à mais de 20 anos.rECEBI INFORMAÇÃO SOBRE A AUTO HEMOTERAPIA ATRAVÉS

  99. Márcia

    Não entendi a moral da história. A notícia é: AUTOHEMATERAPIA É FRAUDE! Daí, a explicação é de que se pode contrair alguma doença, por contaminação da seringa! Cadê a fraude na técnica de autohemoterapia???
    Só estou buscando informações na internet, pois meu irmão está pensando em utilizar esta técnica.

  100. Márcia:

    Para entender melhor talvez seja interessante ler também o post Autohemoterapia provoca polêmica. De forma resumida: é fraude porque não tem comprovação científica e há recomendação dos órgãos competentes para que não seja feita.

    1. jose eduardo de andrade

      autohemoterapia nao e´fraude estou tratando e logo após a segunda aplicação ja tive melhora pois estava com labirintite cronica faziam 8 meses,e dentre os sintomas sentia tontura ,quase que o dia todo ,sentia enjoo e muito mal esta mesmo seguindo o tratamento medicamentoso do otorrino.resumindo hoje ja se completaram 6 aplicaçõese a tontura e mal estar ja não fazem parte da minha vida.dou graças a Deus que conheci essa tecnica a tempo.

  101. Puma

    NOS TEMPOS ATUAIS, A AUTOHEMOTERAPIA SE POPULARIZOU DEPOIS DA ARROGANTE MATERIA DO FANTASTICO QUE TENTOU DESMORALIZAR O DOUTOR LUIZ MOURA E ESSE TRATAMENTO. MUITO OBRIGADO, REDE GLOBO!!!

  102. Fábio A Oliveira

    Faço uso da auto-hemoterapia, e sou a favor que se faça pesquisas mais apronfudadas sobre o tema, visto o seu resultado inquestionável em inúmeras pessoas, exatamente como no meu caso.

    Sempre tive problemas de acne e rinite alérgica.
    Seriamente, utilizei até o produto “roacutan” e não tive resultados. Quanto a alergia, pasmem … o médico me passou corticóides (cumulativos), ou seja, o paciente que se dane!

    Faço uso da AHT da seguinte forma:
    Aplico 10ml de 5 em 5 dias para não baixar a imunidade, pelo período de 4 meses, depois páro por 2 meses e reinicio o tratamento.

    Estou muito feliz e torço para que uma autoridade que esteja DOENTE possa fazer uso do sistema e iniciar o debate seriamente.

    Dr Luis Moura, meus parabéns pela atitude!

    Quanto ao repórter, parece ser um ignorante (na essência da palavra) pois desconhece pela prática sobre o que fala, portanto, não tem nem base, nem fundamento, nem argumento.
    Por favor, tenha a santa paciência.
    As fábricas de remédios que estão ODIANDO isso tudo, afinal de contas, não estou tendo de bancá-los mais.

  103. Celso Alvares

    CAROS,

    ALGUÉM PODERIA ME RELATAR ALGUMA INDICAÇÃO DESTE MÉTODO DE AUTO-HEMOTERAPIA PARA O TRATAMENTO DE MICOSE FUNGÓIDE (DOENÇA AUTO-IMUNE – PRODUZIDA POR LINFÓCITOS CÉLULAS “T” – NO SANGUE E QUE SE MANIFESTA POR MANCHAS NA PELE, PRODUZINDO MUITA COCEIRA E ATÉ LESÕES GRAVES). OBRIGADO.

  104. Ceni Souza Silva

    Estou mandando este simples comentário como prova que a AH resolve mesmo.A 15 anos fazia tratamento de ARTRITE REUMATOIDE gastava na faixa de R$ 200,00 de rémedio por mês e nunca tive melhora nenhuma,conheci a AH e estou na 20º sessão e já não tomo mas rémedio nenhum,divulguei para minhas vizinhas e já tem 10 pessoas fazendo e todas estão otimas.Sou grata primeiro a DEUS depois AH, que DEUS me mostrou como cura desta doença.

  105. Antonio

    Alexandre: Partindo do pressuposto de que nem a auto hemoterapia e nem a alopatia dos remedios das farmacias é uma garantia para cura da rinite, você tem duas alternativas. A alopatia você deve conhecer, com os tratamentos dos remedios que você sempre usou, já que você mesmo diz que sofre disso e continua sofrendo, e isso significa que não teve resultados até agora. A outra alternativa é você tentar este metodo, a auto hemoterapia, que tem trazido bons resultados para quem sofre dessa doença. Conheço muita pessoa que após sofrer por 24 anos, conseguiu com enorme sucesso, acabar com a rinite aguda que tinha após inumeros tratamentos. Fica ai a sua escolha para iniciar ou não esse metodo… e Boa sorte!

  106. alexandre

    GOSTARIA DE INICIAR O TRATAMENTO POS EU E MINHA FAMILIA SOFREMOS COM RINITE MAS NAÕ CONHEÇO EM MINHA CIDADE ( QUEIMADOS R.J ) ALGUEM DA AREA MEDICA QUE POSSA NOS AUXILIAR; CASO TENHA ALGUEM QUE POSSA NOS AJUDAR FAVOR ENTRAR EM CONTATO, DESDE JÁ AGRADEÇO.

  107. esaú hosana vieira

    conheço diversas pessoas que estão fazendo o uso da autohemoterapia e a muito não os via tão felizes e tão recuperados como agora. a industria farmaceutica e medicos adeptos da alopatia querem é isto mesmo. para quem estuda ciologia, bioquimica e citologia mais histologia, estes tem como compreender melhor o funcionamento de todo o organismo assim como tudo aquilo que este tratamento(autohemoterapia) pode realizar por um povo tão sofrido e explorado por uma industria farmaceutica que faz o que quer e pensa só em retorno e lucros para um grupo de multinacionais. que o governo libere, pertmita aplicaçoes e até mesmo incentive pesquisas neste sentido. tudo que é benéfico para a humanidade deve ser passivel de represálias. que a população possa ter acesso a este tipo de tratamento e ver o quanto ela é benéfica e eficaz.

  108. Antonio Fuji

    Senhores, porque será que depois do primeiro depoimento, que pelo site só tem propaganda de clinicas e da área médica, nenhum depoimento fala do AHT que fez mal ou que causou danos? Porque ningume da área médica entra nesse forum e diz: olha esse tratamento causou tais efeitos concretos negativos? Mas se respalda apenas que não é reconhecido, que traz perigos…. etc. Não é estranho? Só vejo depoimentos de centenas e milhares de pessoas falando maravilhas… É como diz muitos nesse forum, o viox e a talidomida matou e fez mais estragos do que todo este método… Desafio algum médico ou laboratório a colocar fatos concretos e de pessoas que estão se tratando e que o método esta ou fez algum dano… Fica ai nosso desafio…

  109. angelita barbosa torres

    gostaria de saber se a auto hemoterapia pode prejudicar ou ajudar em uma pessoa que tenha efisema pulmonar.e se trás benefícios quais são .

  110. VANDERLEI

    BOA NOITE PESSOAL, DIGO DESDE JÁ QUE NÃO SOU CONTRA AH MUITO PELO CONTRARIO SOU ADPTO, APENAS ESTOU COM QUADRO DE ARTRITE REUMATOIDE, E PESQUISANDO SOBRE ARTRITE DESCOBRI QUE A MESMA É CAUSADA POR UM ATAQUE DO SISTEMA IMUNOLOGICO AO PRÓPIO ORGANISMO. DEUS QUERA QUE NÃO SEJA POIS SÓ TENHO 32 ANOS. MAS SE ALGUEM TEM UM ALGUEM NA FAMILIA COM ARTRITE REUMATÓIDE PESQUISE BEM SOBRE AH E ARTRITE REUMATÓIDE E NÃO USE AH INDISCRIMINADAMENTE COMO EU USAVA.

  111. Walter Medeiros

    Como Olivares, também nunca vi caso assim. Seria bom Vanderlei enviar detalhes sobre a história do caso.

  112. OLIVARES

    Boa noite. Nunca, em mais de ano de pesquisas diárias, li caso similar. Note-se que pelo contrário, milhares a praticam para previnir e outros tantos para tratar de doenças já manifestas. Acredito que já estava em processo de artrite e não sabia, e que segundo a Lei da Cura, houve piora que fez a doença ser percebida.
    Seu médico pode atestar o grau da evolução de sua artrose e então vc poderá ver que a ah não a causou. Assim acredito. ademais, em mais de 90 anos de prática da Ah no brasil e no mundo receitada ou não por médicos, já deverirma ter percebidos reações adversas…

  113. VANDERLEI

    ADEPTOS DA AUTOHEMOTERAPIA CUIDADO MAS TENHO SUSPEITA QUE ATIVEI MEU SISTEMA IMUNOLOGICO DE FORMA IRREGULAR COM AUTO HEMOTERAPIA O QUE ME CAUSOU ARTRITE REUMATOIDE.

  114. Walter Medeiros

    Proibição da Auto-hemoterapia pode causar mortes INTRODUÇÃO
    Os serviços públicos de saúde no Brasil vêm demonstrando-se insuficientes para atender às necessidades do povo, e por outro lado está difícil de combater – mesmo em serviços privados – algumas doenças que acometem parte considerável da população. Uma alternativa que vem dando certo, mas que é enfrentada de forma autoritária, vulgar e criminosa pelos Conselhos Federal e Estaduais de Medicina e pelos Governos Federal, Estaduais e Municipais, através da ANVISA e congêneres, é a auto-hemoterapia. Por conta de um parecer cheio de dúvidas e claramente tendencioso, a auto-hemoterapia está proibida, mesmo não existindo nenhuma lei que a considere criminosa ou nociva. Com isto, além de não garantir assistência médica a quem precisa, agora uma decisão administrativa autoritária começa a fazer os adeptos da referida terapia morrerem à míngua.
    Para ter uma idéia do que está ocorrendo e rapidamente poderá ganhar uma dimensão assustadora, encontramos adeptos da auto-hemoterapia que se pronunciam com tristeza, desolação e inconformismo com a injustiça. Um deles conta que o dono de farmácia, seu amigo, que fazia as aplicações nele e em sua família, anunciou que não vai mais arriscar o seu comércio ser fechado nem quer parar na cadeia por fazer aquilo que seu coração mole permitia fazer. Desde então ele diz não a todos, sem exceção. A partir dali ele ficou sem condições de continuar o tratamento através da auto-hemoterapia, por conta de um concorrente que denunciou o fato. Aquele cidadão se diz muito revoltado, entre outros motivos, por ver a distribuição de seringas para as pessoas usarem drogas ilegais, dando como desculpa a prevenção da AIDS. Mostra que se estivesse fazendo uso de drogas ilegais ou sendo promíscuo com suas atividades sexuais, teria apoio do Ministério da Saúde, que também distribui as camisinhas. Outro havia suspendido o tratamento durante as férias para retomar depois e quando foi retomar a enfermeira falou que não pode mais fazer devido a proibição do conselho de enfermagem.
    O parecer do Conselho Federal de Medicina sobre a prática da auto-hemoterapia, ao invés de esclarecer mostra uma série de dúvidas, mas reage cegamente à realidade atual, aonde cidadãos de todos os recantos do Brasil estão se beneficiando do tratamento, numa cruzada clandestina em defesa da própria saúde e vida. Ignorar que a auto-hemoterapia é uma questão da ordem do dia que precisa ser resolvida com responsabilidade institucional continua sendo tentativa de tapar o sol com a peneira. Na ânsia cega de condenar antes de avaliar e pensar, os Conselhos de Medicina – não os médicos, pois encontramos médicos que querem que haja um aprofundamento do estudo do assunto – talvez nem observem que a auto-hemoterapia tem tudo para se transformar em uma atividade até para os médicos. Poderiam, assim, evitar que continuasse sendo aplicada esta pena de morte para tantos brasileiros.

    TÉCNICA
    Esta forma de cura que está sendo divulgada pelo Dr. Luiz Moura através do DVD “Auto-hemoterapia – contribuição para a saúde” que já foi visto por mais de vinte milhões de pessoas, é “uma técnica simples, em que, mediante a retirada de sangue da veia e a aplicação no músculo, ela estimula um aumento dos macrófagos (…), elementos que fazem a limpeza de tudo, eliminam as bactérias, os vírus, as células cancerosas – que se chamam neoplásicas.”
    Segundo Dr. Moura, com a auto-hemoterapia “essa ativação máxima só termina no fim de cinco dias. A taxa normal (de macrófagos) é de 5% no sangue e com a auto-hemoterapia nós elevamos esta taxa para 22% durante 5 dias”. Explica que “Do 5º ao 7º dia começa a declinar, porque o sangue está terminando no músculo, e quando termina ela volta aos 5%, daí a razão da técnica determinar que deva ser repetida, de 7 em 7 dias.
    Trata-se de um método de custo baixíssimo, pois basta uma seringa, e pode ser feito em qualquer lugar, simplesmente porque o sangue é tirado no momento em que é aplicado no paciente, precisando apenas de uma pessoa que saiba pegar uma veia e dar uma injeção no músculo, mais nada. Ele assegura que “resulta num estímulo imunológico poderosíssimo”. Opina que “é uma coisa que poderia ser divulgada e usada em todas as camadas da população sem nenhum problema, essa é que é a grande vantagem”.

    CEM ANOS DE CURA
    A auto-hemoterapia vem sendo utilizada há mais de cem anos, com resultados que seriam suficientes para transformá-la em prática recomendada no âmbito da saúde pública. Além de ter sido objeto de muitos trabalhos científicos, a técnica já foi utilizada em animais, em grupos humanos e é usada regularmente em muitos serviços de saúde ou por particulares. É anterior inclusive a muitas especialidades médicas, como a homeopatia, acupuntura, medicina ortomolecular e medicina antroposófica. Aliás, é anterior até mesmo ao Ministério da Saúde e ao Conselho Federal de Medicina, que acaba de completar 50 anos.
    Há cerca de três anos a divulgação da auto-hemoterapia começou a ter um impulso maior, em vista da gravação e distribuição em todo o Brasil de um DVD pelo Dr. Luiz Moura apresentando explicações importantes. Em abril de 2007 o FANTÁSTICO apresentou matéria sobre o assunto, deixando à mostra a intenção de denegrir a técnica, através de participações lamentáveis de dirigentes de entidades da área de saúde. Havia pouco tempo que o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro tentara desclassificar a prática, através de um parecer cheio de falhas.
    Em seguida à matéria, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA resolveu emitir um documento classificando a auto-hemoterapia como ilegal, embora não exista nenhuma lei que a proíba. A base seria uma resolução do CFM, que de modo dúbio permite outras práticas que considera ainda não comprovadas cientificamente. Também o CFM emitiu um parecer, publicado em dezembro de 2007, considerando a auto-hemoterapia como técnica sem comprovação científica, mas o próprio parecer é completamente enviesado, motivo pelo qual não merece crédito. Tanto que a própria ANVISA resolveu ouvir outros setores para poder adotar um posicionamento definitivo.

    OS MÉDICOS DISCORDAM
    Enquanto os conselhos de medicina agem de forma atrapalhada, muitos médicos estão sugerindo e exigindo a realização de estudos e pesquisas para comprovar a eficácia da auto-hemoerapia. Além do Dr. Luiz Moura, já se pronunciaram, entre outros, os Drs. Alex Botsaris(RJ); Francisco Rodrigues, Tarcísio Gurgel e Eliel Sousa(RN); Júlio Bandeira (PB); Marcus Mac-Ginity (BA); Ronaldo João (MG) e Gilberto Lopes da Silva Júnior (SP).
    O médico Alex Botsaris, do Rio de Janeiro, assina artigo veiculado no site VIA ESTELAR, com o título de “Auto-hemoterapia é um tratamento ainda experimental”, no qual diz que “É preciso fazer uma avaliação equilibrada sobre a auto-hemoterapia”. Ao contrário do que está colocado no parecer do CFM, o médico – autor de livros como “Sem Anestesia”, que teve grande repercussão na área de saúde – afirma que “não é verdade que essa terapêutica não tenha nenhum fundamento, nem que não haja nenhum trabalho publicado sobre ela na literatura mundial ou nacional, como afirma a SBHH” (Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia). Ele define a Auto-hemoterapia como “um recurso terapêutico simples que consiste em retirar sangue de uma veia e aplicar no músculo”.
    Por sua vez o médico paraibano Júlio Bandeira defende e recomenda a auto-hemoterapia. Ele conta que teve o primeiro contato com esse procedimento ainda na década de 1940. Dr. Júlio afirmou ao jornal Correio da Paraíba conhecer vários relatos de tratamentos bem sucedidos com a utilização da terapia médica. “Eu sou defensor da medicina natural e, também, percebo na auto-hemoterapia um recurso fácil e barato. Além disso, não vejo nenhum risco que ela possa oferecer aos pacientes, porque eles deverão ser acompanhados por algum médico que utilize o método e possa orientá-los” destacou.
    Também o médico mineiro Ronaldo João, que exerce a profissão há 32 anos e atende no município mineiro de Sete Lagoas, Minas Gerais, afirma que o assunto auto-hemoterapia causa polêmica porque “parece que a ANVISA e as instituições que congregam médicos e para-médicos se fazem de cegos e surdos para não verem e ouvirem o que é evidente, pois quem sabe de seus males é o paciente e são centenas de milhares que nesses 105 (cento e cinco) anos de existência do tratamento relatam melhoras e curas.”. O médico acrescenta que “Isto nos entristece, porque esse tratamento, apoiado por estas entidades seria a redenção da saúde pública nacional tão combalida nos dias de hoje.
    “Qualquer médico no mundo com um mínimo de conhecimento de imunologia, hematologia, clínica médica e bom senso deva admitir que a auto-hemoterapia funcione baseada em evidências clínicas (prática aceita pela medicina atual).” A afirmação é do médico Marcus Mac-Ginity, gaúcho de Porto Alegre, que atua em clínica e pediatria há mais de 20 anos, morando e trabalhando na cidade baiana de Rio Real, situada na divisa com Sergipe.
    Perito do INSS e pediatra, o médico Tarcísio Gurgel de Souza, de Natal, fez uma avaliação do material que dispunha sobre auto-hemoterapia e opinou que os dados disponíveis ainda são mínimos, mas deposita credibilidade nos informantes. Ele acrescenta que a auto-hemoterapia funciona porque “os neutrófilos se defendem a princípio sem saber quem são os ‘invasores’ e conseqüentemente se multiplicam em defesa do seu ‘criador’ e de uma maneira imediata o beneficiam ao seguir caminhos diferentes e também de maneira indireta”. E acrescentou que “A indústria farmacêutica indubitavelmente treme ao ouvir falar neste assunto; é como o prenúncio da chegada de um tsunami.”

    A GRANDE TESTEMUNHA
    Um médico estudioso e sem preconceitos, Dr. Francisco das Chagas Rodrigues fez, a meu pedido, uma leitura de todo material que disponibilizamos na Internet desde que o FANTÁSTICO abordou o assunto auto-hemoterapia, em abril de 2007. Sua conclusão foi surpreendente. Ele percebeu e afirma que “a ‘arte’ de curar que caracteriza a medicina estava fortemente agredida.”. E acrescenta: “Não vi nenhum paciente queixoso da referida técnica; pelo contrário, diversos relatos não contestados de benefícios”. Ainda segundo o médico, “O que foi argumentado para diminuir a importância da técnica foi um efeito placebo sugerido, mas não comprovado. E se comprovado… que mal há? Não trouxe o bem? Inclusive o próprio placebo tem a sua aplicação em Medicina.”.
    Dr. Rodrigues é psiquiatra do Rio Grande do Norte, que fez uma avaliação completa do assunto e relata: “O que achei mais interessante é que existem muitos pacientes em todo o Brasil que utilizam a técnica e que os Conselhos de cada estado poderiam ter solicitado o testemunho dessas pessoas.”. “Ora, – observa – se é para a população que os Conselhos prestam serviço na fiscalização dos atos médicos, parece que a grande testemunha foi deixada de fora.”
    O mastologista Eliel Souza, também de Natal-RN é mais um médico que falou sobre a auto-hemoterapia, afirmando que “Seria providencial estimular pesquisas nas universidades públicas para definições embasadas na ciência e nas evidências com a criação de protocolos e normatização das prescrições, evitando assim que a terapêutica caia no descrédito”.
    A opinião foi postada em comentário ao artigo “A notícia que ninguém publicou”, no Observatório da Imprensa. O link para a mensagem é http://observatorio.ultimosegundo.ig.com.br/artigos.asp?cod=466FDS006. Dr. Eliel opinou que “Esta campanha é fundamental”, observando que “Obviamente que ela contraria inúmeros interesses (principalmente aqueles da poderosa indústria farmacêutica)”. Segundo ele, aquela poderosa indústria “inclusive pode estar influenciando decisões em setores que deveriam ser “blindados” a tais ingerências.”
    Em São Paulo, o médico paulista Gilberto Lopes da Silva Júnior anunciou em artigo no Diárioweb, de São José do Rio Preto, que não pode deixar de recomendar que as pessoas experimentem a auto-hemoterapia. Ele reconsiderou resposta dada anterior, quando foi questionado recentemente sobre o valor da técnica e mostrou-se totalmente descrente. Agora ele afirma que “pesquisando melhor e tendo conhecimento que esse procedimento foi idealizado e testado em animais pelo Professor Jesse Teixeira, não posso deixar de reconsiderar e recomendar”.
    Depois de todos esses depoimentos, é possível ao Conselho Federal de Medicina continuar dizendo que fala em nome dos médicos do Brasil? Parece que está havendo uma falta de sintonia. É razoável, portanto, querer que um órgão do status do CFM para afirmar que uma terapia não teria valor científico, apresentasse um parecer com valor científico incontestável.

    PESQUISA
    Além disso, a necessidade de avaliar mais precisamente o uso de uma técnica alternativa de tratamento no Brasil levou o site Orientações Médicas a promover a primeira pesquisa virtual sobre Auto-hemoterapia. A pesquisa, que está na Internet desde o dia 9 de dezembro, é destinada somente para pessoas que fazem ou já fizeram aplicações de Auto-hemoterapia durante um período mínimo de um mês. Já responderam ao questionário cerca de 150 pessoas.
    Por outro lado, um grupo de defensores da auto-hemoterapia, formado por pessoas que defendem o Direito de continuar o tratamento, entre eles pesquisadores, médicos, enfermeiros e terapeutas que se sentem ceifados em suas pesquisas e atendimentos, com a proibição da auto-hemoterapia, fez um abaixo-assinado e estão sendo coletadas assinaturas para levar ao Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva e ao Ministro da Saúde, José Gomes Temporão.
    Para se informar ou participar de discussões sobre o assunto, existe o fórum (Auto-hemoterapia – relate sua experiência – http://inforum.insite.com.br/39550/ ). Se a pessoa já fez ou está fazendo AHT, o forum pede que relate os resultados, mostrando que “A divulgação dessas experiências é que irá tornar esse tratamento mais confiável, já que a AH é muito criticada pelos médicos tradicionais, por falta de resultados consistentes e por não existirem pesquisas cientificas que comprovem a sua eficácia”. É feita a observação de que o fórum visa apenas a troca de experiências de pessoas que estão se submetendo a esta terapia, seja por opção própria, seja por prescrição de alguém.

    JURISPRUDÊNCIA
    A propósito, a Revista Consultor Jurídico, em 4 de maio de 2007 trata de REOMS 2002.39.00.003067-7/PA em matéria na qual afirma:
    “Sempre que houver risco iminente de morte, o paciente poderá se socorrer de terapêutica alternativa. O entendimento é da 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (DF), que manteve a continuidade de tratamento médico-hospitalar não-convencional, aquele sem comprovação de eficácia, a um portador de hepatite C. O recurso é da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará, que é contra o tratamento.
    O portador de hepatite C crônica, com cirrose hepática e sinais de insuficiência hepática, pediu autorização para realizar transfusões de leucócitos e plasma a fim de infundir células produtoras de anticorpos neutralizadores do vírus da hepatite C. Ao contrário do método tradicional que não surtia efeito, o alternativo, segundo o paciente, estaria trazendo melhora significativa. Por três vezes, o doente teria feito uso dessa terapia, após concessão de liminar, com conseqüente benefício no quadro clínico.
    Para o relator, juiz federal convocado pelo TRF-1, Carlos Augusto Pires Brandão, o paciente deve continuar o tratamento pelo método alternativo não-consagrado, embora reconhecido internacionalmente, mas que lhe trouxe bem-estar. “O direito à vida se configura como uma das mais importantes garantias constitucionais”, sustentou o magistrado.

    URGENTE
    A alegação da falta de comprovação científica dos efeitos da auto-hemoterapia foi o motivo apresentado pelo Conselho Federal de Medicina – CFM para proibir os profissionais médicos de utilizarem aquela prática. Sem admitir margem para nenhuma alternativa, aquele órgão ignorou uma vasta documentação construída sobre o assunto e não ouviu a categoria médica, muito menos os usuários e a sociedade. Trata-se de uma postura contraditória, pois para adotar esta decisão o CFM não devia admitir precedentes ou deveria pelo menos resolvê-los. Se exige comprovação científica para autorizar o uso da terapia, deveria exigir também para as práticas no âmbito da Eletroconvulsoterapia e da prática Ortomolecular.
    A contradição e injustiça, portanto – já que permite práticas provisoriamente enquanto chegam as comprovações científicas – está clara na RESOLUÇÃO CFM nº 1.500/98, onde mais uma vez está mal resolvida a decisão do órgão. Através daquela norma o CFM Resolveu, em seu Art. 6º., que “Os tratamentos da prática Ortomolecular devem obedecer aos seguintes postulados: III) informações clínico-epidemiológicas sobre eventuais benefícios terapêuticos obtidas de estudos observacionais – tipo caso-controle, coorte ou transversal ou experimentais não-randomizados – poderão ser tomadas como evidência científica apenas e tão somente enquanto não se detenham resultados de ensaios clínicos randomizados sobre a eficácia e a eficiência terapêutica considerada;(Grifo nosso)”. Aqui é admitida uma prática com base em evidências científicas, até comprovar a eficácia e eficiência da terapêutica.
    No item seguinte, mostra outro postulado: “IV) o conjunto de ensaios clínicos randomizados de boa qualidade metodológica será tomado como a fonte de evidência científica e os seus resultados nortearão provisoriamente todos os aspectos biomédicos éticos, morais e profissionais relacionados aos referidos tratamentos;”. Mais uma vez o que elegem para valer como evidência científica é admitido para uso “provisoriamente”.
    A mesma resolução diz que o Conselho Federal de Medicina providenciará, dentro de suas atribuições legais, a reavaliação periódica da metodologia científica envolvida, mediante a nomeação de Câmara técnica e que a reavaliação será baseada em pareceres escritos emitidos por Comissões “ad hoc”, constituídas por membros do Conselho Federal de Medicina, por especialistas na área da Pesquisa Clínica, Preventiva, Social, Epidemiológica e por especialistas de outras áreas interessadas no tema. O parecer sobre auto-hemoterapia ignorou tudo isso.
    Diante deste quadro, torna-se urgente a ação de órgãos responsáveis pela Justiça para tornar sem efeito a proibição da auto-hemoterapia pelos Conselhos de Medicina, Enfermagem e outros que possam tê-la adotado, bem como de órgãos como ANVISA e Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, oferecendo um prazo para que os defensores e usuários da técnica comprovem a sua eficácia através de método cientificamente aceito.

  115. wilson de souza

    só se vc se contaminou com seu proprio sangue que já estava doente, porque tirar o sangue da propria veia e aplicar no proprio musculo com uma seringa descartavel, é i m p o s s i v e l, de existir contaminação ok!!!, se vc não sabia disso agora vc sabe. Se isto vai fazer efeito ou não é outra estoria…

  116. Wellington

    Quem escreveu esse artigo? O autor por acaso leu o link da BBC?

    Lá está descrito uma forma de auto-hemoterapia totalmente diferente da que é divulgada pelo Dr. Moura. Lá eles retiram o sangue e misturam com um sal e depois reinjetam na pessoa em várias partes do corpo.

    “Autohaemotherapy involves mixing a small sample of a patient’s blood with saline in a syringe and then re-injecting it at acupuncture points on the body”.

    E outra…

    A clínica que aplicava a autohemoterapia:

    1) Não possuia procedimentos de controle contra infecções; e

    2) Não esterelizava e desinfectava os equipamentos.

    Fraude é o artigo publicado nesse site que mostra os defeitos de uma técnica diferente e de uma clínica de irresponsáveis num outro país e conclui que a técnica divulgada pelo Dr. Moura é fraude.

    Tenha paciência…

  117. Celio Martins da Costa

    Fiquei 68 dias de cama e tratando-me pelos métodos tradicionais e medicamentos farmacéuticos, de erizipele nas duas pernas, sem contudo obter resultados satisfatórios, resolvi a fazer uso da autohemoterapia. A 1.ª dose foi de apenas 5 ml, que resultou, após 07 horas da aplicação, na ausencia de febrite nas perrnas, dor de cabeça e febre no corpo; no dia seguinte levantei-me da cama e fui trabalhar como se não tivesse algum plobrema. Continuei a aplicação sendo 03 dosezes seguinte de 10 ml apliocadas nas nádegas; 04 doses de 20 ml aplicadas 5 ml em cada braço e cada nádega e por fim 04 doses também de 20 ml aplicadas 10 ml em cada nádega. Hoje não sito nada e estou trabalhando como motorista de uma prefeitura. Obs. Após este tratamento me submeti a exames admissionais para a referida prefeitura.
    Divulgo até o momento a qualquer pessoa a eficácia que alcancei com a AUTOHEMOTERAPIA.
    Célio João Monlevade – MG 05/01/2008

  118. Aurora

    O RELATO ACIMA É DE AURORA PEINADO- PROFESSORA
    MUNICIPAL

  119. Aurora

    FRAUDE É NOSSOS POLITICOS QUE ROUBAM…..ROUBAM E ESTÃO AI IMPUNE…..AGORA UM PROFISSIONAL QUE TEM O SEU NOME EM GRANDE ESCALA É AMEAÇADO POR TER AMOR AO SEU POVO.
    ONDE ESTÁ O BOM SENSO DE ALGUNS? ESTÁ NO $$$ OU NOS DIREITOS DE IR E VIR DE CADA CIDADÃO?
    COMECEI A FAZER O TRATAMENTO E POSSO AFIRMAR QUE JÁ ESTOU SATISFEITA. COM CERTEZA VOLTAREI NESTA PAGINA PARA PODER DAR O MEU TESTEMUNHO.

  120. ELKO PERISSINOTTI

    Após a leitura de todos esses comentários, creio que fazer abaixo-assinado, embora válido, não tem tanto poder perante as autoridades de Saúde. Maior eficácia será obtida se cada um (de todo o Brasil) enviar o relato de seu caso, por carta ou e-mail, a um só tempo, ao MINISTÉRIO DA SAÚDE, ao CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA e ao jornal FOLHA DE S. PAULO. Percebem que a mesma mensagem enviada a estas 3 entidades impedirá supostos “extravios”, supostos “não acusamos o recebimento”, além da imprensa figurar como uma testemunha de que centenas (ou milhares) de mensagens foram enviadas, de fato?! Essa vinculação nos dá uma garantia absoluta. Relatem os seus casos de doenças tratadas (mesmo que auto-tratamento), os resultados e algum efeito colateral (não tenham receio) que porventura tenha ocorrido, mesmo com o sucesso do tratamento. Não se esqueçam de colocar NOME COMPLETO, RG(Identidade), CPF (não há o que temer, nosso cpf circula abertamente por todos os cantos, como cheques, lojas comerciais,etc.), ENDEREÇO RESIDENCIAL COMPLETO e TELEFONE.
    Meus caros, acreditem, esse é o melhor caminho para que as autoridades competentes estimulem pesquisas sérias e descompromissadas, dentro do verdadeiro saber e busca do conhecimento científico (“SEM CONTAMINACÕES”), talvez através de universidades renomadas e idôneas, com fiscalização permanente, para legalizar ou não, para mostrar eficácia/efetividade ou não da Auto-Hemoterapia.
    As cartas ou e-mail devem ser diárias, isto é, centenas ou milhares, postadas por cada brasileiro que tenha um caso VERDADEIRO a relatar, conforme explicado acima. Boa sorte e Felicidades a todos!
    EXIJAM COM VEEMÊNCIA, PORÉM, RESPEITANDO A LEI, A ORDEM E O VERDADEIRO E IDÔNEO SABER CIENTÍFICO! E QUE CADA UM FAÇA A SUA VIGÍLIA!

    DR. ELKO PERISSINOTTI — médico — São Paulo

  121. olivares

    AH está proibida,. Quem a faz, faz por conta própria, ainda que os médicos que a receitavam, continuem favoráveis à técnica. Eu, por achar dificuldade até em achar um enfermeiro que aplicasse a Ah em mim, fiz minha esposa aprender. Tem um endereço na internet que ensina a parte teórica. Fica difícil passar o link aqui mas use o Google e digite: Livro n°1 Área 1: “ Fundamentando o exercício profissional do auxiliar de enfermagem”. págs 267 à 276 – 306/307 – 2ª edição – da série ‘Auxiliar de enfermagem’ Editado e publicado pela: Universidade Federal de Santa Catarina / Departamento de Enfermagem / Departamento de Saúde Pública
    Após ela aprender com um parente enfermeiro muito experiente, passou a fazer em mim. Arranjei um enfermeiro que faria nela, mas ela prefere que eu faça. Aprendi e estamos nos aplicando já há 6 meses, sem dores, sem complicações, sem reações adversas, um ou outro hematoma pequeno. Nada que assuste No braço, inclusive, não fica nada, só um pontinho do furo da agulha, que some em poucas horas. Nada de hematoma, dor ou inflamação ou qualquer sandice que as OTORIDADES alegam …
    Tudo que falam contra a AH pode ser facilmente refutado:
    · EFEITO PLACEBO – Então como funciona em animais? E em crianças? E em pessoas que mesmo não tendo conhecimento e muita confiança no tratamento, colhe os mesmos resultados? E como há alteração no sangue, perceptível em simples exames antes e um tempo depois da aplicação da AH?
    · COMPLICAÇÕES ADVINDAS DA EXTRAÇÃO E INJEÇÃO – Qualquer procedimento pode causar, SE MAL FEITO. Pode ocorrer infecção num simples exame de sangue em laboratório. Nada tendo a ver com a AH em si.
    · COMPLICAÇÃO DESCONHECIDA À LONGO PRAZO- A AH tem mais de 90 anos de prática, receitada por médicos, no Brasil e no exterior. Nunca houve denúncias de complicação. (seria a felicidade dos seus detratores achar uma prova). Qual remédio na farmácia tem esse tempo de teste?
    ………………….. (As quatro fases de cada teste)
    Realizados após experiências bioquímicas e em animais, os ensaios com seres humanos envolvem milhares de pessoas e são indispensáveis para autorizar a venda de novos medicamentos.
    Um novo medicamento não pode ser liberado para venda antes de passar, com sucesso, por uma série de testes positivos em seres humanos. Eles seguem-se a diversas experiências bioquímicas e em animais, e desdobram-se em diversas fases em seqüência.
    Na fase I, verifica-se, num número reduzido de pessoas (entre vinte e oitenta) em boa saúde, se o corpo humano tolera a substância química e a fórmula do medicamento. Cerca de 30% das moléculas testadas são eliminadas nesta etapa.
    A fase II verifica a eficácia do medicamento. Ela exige reunir entre cem e trezentos pacientes portadores da condição que se quer tratar. Divididos de maneira aleatória em dois grupos, os pacientes recebem, alguns (o “grupo de controle”), um placebo ou medicamento de eficácia já conhecida; outros, o produto experimental. A experiência é freqüentemente conduzida em “duplo cego”: nem o paciente, nem o pesquisador, sabem quem pertence a qual grupo.
    Na fase III, o maior número de pacientes testados
    A fase III – só um terço das moléculas chegam até ela – envolve tipicamente centenas ou milhares de pacientes (e um número expressivo de médicos). Pode durar dois anos ou mais. Bastante cara, esta fase permite avaliar precisamente as vantagens e efeitos indesejáveis do medicamento. Ela resulta, em mais de 70% dos casos, em uma autorização de venda.
    Diversas empresas promovem estudos de fase IV, também chamados “DE PÓS-MARKETING”. ELES PERMITEM CONQUISTAR MERCADO MAIS RAPIDAMENTE. TAMBÉM AJUDAM, PRINCIPALMENTE NO CASO DAS VACINAS, A IDENTIFICAR, EM GRANDE ESCALA, A PRESENÇA DE EFEITOS SECUNDÁRIOS.) …………………….
    Todo remédio, por mais simples que seja, tem efeitos colaterais, tem seus riscos. Existe uma relação de custo/benefício envolvida (qual o índice de reações adversas observadas em relação aos benefícios advindos da medicação?). Mesmo sendo receitada há anos em vários países, pesquisadas em várias épocas (existem mais de 900 trabalhos indexados sobre a AH) NUNCA HOUVE QUALQUER OBSERVAÇÃO DE COMPLICAÇÕES ADVERSAS. Tanto é assim que mesmo fazendo enorme pressão (o Doutor Moura está respondendo a novo processo no CREMERJ, dia 12. Vamos todos lá? ) as autoridades e outros interessados não conseguem achar um caso sequer…
    Usem sua inteligência. Não seja guiado por interesses escusos.
    Que se façam pesquisas sérias e isentas sobre a AH. A simples e pura proibição não irá convencer as pessoas que a praticam e estão conseguindo sucesso, parar de fazê-la…
    Acredito que um dia a dita Ciência Médica Oficial será forçada a reconhecer a eficácia dessa técnica. Até lá, enquanto não descobrem uma forma de controlar, centralizar , elitizar a Ah, deixando a técnica restrita ao controle dos médicos isso não irá acontecer. Vejam o caso da acupuntura e homeopatia por exemplo. Eram desconsideradas, dizia a Medicina Oficial que era placebo, enganação, sem valor terapêutico. Qualquer um podia receitar. Hoje é técnica exclusiva de médicos. Inventaram a técnica FATOR DE CRESCIMENTO PLAQUETÁRIO ou só FATOR DE CRESCIMENTO. O Doutor Runco, do hospital Pasteur, no RJ aplicou em Ronaldo Fenômeno… Cópia cara da boa velha e barata AH, só que travestida de tecnologia, deixando a AH sob domínio de um médico e uma clínica moderna…
    Como irão fazer isso com a AH? Patentear nosso sangue???

  122. Airton Saude

    Poder ser aplicado acho que pode. Ter algum efeito na sindrome provavelmente não, pois trata-se de uma questão genética.

    FATO 1: os conselhos de medicina, farmácia e enfermagem condenam o uso e aplicação da AH.
    FATO 2 : conheço vários médicos, farmacêuticos e enfermeiros que fazem uso neles próprios e em parentes, principalente seus pais.

  123. Cassio

    Ola!
    Contei sobre AH para uma amiga e ela me perguntou se pode ser aplicado para pessoas com SINDROME DE DOWN. Se alguem puder esclarecer agradeco desde ja. Muito Obrigado!

  124. Alexandre Toledo

    uso AHT desde 26/04/2006, são aproximadamente 80 aplicações de 10ml semanais, pode parecer até um certo entusiasmo mas não é, AHT melhora os problemas que lhe incomodam mais em um curto prazo, aquelas coisinhas pequenas que aparecem de vez em quando melhoram após um certo tempo de uso, logo desde o inicio de minhas aplicações não tive mais gripes, meu animo melhorou bastante, meu desempenho em atividades fisicas também ficou melhor , após um certo tempo de uso pequenas irritações cotidianas e uma melhora no sono, coisas que vim perceber após 01 ano aproximadamente. AHT tem um efeito promissor a longo prazo e gostaria de saber de pessoas que usam a mais tempo, seus relatos sobre os efeitos da AHT.

  125. JMK

    A técnica permite o aumento da imunidade em mais de 4 vezes, permitindo a cura das doenças provocadas por vírus, bactérias e fungos. Permite ainda a cura de alérgicas e até de doenças autoimunes, como o lupus e a artrite reumatóide. O custo do tratamento é o de uma seringa descartável.

    O principal especialista brasileiro em autohemoterapia, o médico Luiz Moura, explica a técnica: “É um recurso terapêutico de baixo custo, simples, que se resume em retirar sangue de uma veia e aplicar no músculo, estimulando assim o Sistema Retículo-Endotelial (S.R.E), quadruplicando os macrófagos em todo organismo”. Os macrófagos são as células de defesa do organismo às doenças.

    A técnica foi descoberta de forma empírica em 1911. Foi aplicada na ocasião “em diversas enfermidades infecciosas, em particular na febre tifóide e em diversas dermatoses”. Também foi empregada nesta época em casos de asma, urticária e estados anafiláticos.

    Durante décadas, a autohemoterapia foi intensamente empregada. Depois, com a descoberta dos antibióticos, os laboratórios transnacionais conseguiram fazer com que os médicos a esquecessem. Durante décadas, a técnica ficou com uso extremamente restrito.

    Agora, com a Internet, a informação sobre o processo de cura, simples e barato, foi divulgada. E, de repente, os relatos das curas com a aplicação da autohemoterapia ganharam o país e o mundo. No Google.com nesta sexta-feira (16) “pesquisar a web com *autohemoterapia*”, que tem a mesma grafia em português e espanhol, teve como resultado 9.320 registros.

    Ainda neste endereço, pesquisar a web com *Auto-hemotherapy * apontou “13.900″ registros. O alemão *Eigentherapie* apontou: “Resultados 1 – 10 de aproximadamente 29.600″.

    O médico Luiz Moura, no artigo com o título “Auto-Hemoterapia – Estratégia Biomolecular”, explica: “A técnica é simples: retira-se o sangue de uma veia comumente da prega do cotovelo e aplica-se no músculo, braço ou nádega, sem nada acrescentar ao sangue. O volume retirado varia de 5 mililitros à 20 mililitros, dependendo da gravidade da doença a ser tratada. O sangue, tecido orgânico, em contato com o músculo, tecido extra-vascular, desencadeia uma reação de rejeição do mesmo, estimulando assim o S.R.E”.

    E segue o raciocínio: “A medula óssea produz mais monócitos que vão colonizar os tecidos orgânicos e recebem então a denominação de macrófagos. Antes da aplicação do sangue, em média a contagem dos macrófagos gira em torno de 5%. Após a aplicação a taxa sobe e ao fim de 8h chega a 22%. Durante 5 dias permanece entre 20 e 22% para voltar aos 5% ao fim de 7 dias a partir a aplicação da auto-hemoterapia. A volta aos 5% ocorre quando não há sangue no músculo”.

    E que: “As doenças infecciosas, alérgicas, auto-imunes, os corpos estranhos como os cistos ovarianos, miomas, as obstruções de vasos sangüíneos são combatidas pelos macrófagos, que quadruplicados conseguem assim vencer estes estados patológicos ou pelo menos, abrandá-los. No caso particular das doenças auto-imunes a autoagressão decorrente da perversão do Sistema Imunológico é desviada para o sangue aplicado no músculo, melhorando assim o paciente”.

    O médico Luiz Moura, hoje com 81 anos, é o grande responsável pela divulgação das propriedades terapêuticas da reaplicação do próprio sangue do paciente no seu músculo. No seu artigo, lembra que “entre 1943 e 1947, quando cursava a Faculdade Nacional de Medicina” aplicou autohemoterapia nos pacientes que seu pai operava.

    E que “depois de formado continuei a aplicar a auto-hemoterapia apenas em casos de acne juvenil e algumas dermatoses de fundo alérgico”.

    Mas Luiz Moura teve a sorte de acompanhar um tratamento que mudou tudo. Relata: “Entretanto, devo ao Dr. Floramante Garófalo, em 1976, quando este tinha então 71 anos, o conhecimento que resultou em mais abrangência da ação terapêutica da auto-hemoterapia. Em março de 1976 o Dr. Garófalo queixou-se de fortes câimbras em sua perna direita quando caminhava mais de 100 metros.

    Sugeri ao colega que procurasse o angiologista, Dr. Antonio Vieira de Melo. Este decidiu fazer arteriografia da femural direita sendo constatada obstrução de cerca de 10 centímetros ao nível do terço médio da coxa direita. O angiologista disse ao Dr. Garófalo que resolveria o problema com uma prótese que substituiria o segmento da artéria femural obstruída.

    O Dr. Garófalo disse ao angiologista que “não quero me tornar um homem biônico, amanhã terei outra artéria obstruída e terei que colocar novas próteses”. Vou resolver o problema com a auto-hemoterapia.

    Eu então me ofereci para fazer as aplicações. Durante 4 meses, de 7 em 7 dias aplicava 10ml de sangue no Dr. Garófalo que então decidiu se submeter à nova arteriografia de femural direita, já que podia caminhar normalmente, porém o Dr. Antonio Vieira de Melo acreditava que era impossível que a artéria estivesse livre da obstrução atribuindo a melhora à sugestão. Repetida a arteriografia, não havia mais nenhuma obstrução na femural direita.

    Foi então que o Dr. Garófalo me presenteou com os trabalhos de Jesse Teixeira, de 1940 e de Ricardo Veronesi, de 1976. O estímulo do S.R.E comprovado por Jesse Teixeira e as ações deste bem explicados no trabalho de Ricardo Veronesi explicavam a desobstrução da artéria femural de Garófalo e abriam um enorme campo no tratamento das doenças auto-imunes.”

    A sorte de Luiz Moura foi então socializada. Ele voltou a empregar a autohemoterapia para tratar um sem número de doenças, sempre com sucesso.

    O sucesso de uma técnica de cura para um sem número de doenças, a preço de uma seringa e agulhas descartáveis, teve seu preço. Foi denunciado ao Conselho Regional de Medicina (CRM) do Rio de Janeiro. Sua defesa foi tão simples, como segura. Os 36 de seus colegas que o julgaram, o liberaram inteiramente para fazer as aplicações de autohemoterapia.

    A socialização da técnica avança. Em 2004 dois beneficiários do tratamento resolveram produzir um vídeo sobre a autohemoterapia. Convenceram Luiz Moura e fizeram o DVD com o título “Auto-Hemoterapia: Contribuição para a Saúde”, onde o médico explica a técnica e seus efeitos. Com a venda do DVD, começa uma nova era para muitos doentes sem esperança de cura pela medicina convencional.

    E os brasileiros começaram a divulgar a antiga técnica de cura, colocada no fundo do baú pois contraria os poderosos e bilionários interesses da indústria farmacêutica. A divulgação ganhou grupos de discussão na Internet. E com o Youtuve, o vídeo onde o astro é um médico simples, já octogenário, mas com vivacidade de jovem, falando a linguagem simples do cidadão, é universalmente disponibilizado.

    Informações disponibilizadas na internet indicam que o dr. Luiz Moura, que trabalha no Rio de Janeiro, tem seu consultório na praça Saens Pena, na Tijuca. Consulta, só marcada com meses de antecedência.

    O DVD do dr. Luiz Moura, produzido com a participação e por provável iniciativa de Luis Sarmento e Ana Martinez, é vendido atualmente por Glória. O contato é (21) 2225.4129, ao preço de R$ 40,00.

    No Estado e na Internet, a busca

    Nos grupos de discussão sobre autohemoterapia na Internet, como no Orkut, MSN e no Yahoo, a maior busca não é pela confirmação de que o sangue do próprio paciente nele reaplicado, cura. Os relatos sobre cura são encontrados às centenas. Os que os internautas querem saber é onde estão os médicos que conheçam a técnica e prescrevem sua aplicação. Há apelos patéticos sobre quem trata. E depoimentos emocionantes sobre a cura de doenças que matavam, aos poucos, as pessoas acometidas.

    Informados de uma técnica desenvolvida em 1.911, amplamente aplicada até a descoberta e desenvolvimento dos antibióticos, e depois colocada no ostracismo por ação dos laboratórios multinacionais e com conivência, omissão, simples desinteresse, ou outros motivos pelos médicos, os pacientes a buscam para aplicação.

    Os internautas buscam tratar com o seu próprio sangue, doenças que a alopatia não cura, ou cura, mas a preço que não podem pagar. Querem ainda se tornar capazes de evitar doenças.

  126. olivares

    ANTES DE DUVIDAR, LEIA.
    ANTES DE DESABONAR, PESQUISE.
    FAÇO E RECOMENDO A PRÁTICA DESSA TÉCNICA.
    ESTÁ FUNCIONANDO…
    QUANDO CONHECI ESSA TÉCNICA, ACHEI MALUQUICE. HOJE ESTOU PRATICANDO, COM SUCESSO, SEM PRESCRIÇÃO MÉDICA, POIS É DESNECESSÁRIA, TAMANHA SUA SEGURANÇA.
    NÃO SE DEIXE DOMINAR PELO PRECONCEITO,
    PAI DA IGNORÂNCIA.

    Tome uma posição, contra ou a favor, somente após estudar e raciocinar de forma consciente e sem preconceito sobre a técnica.

    QUEM É O DR. LUIZ MOURA?

    NASCIDO EM 04 DE MAIO DE 1925, NO BAIRRO DE BOTAFOGO NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, DR. LUIZ MOURA ESTUDOU NA FACULDADE NACIONAL DE MEDICINA DA UFRJ, QUANDO A UNIVERSIDADE AINDA FICAVA NA PRAIA VERMELHA, MESMO LUGAR EM QUE O SEU PAI SE FORMARA TAMBÉM EM MEDICINA NOS IDOS DE 1918.
    MÉDICO CLÍNICO-GERAL, DR. LUIZ MOURA FOI VICE-DIRETOR DO HOSPITAL CARDOSO FONTES E DO HOSPITAL DE BONSUCESSO, DOIS DOS MAIORES HOSPITAIS DO RIO DE JANEIRO, PRESIDENTE DO INPS, NA ÉPOCA EM QUE ESTE ENGLOBAVA O INAMPS, DIRETOR DA DIMED, ÓRGÃO DE FISCALIZAÇÃO QUE DEU LUGAR A ANVISA, DIRETOR DE MEDICINA SOCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, FUNDADOR DA CEME, CENTRAL DE MEDICAMENTOS – (SE O GOVERNADOR JOSÉ SERRA É O PAI DOS GENÉRICOS, O DR LUIZ MOURA É O AVÔ…). APOSENTOU-SE COMO COORDENADOR ADMINISTRATIVO MÉDICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. COM 82 ANOS DIRIGE SEU FIAT, DE VISCONDE DE MAUÁ ATÉ O RIO DE JANEIRO (3 HORAS DE VIAGEM) DUAS VEZES POR MÊS, PARA ATENDER A SEUS PACIENTES A PREÇOS IRRISÓRIOS POR AMOR A MEDICINA.

    O QUE É A AUTO HEMOTERAPIA?

    A AUTO HEMOTERAPIA – AH, É UMA TÉCNICA MÉDICA COM MAIS DE 90 ANOS DE PRÁTICA, QUE CONSISTE EM RETIRAR SEMANALMENTE UMA PEQUENA QUANTIDADE DE SANGUE, E, LOGO EM SEGUIDA, SEM QUALQUER ALTERAÇÃO, INJETAR ESSE SANGUE NO MÚSCULO DA PRÓPRIA PESSOA, PARA ESTIMULAR O SISTEMA IMUNOLÓGICO (AS DEFESAS NATURAIS DO CORPO) PROVOCANDO UMA REAÇÃO DO S.I. LEVANDO À CURA, POR EXEMPLO, DE DOENÇAS ALÉRGICAS, INFECCIOSAS OU AUTOIMUNES, AMENIZANDO DOENÇAS CRÔNICAS E SUAS SEQUELAS, PROVOCANDO A MELHORA NA QUALIDADE DE VIDA DO DOENTE, DIMINUINDO SEU SOFRIMENTO, A FRAGILIDADE DA SUA SAÚDE, PROVOCANDO, AINDA, UMA MAIOR RESISTÊNICA AOS EFEITOS COLATERAIS DAS MEDICAÇÕES ALOPÁTICAS EM GERAL, OU, AINDA, COMO UM PREVENTIVO, AUMENTANDO SUA RESISTÊNCIA IMUNOLÓGICA, EVITANDO DOENÇAS AINDA NÃO MANIFESTAS.
    O TEU CORPO TE CURA!
    Um caso digno de nota:
    A AUTO HEMOTERAPIA NOS ESPORTES:

    RONALDO FENÔMENO, JOGADOR BRASILEIRO DE FUTEBOL, ATUALMENTE ATUANDO NA ITÁLIA, VEIO AO BRASIL EM SETEMBRO/2007, FAZER UM TRATAMENTO NO RIO DE JANEIRO, NO HOSPITAL PASTEUR, NO BAIRRO DO MÉIER. ESSE TRATAMENTO SE CHAMA FATOR DE CRESCIMENTO PLAQUETÁRIO, DEFENDIDO PELO DR. JOSÉ LUIZ RUNCO, CHEFE DO DEPARTAMENTO DE ORTOPEDIA DO HOSPITAL PASTEUR E ORTOPEDISTA DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL E DO CLUBE DE REGATAS FLAMENGO.
    COMO FUNCIONA:

    FATOR DE CRESCIMENTO PLAQUETÁRIO
    (Na revista GALILEU, da editora Globo, edição de maio/07 (págs. 11/12), tem uma nota sobre esse tratamento…)
    · Retira-se uma porção de sangue (20 ou 30 ml através de equipamento próprio, tipo diálise)
    · Centrifuga-se o sangue e separa-se as plaquetas do sangue.
    · Mistura-se cálcio e “outras substâncias”, de acordo com o problema tratado.
    · Injeta-se essa mistura exatamente no local a ser tratado, na proporção de até 5 ml, com orientação de equipamento específico.
    Resultado esperado : recuperação da área lesionada e formação de capilares sanguíneos com ganho de tempo de recuperação em torno de 10 a 15% (conforme experimentação em animais).
    Não tem comprovação científica.
    É uma terapia nova, e cara.
    O paciente depende completamente do médico e de uma clínica com equipamentos modernos.

    AUTO HEMOTERAPIA

    · Retira-se uma porção de sangue, 5 a 20 ml, (conforme a gravidade do caso, sendo que para a grande maioria, 5 ml bastam), com uma seringa comum.
    · Injeta-se o sangue imediatamente após a extração, sem qualquer alteração ou qualquer adição, num dos músculos que se usa para aplicar vacina, dentro de todos os cuidados necessários, usando-se a mesma seringa da extração. O sangue é coletado como se fosse fazer um exame de sangue corriqueiro e injetado como se fosse (e é ) uma vacina.
    Resultado esperado: Cura das mais variadas doenças, remissão de suas complicações ou, pelo menos, um abrandamento de seus sintomas e seqüelas, prevenindo, ainda, as mais variadas infecções, doenças e complicações de doenças crônicas.
    Não tem aceitação científica, muito embora existam diversos trabalhos científicos feitos no Brasil e no exterior atestando sua eficácia. Os resultados esperados, são os anteriormente descritos. Atente-se para o fato de que o tempo de resposta do tratamento é mais longo, variando conforme a doença, o estado emocional e físico do paciente (pesquise sobre A Lei da Cura ou Lei de Hering,). Existem relatos de percepção de melhora com poucas aplicações. Outros atestam essa percepção após meses de tratamento. Quem não desiste relata algum benefício, ainda que demorado. (Para simples asmas, por exemplo, os médicos receitavam 6 meses de auto hemoterapia – AH, em média, para fazer consulta de revisão)
    É uma terapia quase secular, usada por provavelmente milhões de pessoas mundo afora desde 1912, sem qualquer efeito colateral ou denúncia de complicação, somente relatos de sucesso com a técnica.
    O paciente pode se tratar sem acompanhamento médico, claro que dentro dos critérios descritos e das normas de extração e aplicação do sangue e de higiene e assepsia. Nada que um bom enfermeiro com prática não possa fazer ou ensinar… Quase de graça!!!
    Então, se estou correto, por que a primeira não é proibida enquanto a segunda, menos invasiva, pois não se aditiva ou altera o sangue injetado, mais eficiente e abrangente e incomparavelmente mais fácil e barata, está proibida…
    Por que????
    Qual a explicação “científica” para tamanha discriminação? Será o fator $$$???
    OBSERVE-SE AINDA QUE, PARA O COMITÊ OLÍMPICO INTERNACIONAL E TODAS AS CONFEDEREÇÕES ESPORTIVAS INTERNACIONAIS, A AUTO HEMOTERAPIA – AH, É CONSIDERADA DOPING.*
    VAMOS RACIOCINAR: ACUSAM A AH DE SER PLACEBO, SEM EFEITO CLÍNICO, SEM VALOR MÉDICO COMO TRATAMENTO VÁLIDO.
    ORA, SE NÃO TIVESSE VALOR TERAPÊUTICO, NÃO FIZESSE EFEITO, NÃO DEVERIA SER CONSIDERADO DOPING, POIS NÃO TRARIA BENEFÍCIOS PARA O ATLETA QUE O PRATICASSE… OU ESTOU ERRADO?

    *O QUE É DOPING: É A UTILIZAÇÃO DE SUBSTÂNCIAS OU MÉTODOS CAPAZES DE AUMENTAR ARTIFICIALMENTE O DESEMPENHO ESPORTIVO DO ATLETA, SEJAM ELES POTENCIALMENTE PREJUDICIAIS À SAÚDE DO ATLETA OU A DE SEUS ADVERSÁRIOS OU CONTRA O ESPÍRITO DO JOGO. QUANDO DUAS DESSAS TRÊS CONDIÇÕES SE FAZEM PRESENTES,CARACTERIZA-SE O DOPING.

    (* Esse foi o motivo que levou o Dr. Runco a desmentir as informações que ele mesmo passou para a imprensa de que Ronaldinho teria feito esse tratamento: Ronaldinho foi ameaçado de responder processo por doping na Itália)

    Fator de crescimento plaquetário x Ronaldo Fenômeno na imprensa: use o Google

    FONTE: Jornal O Dia de 8/9/2007 09:31:00

    Ronaldo e Maxi farão tratamento inédito para tratar lesão.
    (pesquise na internet (Google, por exemplo) por estes termos. Maiores informações: Pág. 80 deste livreto).
    A falta de indicação, o “esquecimento” da eficácia dessa técnica pela classe médica (salvo alguns profissionais mais desprendidos), a visão “míope” da classe médica em relação aos relatos dos usuários, sempre positivos (provavelmente pressionada pela indústria farmacêutica), a voluntária ignorância dos órgãos ditos competentes em relação aos diversos trabalhos científicos disponíveis sobre a técnica e, finalmente, a proibição pela Medicina Oficial, capitaneada pela ANVISA e outros órgãos burocráticos técnicos, cujos dirigentes são nomeados por nossos ilustríssimos e ilibados políticos, devem-se, acredito, ao pouco ou nenhum retorno financeiro que esta proporciona.
    Somente algumas seringas mensais, um técnico, que em qualquer farmácia cobrava parcos R$ 10,00 até a proibição, é o custo da AH para o paciente.
    Já para os médicos mercenários e laboratórios farmacêuticos…
    Pode-se atestar a eficiência da ANVISA no cuidado com a vigilância sanitária e com a saúde da população no caso da adulteração do leite mineiro (seria só lá?) com ácido e água oxigenada, caso só denunciado pela Polícia Federal, pois a ANVISA só tomou conhecimento pelo noticiário. Há pouco noticiou-se que, em laudo sigiloso, o Ministério Público atestou que esse leite é tóxico, podendo ser mesmo mortal, contrariando orientação oficial da ANVISA, que havia liberado o consumo desse leite, informando ser caso de crime contra o consumo e não contra a saúde pública.
    Essa é a minha opinião…
    Leia, estude e forme a sua.

  127. Mishael

    O cúmulo , cúmulo do absurdo…!!! Pensar que, auto hemoterapia seja cousa de outro mundo ou cousa imáginável!!! Bobagem, mera bobagem. É de fato, a sua própria vacina de tantas e tantas digamos – doenças que seu próprio corpo reconhece como estranho. Por que, por que, por que? Tanta ignorância ou ganância em tirar dentro de voçê esta maravilha divina – Auto hemoterapia.
    Eu a chamo como o prolongamento da vida – Instável e saudável. Saúde plena e constante. Pense, uma , duas ou três vezes; Antes de desistir de curar ou melhorar sua vida. Viva! viva! viva! A auto hemoterapia.

  128. Valéria Cerveira Peres Abbott

    Admiro uma pessoa citar a Rede Globo como fonte de informação segura! Talvez a maior falta de conhecimento, proposital ou não, seja dessa pessoa e de suas fontes… Pois a falta de higiene é a única coisa que pode prejudicar esse tratamento totalmente inofensivo, só que a falta de higiene pode prejudicar qualquer tratamento, sr. defensor da Rede Globo e dos médicos e indústrias farmacêuticas que só pensam em R$, e não na cura e bem-estar das pessoas, ainda mais a custo quase zero!
    Faço autohemo faz quase um ano, bem como meu marido e meus pais, minha prima, avó, e alguns amigos, todos com higiene e cuidado na aplicação, e só obtivemos benefícios.
    A autohemo poderia ajudar inúmeras pessoas que não possuem condições financeiras para cuidar da saúde ou tratar doenças, e evitar muito sofrimento. Um bom cristão jamais tentaria tirar a esperança que a autohemo traz as pessoas.

  129. JMK

    Pois bem tenho ido à busca do que me interessa sobre essa tal de auto-hemoterapia, sou cardíaco, pois sofri um enfarto e tenho três angioplastias, e sofri um acidente automobilístico onde fraturei o fêmur, o colo do fêmur e uma tal acetábulo, pois bem informações que tive qdo do acidente que a parte do corpo humano que mais produz sangue no organismo é essa parte do fêmur, pois bem tive a 1ª intervenção cirúrgica onde na cirurgia tiveram que fazer dois cortes
    para inserir uma haste do tamanho do fêmur onde estes cortes (pequenos) cortam uma porção de vasos de produção de sangue na cocha, esta intervenção cirúrgica teria dado certo se; não tivesse surgido uma fratura no colo do fêmur, então seis meses depois tornei a fazer uma nova intervenção cirúrgica, onde como os inteligentes deste blog afirmam: não sei o que de plantão, fui atrás destes comentários do que a auto-hemoterapia propiciava, pois disseram que com o procedimento da auto-hemoterapia iria cair a quase 0% o risco de uma infecção hospitalar, pois bem comecei 0l mês antes da 2ª cirurgia a fazer a cada cinco dias 10 ml de auto-hemoterapia, dei a cara pra bater, pois eu não dou parente de donos de laboratórios nem algum almofadinha formado na área de saúde para servir de cobaia para esse que tem um diploma na mão podendo ai sim fazer experiências com os outros, e nem sou pago para falar do que não sei por que outros disseram ou porque imagino ser, só tenho na família vários casos que foram amenizado os problemas de enxaqueca, psiorise, renite alérgica, resfriados e outros males que parecem corriqueiros, mas diminuem e muito a conta na farmácia consultas medicas e outros incômodos provenientes de coisas que são tratadas e deixam outros estragos em vários órgãos. Tudo que falo é por experiência, não sou dono de rede de farmácia nem de laboratório e nem tenho filho recém formado em alguma área da saúde que precisam de doentes para que seus filhos tenham o que fazer. Pois é fácil falar do que não sei e denegrir a imagem de quem não conheço para promover o seu interesse, pois com a auto-hemoterapia você deixa tantos profissionais na mão, pois precisam vender produtos para exames, precisam consultar, precisam vender remédios, então são muitos interesses envolvidos, e qual você acha que tem mais força, uma técnica de uma seringa um pouco do seu sangue e duas agulhas? Essa polemica é jogos de interesses, pois o bom (que é muito ruim) é que microfone papel e mídia aceitam qualquer porcaria tem que dar vez e voz a quem tem dinheiro, pois é uma coisa natural por que o que conduz uma economia uma país é o dito dinheiro, tudo gira em torno do que traz divisas seja pro bolso da indústria farmacêutica droga…rias e outros afins. Como já afirmei sou cardíaco desde março de 2005, pois tinha vários medicamentos contínuos que diz o profissional que me assiste que não podem ser interrompidos, um deles é o sustrate que só ameniza quando se sente dor e não tem outra finalidade, outro é a sivastatina (que tem outros interesses de) plantão, tão afirmando que alem de baixar o colesterol provoca câncer, outro é o ASS infantil que eu teria que tomar dois após a refeição após o meio dia, e este provoca gastrite, pois é acido puro que caí no esôfago e vai corroendo o aparelho digestivo, mas isso não é polemico porque tem interesses aí, existem aparelhos e profissionais caros que precisam se manter e aí você tem que ir atrás dos efeito colaterais fazer um monte de exames gastarem um monte do dinheiro que não se tem pra sustentar estes sim plantonistas da desgraça alheia para dar palpites furados do que não sabem não entendem e tão pouco aí pros semelhantes sofredores que correm atrás de um alívio principalmente na saúde depois pra estes vem a parte material, quando para os plantonista da desgraça alheia vem em 1º o material (dinheiro). Tenho quase certeza que este meu depoimento não passaria adiante se depender dos proprietários de Blog com interesses de jogo, pois é fácil falar do que não se sabe a fundo, do que não sentiu na pele e é muito fácil denegrir imagem de pessoas integras por conta de interesses. Que esse meu desabafo sirva pra alguma coisa, pra colocar no mínimo a mão na consciência, e dar chance ao óbvio, onde pode não enriquecer ninguém, mas trazer alento e alivio ao sofrimento de muita gente que não tem acesso ao sistema Único de saúde, que este sistema todos que leram o conteúdo deste depoimento já sabem o que é. Pô isso sim que é ignorância, afirmar que alguem pegou epatite B fazendo autohemoterapia (é claro deveriamo ignorar tais afirmações) mas como a gente gosta de elucidar pessoa deste nivel então vamos esclarecer…. a autohemoterapia é algo parecido com isso….. você pega uma seringa descartável e duas agulhas descartável e procura um profissíonal amigo de confiança…. e faz a tal aplicação e daí você não precisa ir num país de primeiro mundo pra pegar a tal epatite B, pois bem esta vez não cobrei nada e não precisa agradecer fiz isso pro bem comum.

  130. marco

    Hepatite eu pego no esgôto entupido da minha rua e que a Cedae não toma providências para resolver. Ainda bem que faço AHT e me sinto mais protegido.
    Mas tudo bem, deixa eles virem aqui pedir caixinha de natal…

  131. Toni

    A pessoa escreveu contaminacao do hepatite, mas quanto aos efeitos beneficos da auto-hemoterapia ela nao disse nada…
    Contaminacao estamos sujeitos em qualquer lugar..
    E dizer que por isso nao deve ser praticada a AHT… um absurdo!
    O que nao da lucro para a industria farmaceutica e para a comunidade medica, querem fazer de tudo para evitar um metodo tao barato e eficaz..

    Lamentavel para estes supostos “especialistas” que na verdade nao entendem de nada, pelo menos eles estao se revelando a sua ignorancia.
    Ate quando eles irao continuar a criticar e condenar uma pratica que tem beneficiado milhares de pessoas?

  132. roseli

    defendo esse tratamento c/ unhas e dentes.estava c/depressao e anemia profunda,quando graças a DEUS tive a oportunidade de assistir ao dvd da autohemoterapia e no dia seginte corri em busca de uma enfermeira p/ começar o tratamento,estou curada e c/energia p/trabalhar o dia todo sem mi cançar.fiz copias do dvd e espalhei aos quatro cantos,e conto minha experiencia a todos.axo k tenho o dever de menimizar essa mafia k a midia nos impoe.

  133. Alexandre Toledo

    FRAUDE são os métodos ciêntificos utilizados para aprovação de remédios pelos orgãos estatais. Milhares de remédios como o vioxx e a Talidomida, dentre outros, mataram e alejaram muitas pessoas. AUTO-HEMOTERAPIA em aprox. 100 anos de uso jamais causou mau a alguém (não existe nenhum fato em que alguem foi prejudicado). Uso AHT a mais de 18 meses e só me fez bem, nunca mais tive tosse, resfriado e problemas alérgicos, e com um detalhe, custa pouco e não tem efeito colateral. O interesse economico de alguns médicos e laboratorios prejudicam seu uso mais frequente que poderia ajudar boa parte da população brasileira.

  134. Maria Elizabeth

    Sim a AHT é fraude, pq é realizada por paramedicos.
    A hora que medicos puderam realiza-las e claro, cobrar na media de 300,00/400,00 – dados da revista Veja, da ultima semana ( 18/10 ) ai sim… passa a ter reconhecimento cientifico.
    Por enquanto…. quem realiza e quem faz fica na clandestinidade e melhor….. so paga ou cobra como uma aplicação medicamentosa, bem acessivel aos bolsos de muitos brasileiros….
    Agora tb pergunto …..
    E nossos politicos tb não são fraudes ?????

  135. Airton Saude

    Prezados,

    Ha alguns anos atrás, salvo engano em Caruaru-PE, mais de vinte pessoas morreram devido a hemodiálise feita utilizando água contaminada com uma microalga.
    Não vi nenhum médico ou entidade profissional ligada a saude pedindo a proibição da hemodialise. O que foi feito foi substituir os equipamentos de filtragem da água.
    Usar a contaminação por falta de um simples procedimento – uso de seringa e agulha descartável – para condenar a autohemoterapia é uma bruta sacanagem e desonestidade moral.

  136. aci

    REVISTA MEDICA HONDURENA
    58
    LA AUTOHEMOTERAPIA

    Tratamiento muy eficaz del alcoholismo inveterado
    todo trabajo y perdida importan-
    Los resultados favorables ob-
    te de la memoria.
    tenidos en una serie de casos de
    Recibió una serie de 10 in-
    alcoholismo inveterado, tratados
    yecciones, habiendo abandonado
    por la auto-hemoterapia nos han
    por completo la ingestión de toda
    incitado a publicar este trabajo.
    bebida alcohólica, a partir de la
    conside: ando que es un deber di-
    primera inyección.
    fundir ese procedimiento.
    Caso II. — José C, 33 años.
    El doctor Lhopitallier en 1924
    Padre alcoholista. Ha bebido ca-
    y después otros autores, preconi-
    ña diariamente durante 13 años,
    zaron las inyecciones de ,auto-
    habiendo” sido hospitalizado una
    suero puesto en ampollas y
    vez por alcoholismo agudo.
    tindalizado, lo cual complica y en-
    Recibió dos series de 10 in-
    carece ti tratamiento.
    yecciones, habiendo dejado de
    La técnica empleada por nos-
    tomar definitivamente desde la
    otros es la siguiente: tres veces
    primera.
    por semana, inyección bajo la
    Caso ///.—Eduardo J. F., 29
    piel del vientre, de 10 a 12 c. c.
    años. Bebedor de vino, cerveza
    de sangre del mismo paciente, re-
    en las comidas (un litro) y de
    tirada en el momento, y reinyec-
    unas 15 cañas diarias, tomando
    tada sin ninguna preparación.
    unas 40 para emborracharse.
    Hemos tratado 24 casos de los
    Idéntico tratamiento y resultado
    cuales damos a continuación las
    que el anterior.
    observaciones resumidas:
    Caso IV. — Luis D., 34 años.
    Caso I. — Luis M., 38 años.
    Bebedor de vino y de ] 0 a 20 ca-
    Padre acoholista. Comenzó a to-
    ñas diarias desde la edad de 27
    mar a los 17 años. Bebedor de
    años. Una serie de 10 ínyeccio-
    caña, wisky, ginebra, a veces vi-
    no. Tomaba regularmente 10 a
    (1) Hemos conservado la ex-
    15 cañas (1) por día. Varias ve-
    presión popular de “caña” que
    ces por mes se embriagaba, para
    designa un vasito de dicha bebi-
    lo cual ingería alrededor de 40
    da de un contenido aproximado
    cañas, da tenido accidentes de
    de 20 c. c.
    alcoholismo agudo. Desgano para

    REVISTA MEDICA HONDURENA 59

    nes: abandono «1 alcohol desde rracharse durante tres o cuatro
    la primera. días dos veces por mes, necesi-
    caso V. — Antonio M., 35 tando para ello un litro de caña
    años. Desde la edad de 18 años o más por día. Dos series, la pri
    bebía diariamente de 20 a 25 mera de 10 y la segunda de 5 in
    cañas. Además Lomaba vino y yecciones con tres semanas de
    cerveza. Pituitas matinales des- intervalo entre las serie;. Dejó
    de muchos años atrás. Mismo tra- de tomar desde la primer; inyec-
    tamiento y mismo resultado que ción,
    el anterior.
    Caso X. — Trinidad S., 47
    Caso VI. — Domingo S-, 34
    años. Desde los 18 años tomaba
    años. Padre alcoholista. A los 14
    agenjo que dejó por la caña., úni-
    años comenzó a tomar vino y so-
    ca bebida que tomaba a razón de
    bre todo caña. Acostumbraba á
    6 a 10 cañas por día, emborra-
    tomar diariamente de 20 a 50
    chándose cada 15 días. Crisis de
    cañas. Padecía de un temblor
    delirio alcohólico. Recibió 15 in-
    que desaparecía íngiriendo alco-
    yecciones. Hasta la quinta siguió
    hol. Dejó de tomar desde la pri-
    tomando 3 a 5 cañas diarias. Se-
    mera inyección.
    bien tomaba por costumbre ‘e que
    Caso VII —Lucio L., 43 años.
    por el deseo que experinv ntaba.
    Padre alcoholista. Durante 2.Í
    A partir de la quinta dejó de to-
    años tomó 10 a 15 cañas por día
    mar hasta 15 días después de fi-
    pero durante este último año su
    nalizar la serie. Después volvió
    vicio se agravó considerablemen-
    a tomar, dejando de hacerlo a la
    te, pues tomaba diariamente 50
    segunda serie que terminó hace
    a 100 cañas. Sufría de calambres
    poco.
    y pituitas matinales y de conside-
    Caso XI. — Federico F., 39
    rable perdida de la memoria. De-
    años. Desde los 17 años maba
    jó de tomar desde la primera in-
    regularmente 8 a 10 can . por
    yección.
    día, emborrachándose dos veces
    Caso VIH. — Modesto L., 29
    por semana con 40 a 60 cañas.
    años. Hermano del anterior. Co-
    Numerosas crisis de alcoholismo
    ;
    menzó a los 15 años a tomar 8 y
    agudo. Recibió dos series como
    10 cañas diarias. Hace tinos
    el caso IX. Idéntico resultado.
    años tuvo una crisis de alcoholis-
    Caso XII. —Raúl M., 33 años.
    mo agudo. Mismo resultado que
    Desde 16 años tomaba 20 cañas
    el anterior.
    y 4 litros diarios de vino. Para
    Caso IX. — Calixto Sé, 40
    emborracharse ingería 30 a 40
    años. Comenzó a tomar a tos 15
    cañas, y muchas veces repetía esa
    años, toda clase de bebidas al-
    dosis diaria durante una semana.
    cohólicas pero caña de preferen-
    Recibió una serie de inyeccíones
    cia. Se alcoholizaba hasta embo-
    con resultado perfecto desde la

    REVISTA MEDICA HONDUREÑA
    60

    tratamos en 1923 por una con-
    primera inyección.
    juntivitis por medio de la auto-
    Caso XIII. — Andrés J. M.,
    hemoterapia, y que con la con-
    39 años. Padre alcoholísta. Co-
    siguiente sorpresa de ambas pai-
    menzó a tomar a los 22 años. Du-
    tes, quedó radicalmente curadu
    rante los 6 últimos años tomó
    de.su vicio por lo menos durante
    diariamente linas 50 cañas. Re-
    cinco anos( habiéndolo perdido
    cibió una serie de 10 inyecciones,
    de vista entonces.
    con el resultado acostumbrado.
    Caso XVIII. — Ricardo C. A.,
    Caso XIV. — Pedro M., 31
    32 años. Padre alcoholista. To-
    años. .Padre Alcoholista. Tomaba
    maba desde los 18 años, vino de
    desde los 17 años 3 a 4 cañas por
    1
    preferencia, aunque también to-
    día. necesitando para era!»
    maba hasta 20 cañas para embo-
    rracha.^e unas 20 o 30 (una vez
    racharse. Crisis de alcoholismo
    por mes), sufriendo a continua-
    aguda. Una serie de inyecciones
    ción, de cefalea, somnolencia,
    con el resultado acostumbrado.
    palpitaciones y ¿eb’endo guar-
    Caso XIX. — José G. 0., 30
    dar cama durante 3 o- 4 días.
    años. Alcoholista desde los 17
    Tratado con el misino éxito que
    años. Tomaba hasta emborra-
    el anterior con una serie de in-
    charse cerveza y vermouth de
    yecciones.
    preferencia, una vez por sema-
    Caso XV. -~ Alfonso G. P., 41
    na. Tratado en 1924 con auto-
    años. Desde hace 23 años toma-
    suero tindalizado. Dejó la bebida
    ha 10 cañas por día, llegando a
    durante un año y medio. Volvió
    veces hasta 80 por día. Tolera
    a tomar hasta 1931, siendo tra-
    un litro de caña en las comidas,
    tado esta vez por la auto-hemo-
    pero un solo vaso de vino lo ale-
    terapia con éxito hasta la fecha.
    targa. Se levantaba a Jas 5 de la
    )Caso XX. — N. G;, 32 años.
    mañana para buscar despachos
    Tomador de caña consuetudina-
    de bebidas. Tratamiento y resul-
    rio, desde los 18 años. Recibió
    tado como el caso.IX.
    una sola inyección; al día si-
    Caso XVI. -— Feliciano D., 37
    guiente tomó vino, lo que le pro-
    años. Desde los 17 años, tomaba
    dujo nauseas, fenómeno que nun-
    casi diariamente. Durante un
    ca se había producido en él. A
    año. en 1928, dejó de tomar, re-
    , continuación tomó caña, vomi-
    comenza rtd o a hacerlo en 1929,
    tando inmediatamente. Este caso
    hasta el mes de marzo en que fue
    es interesante porque, demuestra
    tratado con una serie de 15 in-
    el estado de intolerancia al alco-
    yecciones, no habiendo desde en-
    hol que es capaz de provocar des-
    tonces ingerido más alcohol ba-
    de ya, la primera inyección.
    jo ninguna forma.
    Caso XXI. — Néstor G., 29
    Caso XVII. — Alfredo D.. 44
    años. Tomó solamente dos ínyec-
    años. Alcoholista inveterado que

    REVISTA MEDICA HONDUREÑA
    61

    ciones que provocaron el aborre-
    personas susceptibles, por el solo
    cimiento del alcohol durante un
    hecho de darles cualquier inyección.
    mes y medio, cosa notable en él,
    Al día siguiente de la primera
    que se emborrachaba regular-
    inyección experimentan un deseo
    mente varias veces por mes.
    intenso de beber que resisten con
    Caso XXII.—Juan Carlos G.
    relativa facilidad y se quejan de
    Hermano del anterior, recibió tristeza y ligero ale- targamiento,
    síntomas que no duras 24 horas. En
    como él, dos inyecciones hace
    un caso se produjo eritema de tipo
    cuatro meses y hasta la fecha no
    urtica rio que duró cuatro días.
    ha tomado más alcohol.
    El fenómeno más constante es el
    aborrecimiento del alcohol, que se
    Caso XXIII. — Manuel A. S. D..
    produce después de la tercera
    52 año>. Tomador de caña
    inyección, muchas veces .después
    consuetudinario desde la juventud.
    de la primera, a veces después de la
    Recibió 15 inyecciones, con el
    octava. El solo olor de la bebida,
    resultado acostumbrado.
    que antes era la preferida, le
    Caso XXIV. — Pedro C, 38
    produce náuseas que incitan al
    años. Bebedor de caña desde los
    enfermo a alejarse. Si no lo hace
    19 años. Se emborrachaba dos
    puede llegar el vómito. Ese
    veces por semana, necesitando
    aborrecimiento se produce lo
    para ello 30 a 40 cañas. Una serie
    mismo hacia otras bebidas al-
    de 15 inyecciones. Dejó de tomar
    cohólicas que el enfermo no a-
    desde la primera.
    costumbraba beber. Tal es el caso de
    Estos son los casos tratados.
    un tomador de caña que ya había
    Tenemos varios más en trata-
    recibido ocho inyecciones y no
    miento y estarnos convencidos
    Había tomado más. ya días quiso
    que nos irán llegando otros, pues
    apagar su sed. tomando cerveza y
    cada persona curada se convierte
    tuvo que desistir de su propósito por
    espontáneamente en propagandista
    la repugnancia que le produjo.
    del método.
    Los enfermos en tratamiento
    experimentan sed. La mayoría se
    Electos de la
    han hecho muy tomadores de mate,
    autohemoterapia en los
    otros de leche, pero rehúsan o ven
    alcoholistas
    con indiferencia toda bebida
    alcohólica. Es corriente observar en
    En varios cientos de inyecciones
    ellos euforia, aumento en el peso,
    que hemos practicado no hemos
    renacimiento de la voluntad, de la
    observado ningún accidente. Hemos
    energía y del amor al trabajo.
    evitado el estado sincopal
    Hemos visto al-
    inmediato, acostando a los enfer-
    mos durante la inyección. Desde
    luego ese accidente se observa
    en la práctica diaria en ciertas

    62
    REVISTA MÉDICA HONDUREÑA

    gunos que han podido fundar un
    rados, como el de la observación 24
    hogar, otros que han vuelto a hacer
    (Trinidad S.). Sí este enfermo
    prosperar sus negocios.
    recayera nuevamente, como sucedió
    después de la primera serie,
    pensamos darle una serie más; pero
    Modo de acción de la
    esta vez, pidiéndole que durante los
    autohemoterapia
    tres días anteriores y hasta el
    momento de la primera inyección
    La autosugestión queda descartada,
    beba más de lo acostumbrado.
    pues dos de los enfermo? fueron
    Creemos que la probabilidad de
    tratados con éxito a pesar de haberles
    éxito del tratamiento es directamente
    ocultado la facilidad del tratamiento,
    proporcional al grado de
    y a los otros, todo se limitó a
    alcoholización del organismo.
    explicarles que durante los
    primeros días era mejor, para el
    Conclusiones
    resultado del tratamiento, que se
    1
    esforzaran por no beber.
    En la práctica, creemos que e
    Se ha pensado que la autohe-
    tratamiento del alcoholismo por la
    moterapia actúa por mi fenómeno de
    autohemoterapia tiene ventajas
    chock favorable en ciertas enf
    considerables sobre los otros que se
    ermedades infecciosas o he-
    han propuesto hasta ahora, por su
    morrágicas, o como un procedi-
    simplicidad porque no necesita el
    miento de desensibílización en las
    prolongado aislamiento en un
    dermatosis. En el caso particular que
    establecimiento especial y porque no
    nos ocupa habría que pensar en una
    implica la introducción en el
    acción sensibilizante hacia el
    organismo de ningún tóxico como por
    alcohol. Este punto, solamente podrá
    ejemplo en el procedimiento de
    ser resuelto por medio de experiencias
    Combemale de Lille (estricnina).
    de laboratorio que quizás realicemos
    Creemos conveniente hacer una
    nosotros mismos en breve.
    primera serie de “10 a 15 inyecciones
    Esta hipótesis nos parece la más
    y después de un intervalo de tres o
    plausible por el hecho siguiente que
    cuatro semanas, repetir otra serie de 5
    hemos observado y sol Iré el cual
    a 10 inyecciones.
    llamamos la atención: los resultados
    Empleando exactamente la técnica
    mejores y más rápidos se obtienen
    que hemos seguido se obtiene
    en los grandes bebedores, que. al
    resultados casi constantes y en caso
    recibir la primera inyección vienen,
    de recaída todo se reduciría a repetir
    por decir así. impregnados de al-
    una serie de inyecciones.
    cohol. Los casos más difíciles los
    constituyen los bebedores mode-

  137. Denise Lopes

    Pôcha!
    Qual o laboratório que está pagando pra vcs escreverem tanta asneira? A Auto-hemoterapia
    está tirando dinheiro dos cofres desses que se dizem
    defensores da vida, que fabricam remédios que ñ servem p/nada,qtos foram descobertos feitos com farinha, denunciados pela própria GLOBOa qual teve a petulância de denegrir a imagem do Dr.Luiz Moura, fazendo uma reportagem intitulada de AUTOPICARETAGEM.Porém através desta AUTOPICARETAGEM tem muita gente,mas muita mesmo se dando muito bem, se curando de n doenças.Eu conheço diversas pessoas do meu convívio que tem alcançado curas que os médicos durante anos lhes encharcavam de remédios e eles não se curavam e ainda ficavam sem dinheiro,pois os remédios alopatas são de valores exorbitantes e quem não tem dinheiro que se dane.A corrupção neste país é absurda,tendo dinheiro vc mata e fica por isso mesmo,vc rouba e fica por isso mesmo,portanto denegrir a imagem de uma criatura que está beneficiando a humanidade, isso é fichinha.

  138. VANDERLEI GOMES

    QUERO SABER QUEM VAI PROVAR QUE NÃO FUNCIONA
    PORQUE EU USO E COMIGO “FUNCIONA” TENHO RINITE E SINUSITE, DA RENITE O EFEITO É DE UM DIA PARA OUTRO, CONFESSO QUE NO COMEÇO ESTAVA COM MEDO MAS SE ALGUMA COISA DESSE ERRADO JA VENHO PAGANDO PLANO DE SAÚDE A ANOS MESMO, BASTARIA PROCURAR UM HOSPITAL E ME TRATAR CASO DESSE ALGO ERRADO.
    NADA DEU ERRADO, SÓ DEU ERRADO PARA OS MEDICOS E LABORATORIOS QUE VÃO VENDER MENOS REMEDIOS E MENOS CONSULTAS.

  139. marcello ferreira

    Nosso mundo, infelizmente, é comandado pelo dinheiro principalmente na área da Indústria Farmacêutica. Sabemos que o médico é somente um profissional de prescrição a tudo aquilo que a inteligência de Marketing destas indústrias querem.
    O verdadeiro médico contemporâneo está nos bastidores e não fez Medicina e sim, Marketing.

    O pior é que os médicos não percebem que é feito uma lavagem cerebral neles desde o início de sua faculdade. Criticam com vêemencia novos paradigmas e vestem a camisa desses “tubarões éticos”, não deixando a ciência evoluir. Sim, deixam evoluir, desde que haja ganhos de patentes ou royalties e que mantenham o paciente (consumidor) doente (consumindo) por um longo período.

    Condenar o Dr Luiz Moura a não exercer mais a Medicina é comparável ao que foi feito pela inquisão católica, na idade média, com várias personalidades científcas, dentre eles, Leonard Da Vinci. A humanidade poderia ter avançado em 400 anos …

    Não se iludam no que vêem nas televisões. Por trás disto, não está uma inocente reportagem. Existem muitos interesses por trás. Abram a mente e verão !

  140. BERIL RAMOS

    CARAMBA, FIQUEI COM VERGONHA! QUEM MANDA FAZER AS COISAS SEM PESQUISAR!

  141. Marçal

    “CAMPANHA NACIONAL EM DEFESA DA AUTO-HEMOTERAPIA”
    PARTICIPE! É LEGAL!
    (Constituição Federal: artigo 5º, II, IV e IX)
    É este o chamado que partiu de Cataguases/MG para todo o Brasil, na tarde do dia 04 passado. Cataguases, que em tupi-guarani significa gente boa, bela cidade da Zona da Mata Mineira, berço de cultura e do cinema nacional, terra de Humberto Mauro, precursor brasileiro dessa arte, deu mais um belo exemplo de garra da sua gente, de suas potencialidades de mudar os rumos da história a bem da humanidade.
    Ali, nas proximidades de Leopoldina, Ubá, Juiz de Fora, Viçosa, Barbacena, Muriaé e bem perto do Rio de Janeiro, desencadeou-se a Campanha Nacional em Defesa da Auto-Hemoterapia. Por iniciativa e esforços do Dr. Ronaldo Brandão, advogado e empresário do ramo de biodiesel, e de sua esposa, Sra. Joana D’Arc de Oliveira, realizou-se um encontro sobre auto-hemoterapia, com palestra do Dr. Luiz Moura. Entre as muitas parcerias, eles contaram com a da Prefeitura Municipal e da Secretaria Municipal de Saúde.
    O comparecimento foi expressivo ao Cine Teatro Edgar, onde se reuniram por volta de 600 pessoas, para ouvir o Dr. Luiz por mais de 3 horas. Ele, sempre acompanhado da esposa Dra. Vera Moura, falou sobre o tema, respondeu a inúmeras perguntas e ouviu depoimentos de usuários da AHT, com a delicadeza, o conhecimento e a sabedoria que lhe são peculiares. A alegria e a emoção eram visíveis nos promotores do evento, no palestrante e sua esposa, e na platéia em geral – pessoas de todas as idades, muitos profissionais da saúde, enfermeiros e técnicos, médicos, farmacêuticos, dentistas, psicólogos, professores, moradores e prefeitos de municípios vizinhos.
    O Prefeito Municipal, Sr. Tarcísio Henriques foi quem fez a abertura do evento, com palavras de inegável apoio; deixou claro que “Cataguases marcou um tento ao realizar esse encontro” e ressaltou “a importância do trabalho do Dr. Luiz Moura, para as transformações necessárias à humanidade”. Esteve presente, também, o Sub-Secretário Municipal de Saúde, Dr. José Nilton
    Tantos lances de valor merecem citação; é impossível relatá-los todos. Mas um deles tocou o coração dos presentes: um jovem com deficiências esperou, paciente e alegre, até chegar sua vez de ir ao microfone, para vencer as dificuldades da fala e mostrar a felicidade de estar ali, a esperança de o Dr. Luiz voltar e, ao final, perguntar se a AHT pode ser usada pelos alunos da APAE. Outro fato importante foi a apresentação de pesquisas conclusivas sobre o uso da AHT, realizadas Profª. Telma Geovanini, coordenadora da Faculdade de Enfermagem da Universidade Presidente Antônio Carlos de Juiz de Fora/MG – UNIPAC.
    Voltando a Cataguases, vale dizer que sua gente honra o nome. É essa gente boa e corajosa que acolhe, estuda, pratica e divulga a auto-hemoterapia, sem medo de nada e de ninguém, com a perfeita compreensão do que significa a terapêutica para a população brasileira e para a humanidade toda. É essa gente que dá respaldo e contribui para o desencadeamento da Campanha Nacional em Defesa da Auto-Hemoterapia, numa ação solidária, com pessoas do Rio de Janeiro, Mauá, São Paulo, Santos, Florianópolis, Belo Horizonte e Sete Lagoas, entre outros. É essa gente que recebeu de bom grado o TEXTO-BASE PETIÇÃO, registrado na cidade de Sete Lagoas/MG, em 31/07/07, no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e Registro Civil das Pessoas Jurídicas; protocolo nº 62026; registro no livro nº C-45, sob nº 34105. Essas pessoas, adeptas, usuárias, praticantes, defensoras, apoiadoras e simpatizantes é que vão colher assinaturas, junto aos brasileiros de norte a sul do País, em defesa do direito de uso e aplicação da AHT, de sua liberação imediata pelas autoridades competentes, da realização de pesquisas complementares e da cessação de toda e qualquer represália ou ameaça por parte de quem quer que seja.
    Assim é a Campanha em movimento, viva, repleta da energia criativa de brasileiros como o Dr. Ronaldo Brandão e sua esposa Joana D’Arc – ele que foi salvo na infância de uma doença incapacitante, o então chamado reumatismo infeccioso, pelas mãos do Dr. Luiz Moura e as aplicações da AHT. (Antonina de Sales, Cataguases/MG, 04/08/07)

    PARTICIPE!! É LEGAL!! Conheça o TEXTO-BASE PETIÇÃO, a lista do Abaixo-Assinado e as Orientações sobre Coleta de Assinaturas em:
    http://www.campanhaauto-hemoterapia.blogspot.com

  142. breno medeiros

    acredito sim, na tecnica, conheço muita gente que ta fazendo, e resoeito sim os pesquisadores.
    agora que os medicos que estao na mira dos grandes laboratorios nao querem mesmo e perder suas gordas comissoes.
    isso e verdade.

  143. William Freitas

    Imagine você que publicou este artigo o dia em que sentir dores que nehum médico seja capaz de identificar. Conviver com um problema quase que por uma vida toda. Até que chega a esperança de um MÉDICO profissional que tem o mais essencial prícipio de “ALIVIAR O SOFRIMENTO OU CONSEGUIR A CURA”. Se você um dia estiver sofrendo muito pense nisso e não se envergonhe em procurá-lo. Eu ainda não fiz nenhuma aplicação mas vou começar. Pra mim é a única esperança.

    1. janete maria lopes de sá

      É isso aí, William.

      Perseverança é a palavra chave para quem faz auto hemoterapia.

      Cada doença tem seu tempo.

      Coisinhas bobas como gripe, rinite, alergias, é rapidinho.

      Mas outros males é preciso esperar o tempo adequado. Claro que a gente vai na fé, pois não sabemos o que vai ou não vai ser curado, já li e vi testemunhos dos mais diversos.

      Mas diante de tantas cobaias da auto hemoterapia, já deu para entender que o nosso sistema imunológico ativado promove muitos milagres.

  144. Magda Moura Rassi

    Se você está se beneficiando com as aplicações de auto-hemoterapia, permita que também outras pessoas possam usufruir deste privilégio. Basta que você relate quais os motivos o levou a aderir a auto-hemoterapia, quais tem sido as melhoras e/ou cura. Para que este documento seja válido, você deverá ir ao cartório para reconhecer a sua firma. Quanto maior for o número de pessoas a enviar o seu depoimento para o Dr. Luiz Moura, maior será a nossa chance de ter esta prática legalizada. O endereço para o qual você deverá mandar o seu documento é: Gal. Roca, 298, apto. 304, cep-20521-070-Rio de Janeiro/R.J.

  145. ROSAINE FERREIRA

    NÃO VEJO PROBLEMA ALGUM NA APLICAÇÃO DA AUTOHEMO, SEMPRE QUE SE FAZ ALGUM PROCEDIMENTO DE ENFERMAGEM DEVE-SE TER O MÁXIMO DE ASSEPSIA POSSÍVEL, E, PARTINDO DESTE PRESSUPOSTO, NÃO HÁ RISCO DE CONTAMINAÇÃO!!!

  146. Alexandre Rebouças

    A reposta desta contaminação por Hepatite B esta ai:

    “…em uma clinica na Inglaterra, que NÃO seguia os procedimentos padrão para evitar contaminação.”

    Utilizo AHT, tenho diversos conhecidos e familiares utilizando por diversos motivos e todos são unanimes em aprovar a AHT.

    Tenho de dizer mais alguma coisa.

  147. Magda Moura Rassi

    Se você está se beneficiando com o tratamento auto-hemoterápico, permita que outras pessoas possam também usufruir deste benefício. Basta que você relate quais os motivos o levaram a aderir a esta prática, e explicar quais as suas melhoras e/ou cura. Para que o seu relato tenha validade, é necessário que você vá ao cartório reconhecer a sua firma. Quanto maior for o número de pessoas a enviar este documento para o Dr. Luiz Moura, maior será a nossa chance de ter este tratamento legalizado. O endereço para o qual você deverá enviar este documento é: Gal. Roca, 298, apto. 304, cep-20521-070, Rio de Janeiro/R.J.

  148. olivares

    Boa noite. Até agora o que vi aqui, em outros sites, fóruns e até das ditas Autoridades Sanitárias é pura especulação. Qualquer técnica meio ou tratamento se baseia na sua aplicação prática, mesmo que para isso tenham sido feitos experimentos anteriores invitro e com animais… O estudo acadêmico está repleto de terapias e medicamentos que, até o seu teste em humanos, eram considerados revolucionários…
    Qualquer um sabe que sempre somos e sempre seremos cobaias dos laboratórios. Os medicamentos são lançados e testados primeiro em países pobres e corruptos. Somente depois de anos de consumo são liberados em países em que a população tem um senso crítico político e social mais aguçado. A África que o diga…
    Um pouco mais de pesquisa aqui na internet provará àqueles que disso duvida…
    Não se deve abandonar o tratamento convencional, mas usar a AH como coadjuvante, tal como é prescrita por seus defensores e não como uma cura milagrosa, uma panacéia…
    Racionalidade sem histerias de ambos os lados é o que conta…
    Quem não conhece Homeopatia deve procurar a sua história. Quem não conhece ou ouviu falar em acupuntura deve pesquisar e se informar. Esses, que são verdadeiros questionadores do establishment, verão que, antes proscritas, essas técnicas foram enfiadas guela abaixo de seus opo$itores…
    Questionamento sempre, informação sempre…
    Quem nunca ouviu dizer que soja (não a transgênica)é anticancerígena, se consumida ao longo da vida? Que faz uma reposição hormonal melhor que os hormônios sintéticos, estes sim, causadores de cânceres,no caso das menopausas?
    Agora essa afirmação considerada holística, alternativa, controversa, NÃO OFICIAL, foi validada pela ciência ortodoxa a pouco tempo.
    Quantos medicamentos não são derivados de plantas e outros produtos que eram usados por sábios do passado de forma empírica?
    O óleo de copaíba, por exemplo sempre foi considerado, pela medicina popular, um ótimo anti-inflamatório, de uso externo e interno. Eu mesmo o usei com sucesso e evitei uma cirurgia no joelho…
    Agora, uma faculdade brasileira quer patentear a fórmula ativa do óleo para vender como uma droga qualquer… Não por acaso, sua venda, em cápsulas, foi proibida. Por que será???
    Onde fica o conhecimento milenar de sua eficácia?
    Avalizar ou difamar uma ou outra técnica, sem ao menos fazer uma análise estatística (sem manipulação é claro) de sua eficácia, nos remete ao tempo da Inquisição, em que a opinião ou interesse de alguns condenava quem pudesse ameaçar o status quo dos detentores do Poder.
    - Às fogueiras, os disseminadores de conhecimento! Dizem as autoridades, dessa e de qualquer época…
    (que o digam os professores púbicos e seus salários-de-fome)
    Venho pesquisando a AH desde que fui apresentado a ela há vários meses e nada do que dizem seus detratores me convenceu de sua ineficácia. Nem os testemunhos dos seus efeitos “placebo”. (a AH é usada em animais com sucesso. Será efeito placebo por osmose??) Estou aplicando a técnica em mim mesmo, com sucesso, para atestar, na prática, sua proficiência, já que quem deveria refutá-la com fatos o faz por conjecturas e suposições eivadas de achologia e preconceito, camuflando, deixa-se imaginar, interesses alheios aos do povo, pobre e desamparado pela Medi$ina Oficial e seus hospitais públicos falidos…
    Anos de prática sem prova de insucesso ou efeitos nocivos não atestam nada?
    Por que será que nos fóruns, sites ou na mídia, ninguém tenha aparecido para denunciar prejuízo em razão da utilização da AH? Nem mesmo na Anvisa ou nos Conselhos Regionais, bastiões da saúde pública… (quem já foi a uma emergência de hospital público sabe como esses órgão são eficazes na defesa do povo..)
    Alguém conhece um hospital particular ou público que tenha sido interditado por algum desses órgãos?
    Ou todos estão dentro das “normas”?
    Provem antes sua ineficácia ou alguma mazela provocada por esse tratamento…
    Quem já se deu ao trabalho de ler uma bula de remédio, sabe que, na maioria deles, a lista de efeitos colaterais e contra-indicações é maior do que a lista de seus benefícios (relação custo/benefício, dizem os laboratórios, nossa saúde digo eu)…
    Onde está a Anvisa que libera drogas proscritas em vários países?
    Pensem, não fiquem com medo de usar essa coisa entre nossas orelhas…
    Pesquisem na internet e com quem usa a técnica… Falam que até câncer a AH causa. E a lista de contra-indicações, efeitos colaterais e reações adversas? e os remédios que são vendidos só em países pobres tirados do mercado de países ricos e depois trocados por outros?
    Onde está a Anvisa que autoriza a comercialização de drogas sem que se tenha conhecimento de sua real eficácia, ainda não lançados fora do Brasil e de países similares em infra-estrutura e moral política?
    Ante às provas não há resistência! Sou usuário de homeopatia e tenho provas de sua eficiência. Quem sabe não o serei da AH?

  149. Sandra Reis

    Porque sera que o artigo que eu escrevi para o “carta dos Leitores” do jornal O Globo não foi publicada Sera que foi porque eu questionava o interesse repentino em “crucificar” um medico (digo MEDICO) sem antes questionar ou procurar informações mais profundas sobre uma tecnica que ja e utilizada em varios paises, principalmente nos mais pobres. Com certeza muito dinheiro existe envolvido nesse achincalhe a um medico serio, desprovido de interesses materiais, interessado em ajudar, da melhor maneira, que e com o seu conhecimento, as pessoas doentes e desprovidas de recursos financeiros para se tratarem com remedios carissimos. E mais, essa tecnica jamais ofereceu perigo, pois são utilizadas seringas e agulhas DESCARTAVEIS, como todo mundo ja esta careca de saber. Hj em dia nem existe mais, no mercado brasileiro, venda de seringas ou agulhas que não sejam descartaveis (e a preços modicos). Eu quero saber mm e onde esta esse empenho todo da Globo na hora de financiar o dito “estudo cientifico” que tanto alardeou que falta para a AH. Se fosse mm uma empresa seria, com algum compromisso social, como tanto faz questão de deixar claro com suas campanhas tipo “criança esperança”, ja teria se prontificado a bancar todo esse estudo e pesquisa que tanto alardeou que falta para essa tecnica ser acatada pela comunidade cientifica.

  150. antonio cosme

    isso que estão tentando fazer com a auto hemo e com o dr luiz moura é pura sacanagem.repórteres vendidos.canais de televisão vendidos.médicos vendidos e desinformados.a anvisa deveria ser fechada por deixar um laboratório vender o viox que matou gente por infarte.esses médicos de conselhos deveriam ser cassados por serem mal informados.eles deveriam ler os trabalhos científicos do dr jessé teixeira sobre o assunto.[1940]
    provas laboratoriais e 150 cirurgias sem infecção hospitalar.os médicos vendidos aos laboratórios tambem deveriam ser cassados.

  151. vera freitas

    Meu Deus,quanta ignorancia! Procurar um médico para saber se eu contrai alguma doenca por causa da hemoterapia?
    Fui iludida por falsas promessas!?…
    A autohemo é fraude?!…
    Quem escreveu este artigo heim?
    Quanto pagaram para ser plubicado?
    Que vergonha!Tirar a esperança talves a ultima de pessoas desesperadas, doentes, pobres!
    Que informaçao valiosa voce nos trouxe , muito obrigado mas , nós ja temos a nossa opiniao!
    Estamos sendo curados!
    Não estamos gastando nada com esta terapia!
    E nao aceitamos opinião de quem fala sem experiencia,nao acreditamos em repetiçao e copias de tv ,artigos e muito menos do que acontece em clinicas fora do brasil e que nao podemos comprovar.
    Comigo voce perdeu seu tempo!

  152. Luiz Gonzag Baptista

    Quando se fala em Auto- Hemoterapia, se fala muito em RESPALDO CIENTÍFICO.

    Não sou contra o estudo científico, e sim contra o “$ interesse científico $”. Tentar condenar o dr Luiz Moura de tentar estudar esta forma simples e barata de tratamento

    Quem não tem como gerar receita, lucro, não há interesse. Quando um homem como Luiz Moura, que é movido por sonhos , ideais, tenta fazer alguma coisa de bom pelo sofrimento do ser humano, a comunidade científica se apressa em crucificá-lo ao invés de tentar estudar e comprovar se de fato a Auto-Hemoterapia pode ajudar.

    Quantos remédios como a Talidomida tinha amplo respaldo científico e deu no que deu.

    Só que ai simplesmente se tira do mercado depois de criar um monte de vítimas.

    Desde 1940 o dr .Luiz Moura tenta divulgar esta técnica, mas ninguém nunca deu ouvidos a ele, nem aos trabalhos do dr. Ricardo Veronesi e dr. Jessé Teixeira.

    Se for comprovada a eficiência da técnica, só em Antibióticos muitas empresas deixarão de faturar bilhões de dólares, e o pior para o poder, é o que substitui é uma técnica barata, que não traz nem glória nem dinheiro para quem indica ou aplica.

    Eu estou utilizando a técnica há mais de 3 meses. Eu usava no mínimo 3 frascos de Otrivina Gotas por semana para desobstruir meu nariz. Na primeira aplicação a renite sumiu e nunca mais utilizei este medicamento. Meu irmão esta melhorando dia a dia da psoriase que o incomoda há mais de 40 anos.

    Espero que ainda existam pessoas idealistas como Luiz Moura, disposta a continuar os estudos que ele conduziu tão bem.

    O poder Público deveria entrar com uma ação por danos morais contras as pessoas que tentam denegrir a imagem do dr. Luiz Moura.

Tem algo a acrescentar? Compartilhe nos comentários.